Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Bag of Bones por Stephen King
A carregar...

Bag of Bones (original 1998; edição 1998)

por Stephen King (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
9,568135594 (3.71)2 / 189
On falling in love with a woman half his age, novelist Michael Noonan of Maine is drawn into a custody battle for the woman's daughter. The father-in-law, a nasty millionaire, is trying to take the girl away and to complicate matters malevolent spirits are at work. Part love, part ghost story.
Membro:Erikapayne
Título:Bag of Bones
Autores:Stephen King (Autor)
Informação:Scribner (1998), Edition: 1st, 544 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Bag of Bones por Stephen King (1998)

  1. 40
    Wizard and Glass por Stephen King (beckylynn)
    beckylynn: It's not related to the Dark Tower Series, but I think it's kind of written in the same fashion as Wizard and Glass.......and little bit of a romance theme if you will.
  2. 31
    Lisey's Story por Stephen King (sturlington)
    sturlington: Very similar themes.
  3. 10
    Hay alguien ahi: El chico que no miraba a los ojos por Jorge Magano (nosoyretro)
  4. 33
    Gerald's Game por Stephen King (beckylynn)
    beckylynn: Not exactly a ghost story like Bag of Bones, but thrilling to the end. Starts off fast (however does have sexual content).
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Este livro deixou-me com sentimentos contraditórios... Por um lado adorei a escrita de Stephen King, especialmente a forma como constrói lentamente o ambiente de uma pequena cidade americana e como os pequenos detalhes se interligam. Por outro lado, estava à espera de uma história de terror a sério, mas a história nunca me assustou por aí além. E também achei que a história se alongou demasiado.

Acho que teria gostado bastante mais deste livro se o tivesse encarado como um romance e não como um livro de terror, mas apesar disso gostei de o ler. ( )
  landslide | Oct 26, 2011 |
Violence, natural and supernatural, ensues as past and present mix, culminating in a torrent of climaxes that bind and illuminate the novel's many mysteries. From his mint-fresh etching of spooky rural Maine to his masterful pacing and deft handling of numerous themes, particularly of the fragility of our constructs about reality and of love's ability to mend rifts in those constructs, this is one of King's most accomplished novels.
adicionada por Lemeritus | editarPublishers Weekly (Aug 31, 1998)
 
From Kirkus Reviews
Leaving Viking for the storied literary patina of Scribner, current or not, King seemingly strives on the page for a less vulgar gloss. And he eases from horror into romantic suspense, while adding dollops of the supernatural. The probable model: structural echoes of Daphne du Maurier's Rebecca do sound forth, although King never writes one paragraph herein to match du Maurier's opening moonscapes of Manderley. What comes through nevertheless is a strong pull to upgrade his style and storytelling in this his 50th year. Yes, he actually does write better if with less energy and power than in Desperation (1996). In fact, attacking the race problem in lily-white Maine, he even assumes an almost Dreiserian seriousness in his final paragraphs. Well, the story: romantic-suspense novelist Michael Noonan, who summers in Castle Rock on Dark Score Lake, falls into a four-year writer's block when his wife Johanna dies of a brain blowout. Now 40 and childless, Mike has salted away four extra novel manuscripts in his safe-deposit box, one of them 11 years old (shades of Richard Bachman!), and keeps up a pretense of productivity by publishing a ``new'' novel each year. Meanwhile, he finds himself falling for Mattie Devore, a widowed mother half his age. Mattie's late husband is the son of still-thriving half-billionaire computer king Max Devore, 85 years old and monstrous, who plans to gain possession of Mattie's three-year-old daughter, the banally drawn Kyra. Mike's first big question: Did Johanna cuckold him during his long hours writing? If so, will her character reverse our understanding of her, as does Rebecca de Winter's? And how can he help Mattie fight off Max and keep Kyra? The supernatural elements, largely reserved for the interracial climax, are Standard King but fairly mild.
adicionada por kthomp25 | editarKirkus Reviews
 
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Yes, Bartleby, stay there behind your screen, thought I; I shall persecute you no more you are harmless and noiseless as any of these old chairs; in short, I never feel so private as when I know you are here.

"Barleby,"

Herman Melville
Last night I dreamt I went to Manderley again...As I stood there, hushed and still, I could swear that the house was not an empty shell but lived and breathed as it had lived before.

Rebecca,

Daphne Du Maurier
Mars is heaven.

Ray Bradbury
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is for Naomi.

Still.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
On a very hot day in August of 1994, my wife told me she was going down to Derry Rite Aid to pick up a refill on her sinus medicine prescription -- this is the stuff you can buy over the counter these days, I believe.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

On falling in love with a woman half his age, novelist Michael Noonan of Maine is drawn into a custody battle for the woman's daughter. The father-in-law, a nasty millionaire, is trying to take the girl away and to complicate matters malevolent spirits are at work. Part love, part ghost story.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.71)
0.5 2
1 46
1.5 14
2 168
2.5 33
3 610
3.5 114
4 763
4.5 51
5 524

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 163,264,173 livros! | Barra de topo: Sempre visível