Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Revolution Graffiti: Street Art of the New Egypt

por Mia Grï¿1/2ndahl

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
1411,448,598Nenhum(a)Nenhum(a)
The Egyptian Revolution that began on 25 January 2011 immediately gave rise to a wave of popular political and social expression in the form of graffiti and street art, phenomena that were almost unknown in the country under the old regime. Mia Gröndahl, the photographer of Gaza Graffiti: Messages of Love and Politics and Tahrir Square: The Heart of the Egyptian Revolution, has followed and documented the constantly and rapidly changing graffiti art of the new Egypt from its beginnings, and here in more than 400 full-color images celebrates the imagination, the skill, the humor, and the political will of the young artists and activists who have claimed the walls of Cairo and other Egyptian cities as their canvas.From the simplest hand-written messages, through stencils and martyr portraits, to the elaborate murals of Mohamed Mahmoud Street, the messages on the walls are presented in themed sections--Revolution & Freedom, Egyptian & Proud, Cross & Crescent, Martyrs & Heroes--punctuated by interviews with some of the individual artists whose work has broken fresh ground.… (mais)
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem comentários
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The Egyptian Revolution that began on 25 January 2011 immediately gave rise to a wave of popular political and social expression in the form of graffiti and street art, phenomena that were almost unknown in the country under the old regime. Mia Gröndahl, the photographer of Gaza Graffiti: Messages of Love and Politics and Tahrir Square: The Heart of the Egyptian Revolution, has followed and documented the constantly and rapidly changing graffiti art of the new Egypt from its beginnings, and here in more than 400 full-color images celebrates the imagination, the skill, the humor, and the political will of the young artists and activists who have claimed the walls of Cairo and other Egyptian cities as their canvas.From the simplest hand-written messages, through stencils and martyr portraits, to the elaborate murals of Mohamed Mahmoud Street, the messages on the walls are presented in themed sections--Revolution & Freedom, Egyptian & Proud, Cross & Crescent, Martyrs & Heroes--punctuated by interviews with some of the individual artists whose work has broken fresh ground.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: Sem avaliações.

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 205,988,701 livros! | Barra de topo: Sempre visível