Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

My Trade: A Short History of British Journalism (2004)

por Andrew Marr

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
251182,192 (3.62)4
How do you decide what is a 'story' and what isn't? What does a newspaper editor actually do all day? How do hacks get their scoops? How do the TV stations choose their news bulletins? How do you pursuade people to say those awful, embarassing things? Who earns what? How do journalists manage to look in the shaving mirror after the way they sometimes behave? The purpose of this insider's account is to provide an answer to all these questions and more. Andrew Marr's brilliant book will act as a guide to those of us who read newspapers, or who listen to and watch news bulletins but want to know more about the process behind the scenes. Andrew Marr. He explains how journalists get stories and write columns, examine the styles and power of the great editors, contrast broadcast and written journalism, asks unpleasant questions about the compromises and corruption of the trade, and talks to most of the major players today.… (mais)
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 4 menções

An intelligent mixture of history, analysis and practice. Marr's experience as a national broadsheet editor (however inconsequential) shines through in his writing. ( )
  jontseng | Jan 5, 2007 |
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

How do you decide what is a 'story' and what isn't? What does a newspaper editor actually do all day? How do hacks get their scoops? How do the TV stations choose their news bulletins? How do you pursuade people to say those awful, embarassing things? Who earns what? How do journalists manage to look in the shaving mirror after the way they sometimes behave? The purpose of this insider's account is to provide an answer to all these questions and more. Andrew Marr's brilliant book will act as a guide to those of us who read newspapers, or who listen to and watch news bulletins but want to know more about the process behind the scenes. Andrew Marr. He explains how journalists get stories and write columns, examine the styles and power of the great editors, contrast broadcast and written journalism, asks unpleasant questions about the compromises and corruption of the trade, and talks to most of the major players today.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.62)
0.5
1 1
1.5
2 2
2.5 1
3 12
3.5 2
4 18
4.5 1
5 5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,635,034 livros! | Barra de topo: Sempre visível