Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

The Posthumous Memoirs of Brás Cubas (1881)

por Machado de Assis

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
2,487726,184 (4.16)1 / 121
"One of the wittiest, most playful, and . . . most alive and ageless books ever written." --Dave Eggers, The New Yorker A revelatory new translation of the playful, incomparable masterpiece of one of the greatest Black authors in the Americas A Penguin Classic The mixed-race grandson of ex-slaves, Machado de Assis is not only Brazil's most celebrated writer but also a writer of world stature, who has been championed by the likes of Philip Roth, Susan Sontag, Allen Ginsberg, John Updike, and Salman Rushdie. In his masterpiece, the 1881 novel The Posthumous Memoirs of Brás Cubas (translated also as Epitaph of a Small Winner), the ghost of a decadent and disagreeable aristocrat decides to write his memoir. He dedicates it to the worms gnawing at his corpse and tells of his failed romances and halfhearted political ambitions, serves up harebrained philosophies, and complains with gusto from the depths of his grave. Wildly imaginative, wickedly witty, and ahead of its time, the novel has been compared to the work of everyone from Cervantes to Sterne to Joyce to Nabokov to Borges to Calvino, and has influenced generations of writers around the world. This new English translation is the first to include extensive notes providing crucial historical and cultural context. Unlike other editions, it also preserves Machado's original chapter breaks--each of the novel's 160 short chapters begins on a new page--and includes excerpts from previous versions of the novel never before published in English.… (mais)
  1. 00
    Quincas Borba por Machado de Assis (hrjunior)
  2. 00
    Zeno's Conscience por Italo Svevo (fspyck)
    fspyck: Ik vond er eenzelfde terughoudenheid in, Machado de Assis is misschien wat grimmiger, en speelt nog meer met vorm en intertekstualiteit, Svevo is ietwat hilarischer
  3. 00
    Murther and Walking Spirits por Robertson Davies (Cecrow)
  4. 01
    Memórias de um Soldado de Milícias por Manuel Antônio de Almeida (Utilizador anónimo)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

» Ver também 121 menções

Mostrando 3 de 3
Memórias Póstumas é uma narrativa confusa e sem linearidade. O personagem principal, como sugere o título, resolve, depois de morto, contar a história da sua vida através de uma seleção dos episódios mais relevantes, desde o seu nascimento até a sua morte. Essa narrativa não segue, porém, nenhuma sequência cronológica.
  BolideBooks | Sep 30, 2021 |
Aqui, neste romance posto em dúvida, um homem morre e resolve contar, com a isenção que só a morte permite, sua vida. Mas contar uma vida quando ainda se vive. Como uma memória não-póstuma, possivelmente tende a transformar o narrador em tema de si mesmo. De algum modo, ninguém que escreve sobre si mesmo é capaz de contar tudo, sempre guarda um certo ar de heroísmo.
  BolideBooks | Jul 2, 2021 |
Este romance tem como narrador um defunto, que procura recontar a própria vida, do fim para o começo, num relato marcado por franqueza e ironia. ( )
  Helo_Miranda | Aug 14, 2014 |
Mostrando 3 de 3
This new translation, by Flora Thomson-DeVeaux, is the perfect chance to get reacquainted with the delights of a book written with “the pen of mirth and the ink of melancholy”, or to discover it for the first time.
adicionada por Nevov | editarThe Observer, John Self (Aug 29, 2021)
 

» Adicionar outros autores (102 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Machado de Assisautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Costa, Margaret JullTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
de Sá Rego, EnyltonPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Frisch, ShariDrawingsautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grossman, William L.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kayser, WolfgangTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Passos, Gilberto PinheiroPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Patterson, RobinTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Petruccioli, DanieleTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rabassa, GregoryTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Willemsen, AugustTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
AO VERME
QUE
PRIMEIRO ROEU AS FRIAS
CARNES
DO MEU CADÁVER
DEDICO,
COMO SAUDOSA LEMBRANÇA,
ESTAS
MEMÓRIAS PÓSTUMAS
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros para cem leitores, coisa é que admira e consterna. O que não admira, nem provavelmente consternará é se este outro livro não tiver os cem leitores de Stendhal, nem cinquenta, nem vinte e, quando muito, dez. Dez? Talvez cinco."
To the Reader: When we learn from Stendhal that he wrote one of his books for only a hundred readers, we are both astonished and disturbed.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Chapter 1) The Death of the Author. I hesitated some time, not knowing whether to open these memoirs at the beginning or at the end, ie whether to start with my birth or with my death.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

"One of the wittiest, most playful, and . . . most alive and ageless books ever written." --Dave Eggers, The New Yorker A revelatory new translation of the playful, incomparable masterpiece of one of the greatest Black authors in the Americas A Penguin Classic The mixed-race grandson of ex-slaves, Machado de Assis is not only Brazil's most celebrated writer but also a writer of world stature, who has been championed by the likes of Philip Roth, Susan Sontag, Allen Ginsberg, John Updike, and Salman Rushdie. In his masterpiece, the 1881 novel The Posthumous Memoirs of Brás Cubas (translated also as Epitaph of a Small Winner), the ghost of a decadent and disagreeable aristocrat decides to write his memoir. He dedicates it to the worms gnawing at his corpse and tells of his failed romances and halfhearted political ambitions, serves up harebrained philosophies, and complains with gusto from the depths of his grave. Wildly imaginative, wickedly witty, and ahead of its time, the novel has been compared to the work of everyone from Cervantes to Sterne to Joyce to Nabokov to Borges to Calvino, and has influenced generations of writers around the world. This new English translation is the first to include extensive notes providing crucial historical and cultural context. Unlike other editions, it also preserves Machado's original chapter breaks--each of the novel's 160 short chapters begins on a new page--and includes excerpts from previous versions of the novel never before published in English.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: Machado de Assis

Machado de Assis tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de Machado de Assis.

Ver a página de autor de Machado de Assis.

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.16)
0.5
1 2
1.5 1
2 12
2.5 4
3 48
3.5 24
4 130
4.5 15
5 155

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 208,704,387 livros! | Barra de topo: Sempre visível