Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Nation of Rebels: Why Counterculture Became…
A carregar...

Nation of Rebels: Why Counterculture Became Consumer Culture (edição 2005)

por Joseph Heath, Andrew Potter

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
6471227,482 (3.78)7
An explosive rejection of the myth of the counterculture in themost provocative book since No Logo. In this wide-ranging and perceptive work of cultural criticism,Joseph Heath and Andrew Potter shatter the central myth of radicalpolitical, economic and cultural thinking. The idea of acounterculture ? that is, a world outside of the consumerdominated one that encompasses us ? pervades everythingfrom the anti-globalisation movement to feminism andenvironmentalism. And the idea that mocking the system, or tryingto ?jam? it so it will collapse, they argue, is notonly counterproductive but has helped to create the very consumersociety that rad icals oppose. In a lively blend of pop culture, history and philosophicalanalysis, Heath and Potter offer a startlingly clear picture ofwhat a concern for social justice might look like without theconfusion of the counterculture obsession with being different.… (mais)
Membro:comedyofexistenz
Título:Nation of Rebels: Why Counterculture Became Consumer Culture
Autores:Joseph Heath
Outros autores:Andrew Potter
Informação:Harper Paperbacks (2005), Paperback, 368 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

The Rebel Sell: Why the Culture Can't Be Jammed por Joseph Heath

culture (38)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 7 menções

Mostrando 1-5 de 12 (seguinte | mostrar todos)
Terrible. Conflated, hyperbolic trash.
  reg_lt | Feb 7, 2020 |
I really enjoyed this book and found it both entertaining and educational. The format is like reading a very clear research paper on consumerism, capitalism and western culture, but which has links to the everyday experience. Read it in one sitting because it was like attending a really good lecture, or watching an intriguing documentary. Felt like reading it again once I put it down, so will return to it again. ( )
  CarterPJ | Nov 5, 2011 |
An interesting read. The authors point out the flaws in logic of the counter-culture movement, but don't really offer any solutions because there are none. ( )
1 vote jennifer117 | Jun 28, 2009 |
Tiene algunos buenos puntos acerca de la falsedad de algunos aspectos de la "contracultura", pero se nota, y demasiado, el enamoramiento de los autores con el occidente y el capitalismo. Realmente no se trata de un libro imparcial, se nota (y se agradece, por supuesto) que no oculten la cruz de su parroquia. ( )
  TheBeam | Jan 23, 2009 |
Mostrando 1-5 de 12 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (3 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Joseph Heathautor principaltodas as ediçõescalculated
Potter, Andrewautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em russo. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For my parents -AP
For Astrid - JH
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
September 2003 marked a turning point in the development of Western civilisation. (Introduction)
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (3)

An explosive rejection of the myth of the counterculture in themost provocative book since No Logo. In this wide-ranging and perceptive work of cultural criticism,Joseph Heath and Andrew Potter shatter the central myth of radicalpolitical, economic and cultural thinking. The idea of acounterculture ? that is, a world outside of the consumerdominated one that encompasses us ? pervades everythingfrom the anti-globalisation movement to feminism andenvironmentalism. And the idea that mocking the system, or tryingto ?jam? it so it will collapse, they argue, is notonly counterproductive but has helped to create the very consumersociety that rad icals oppose. In a lively blend of pop culture, history and philosophicalanalysis, Heath and Potter offer a startlingly clear picture ofwhat a concern for social justice might look like without theconfusion of the counterculture obsession with being different.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.78)
0.5 2
1 3
1.5
2 5
2.5 3
3 26
3.5 17
4 47
4.5 14
5 26

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 162,287,765 livros! | Barra de topo: Sempre visível