Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

La isla de Robinson por Arturo Uslar Pietri
A carregar...

La isla de Robinson (edição 1984)

por Arturo Uslar Pietri (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
241759,493 (4.5)Nenhum(a)
Membro:BelenD
Título:La isla de Robinson
Autores:Arturo Uslar Pietri (Autor)
Informação:Seix Barral. (1984)
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

La isla de Robinson por Arturo Uslar Pietri

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

La biografía novelada de Simón Rodríguez, el amigo, maestro y colaborador por momentos de su tocayo Bolívar. Un hombre obsesionado por la educación como la única y mayor herramienta para instaurar una verdadera República, es decir, un lugar donde los ciudadanos se preocupasen más que nada del bien común. En este empeño, llegó a ser nombrado Director de Educación de la Bolivia recién independizada, y a influir mucho en el Libertador en el momento de su máximo poder. Pero Rodríguez también conoció la miseria, el olvido, la ingratitud y la incomprensión. Consiguió fundar varios establecimientos de enseñanza por toda América del Sur, desde escuelitas en pueblos olvidados del altiplano a institutos prestigiosos en Chile. También encontró personas que quisieron comprenderle y ayudarle. Pero él mismo, en muchas ocasiones, no supo manejar las oportunidades que le daban. Prototipo de iluminado, creía que con la sola exposición, generalmente embrollada, de su pensamiento, cualquier persona debía quedar obnubilada y confiar en él sin límite y sin duda; si esto no ocurría, era por la ineptitud, la indolencia o la mala baba de sus contemporáneos. Un libro que creo deberían leer muchos mesías actuales, de los que creen que las cosas son sencillas y se pueden solucionar de un plumazo, y se sienten posesores de la verdad. Los tales, como Rodríguez, acaban quedándose solos (de ahí el título de la obra) y, como mucho, pueden aspirar a la mirada compasiva de algún escritor como Uslar Pietri, conmovido por una convicción íntima tan grande como su incapacidad para llevarla a cabo. ( )
  caflores | Aug 5, 2012 |
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em espanhol. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em russo. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.5)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5 1

GenreThing

No genres

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 159,220,320 livros! | Barra de topo: Sempre visível