Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

I always get my sin : het bizarre Engels van…
A carregar...

I always get my sin : het bizarre Engels van Nederlanders (edição 2005)

por Maarten H. Rijkens

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1534135,169 (3.17)1
Membro:hermie58
Título:I always get my sin : het bizarre Engels van Nederlanders
Autores:Maarten H. Rijkens
Informação:'s-Gravenhage : BZZTôH; 128 p, 19 cm; http://opc4.kb.nl/DB=1/PPN?PPN=289138701
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

I always get my sin por Maarten H. Rijkens

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Mostrando 4 de 4
It is a small book filled with sentences people (may) have said. And it is true that Dutch people often believe they use proper English, while it's actually just painful to listen to; even though I realize my own English is far from perfect.
I did find it a bit disappointing that some seemed quite unrealistic, would somebody really use that word? And a lot is about work related talk. I probably shouldn't, but I read this all the way in about a quarter of an hour. I think it has more charm if you only read a few lines at a time.

And sometimes a hint on how to really say things would be very useful.

I almost forgot to tell I liked the poem that is included best about the book. It sometimes really is confusing how to pronounce a word correctly! ( )
  Floratina | May 26, 2016 |
Met I always got my sin had ik iets meer affiniteit. Mijn kennis van het Engels is goed genoeg om de grap overal te snappen. Hier een voorbeeld waar ik erg om moest lachen:
I DON’T WANT TO SHOOT MY HERBS (Ik wil m’n kruid niet verschieten).

Andere zinnen vielen meer in de categorie zinnen die ik zou kunnen zeggen bij wijze van grap:
THIS IS WET FINGER WORK (Dit is nattevingerwerk).

Het gedicht achterin over uitspraak vond ik erg leuk (en moeilijk, bij rijmde het niet automatisch). Ook is de opsomming achterin over misverstanden leuk (en waarschijnlijk ook nuttig). ( )
  boekenwijs | Jan 18, 2011 |
Heel flauw. De eerste zinnetjes in het dutch-English zijn nog wel aardig maar het gaat heel gauw vervelen en het is enorm veel van hetzelfde ( )
  HiramHolliday | Jan 15, 2010 |
Amusant werkje ( )
  YolaNL | Oct 24, 2009 |
Mostrando 4 de 4
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Before word
During 32 years I was employed by Heineken, for many years responsible for the Asia Pacific.
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.17)
0.5 2
1
1.5
2 6
2.5 2
3 6
3.5 2
4 8
4.5
5 4

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 155,808,948 livros! | Barra de topo: Sempre visível