Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Gaza Graffiti: Messages of Love and Politics

por Mia Grï¿1/2ndahl

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
5Nenhum(a)2,970,612 (4)1
Graffiti began in Gaza in 1987, during the first Intifada, when there was no Palestinian television or radio in the Gaza Strip, and no newspapers: the messages that spread along the walls became an important means of communication. Over the years, all political groups have had their own graffiti artists. Scrawl is not tolerated--it has to look good. Hamas even offers evening classes in graffiti.Documenting the writings on the walls of Gaza over a period of seven years, celebrated Swedish photojournalist Mia Gröndahl lays before us the many roles that they perform, the colorful and surprising range of their artistic expression, and their reflection of the changing political situation. And apart from political slogans, the walls bear witness too to joy and sadness: the wedding celebrations, the many victims of the conflict, and the ever present hope of peace and freedom. For us on the outside, Mia Gröndahl's photographs offer an exciting and unexpected view of life in Gaza.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Sem comentários
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Graffiti began in Gaza in 1987, during the first Intifada, when there was no Palestinian television or radio in the Gaza Strip, and no newspapers: the messages that spread along the walls became an important means of communication. Over the years, all political groups have had their own graffiti artists. Scrawl is not tolerated--it has to look good. Hamas even offers evening classes in graffiti.Documenting the writings on the walls of Gaza over a period of seven years, celebrated Swedish photojournalist Mia Gröndahl lays before us the many roles that they perform, the colorful and surprising range of their artistic expression, and their reflection of the changing political situation. And apart from political slogans, the walls bear witness too to joy and sadness: the wedding celebrations, the many victims of the conflict, and the ever present hope of peace and freedom. For us on the outside, Mia Gröndahl's photographs offer an exciting and unexpected view of life in Gaza.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 204,808,028 livros! | Barra de topo: Sempre visível