Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

The Posthumous Memoirs of Brás Cubas (1881)

por Machado de Assis

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,700487,657 (4.21)98
"Be aware that frankness is the prime virtue of a dead man," writes the narrator of The Posthumous Memoirs of Br�s Cubas. But while he may be dead, he is surely one of the liveliest characters in fiction, a product of one of the most remarkable imaginations in all of literature, Brazil's greatest novelist of the nineteenth century, Joaquim Maria Machado de Assis. By turns flippant and profound, The Posthumous Memoirs of Br�s Cubas is the story of an unheroic man with half-hearted political ambitions, a harebrained idea for curing the world of melancholy, and a thousand quixotic theories unleashed from beyond the grave. It is a novel that has influenced generations of Latin American writers but remains refreshingly and unforgettably unlike anything written before or after it. Newly translated by Gregory Rabassa and superbly edited by Enylton de S� Rego and Gilberto Pinheiro Passos, this Library of Latin America edition brings to English-speaking readers a literary delight of the highest order.… (mais)
  1. 00
    Quincas Borba por Machado de Assis (hrjunior)
  2. 00
    Zeno's Conscience por Italo Svevo (fspyck)
    fspyck: Ik vond er eenzelfde terughoudenheid in, Machado de Assis is misschien wat grimmiger, en speelt nog meer met vorm en intertekstualiteit, Svevo is ietwat hilarischer
  3. 01
    Memórias de um Soldado de Milícias por Manuel Antônio de Almeida (Utilizador anónimo)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 98 menções

Este romance tem como narrador um defunto, que procura recontar a própria vida, do fim para o começo, num relato marcado por franqueza e ironia. ( )
  Helo_Miranda | Aug 14, 2014 |
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (102 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Machado de Assisautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Costa, Margaret JullTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
de Sá Rego, EnyltonPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Frisch, ShariDrawingsautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grossman, William L.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kayser, WolfgangTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Passos, Gilberto PinheiroPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Patterson, RobinTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Petruccioli, DanieleTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rabassa, GregoryTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Willemsen, AugustTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
AO VERME
QUE
PRIMEIRO ROEU AS FRIAS
CARNES
DO MEU CADÁVER
DEDICO,
COMO SAUDOSA LEMBRANÇA,
ESTAS
MEMÓRIAS PÓSTUMAS
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros para cem leitores, coisa é que admira e consterna. O que não admira, nem provavelmente consternará é se este outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal, nem cinquenta, nem vinte e, quando muito, dez. Dez? Talvez cinco."
To the Reader: When we learn from Stendhal that he wrote one of his books for only a hundred readers, we are both astonished and disturbed.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Chapter 1) The Death of the Author. I hesitated some time, not knowing whether to open these memoirs at the beginning or at the end, ie whether to start with my birth or with my death.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

"Be aware that frankness is the prime virtue of a dead man," writes the narrator of The Posthumous Memoirs of Br�s Cubas. But while he may be dead, he is surely one of the liveliest characters in fiction, a product of one of the most remarkable imaginations in all of literature, Brazil's greatest novelist of the nineteenth century, Joaquim Maria Machado de Assis. By turns flippant and profound, The Posthumous Memoirs of Br�s Cubas is the story of an unheroic man with half-hearted political ambitions, a harebrained idea for curing the world of melancholy, and a thousand quixotic theories unleashed from beyond the grave. It is a novel that has influenced generations of Latin American writers but remains refreshingly and unforgettably unlike anything written before or after it. Newly translated by Gregory Rabassa and superbly edited by Enylton de S� Rego and Gilberto Pinheiro Passos, this Library of Latin America edition brings to English-speaking readers a literary delight of the highest order.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: Machado de Assis

Machado de Assis tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de Machado de Assis.

Ver a página de autor de Machado de Assis.

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.21)
0.5
1 1
1.5 1
2 9
2.5 3
3 36
3.5 18
4 95
4.5 11
5 130

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,635,769 livros! | Barra de topo: Sempre visível