Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Human Stain: American Trilogy (3) por…
A carregar...

The Human Stain: American Trilogy (3) (original 2000; edição 2001)

por Philip Roth (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
5,865901,276 (3.85)229
Coleman Silk is a respected professor at a New England college who suddenly finds his life unraveling after a comment he makes about some African-American students is misinterpreted as a racial slur. As the scandal heats up, Nathan Zuckerman, a writer researching a biography of Silk, begins to dig deeply into Silk's life. Eventually, matters are made worse when Coleman's affair with a young married janitor named Faunia Farley is exposed. But amid the controversy, Silk must struggle to keep his greatest secret, a secret he's held for the majority of his life, from becoming made public.… (mais)
Membro:GLauder
Título:The Human Stain: American Trilogy (3)
Autores:Philip Roth (Autor)
Informação:Vintage International (2001), 361 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:53, LLO (New), 53: LLO (New): 2BC (Left): 2S, Literature/Fiction

Pormenores da obra

The Human Stain por Philip Roth (2000)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 229 menções

Inglês (71)  Espanhol (6)  Francês (5)  Italiano (4)  Holandês (3)  Alemão (1)  Todas as línguas (90)
Mostrando 1-5 de 90 (seguinte | mostrar todos)
This book somewhat made me cringe whilst reading it, but I think I appreciated it a lot more after discussing it at book club - there was a lot to talk about in it. I really don't think the female characters are any good, they just don't make sense and I really didn't need reminding of the size of Faunia's breasts quite so often. The central conceit of the book (Coleman Silk's secret) doesn't really hold up to any light scrutiny. But there are some great bits of writing in it too and some thought-provoking stuff. ( )
  AlisonSakai | Dec 7, 2020 |
Strong, intelligent man from a colored family, does not want to life as a black in the US of the 50-ies. looking nearly like a white he decides to deny his past and become a white professor at a white university. but it seems, that he cannot run away from his past. He looses job, white wife and children. and his life, beeing in love with a much younger Woman. The book has very strong parts, and some weak. but in all worthy to be read, cause part of US history. segregation and Vietam war. ( )
  leforestiere | Nov 28, 2020 |
Philip Roth is a brave author for trusting entirely to his story, relentlessly showing all of his cards at the start. There's no surprise ending here, only surprises along the way. His reveal about Coleman's past is so blunt and sudden, I thought I'd misunderstood at first. And still his story is compelling enough it doesn't matter. There is something quotable on nearly every page of this novel full of wisdom and insight about life and lives.

Since the author isn't shy with his own spoilers, I won't be either. Coleman clothes himself in an ulterior identity as a means of transcending societal limitations on his race. Thereafter he has a curiously adverse response to any minority group's movement to overthrow those limitations. It isn't merely disbelief in the movements' effectiveness. He finds them puerile, a childish tantrum against the laws of reality.

Coleman has progressed so far in his chosen direction that it becomes impossible for him to relate to what was, even when self-interest is at stake. Like a domesticated crow that can no longer return to the wild, his nature and identity have diverged too far to be reconciled. This theme applies as well to the other three central characters: a woman suffering from past traumas, a Vietnam veteran suffering from PTSD, and a professor caught between the country she left and one that won't accept her. All of them reject the notion of turning back, whatever their difficulties, because the identity they've embraced (or want to embrace) is more real.

I've not read Roth before, and I came to him anticipating less empathy for perspectives outside of his own background; a false impression I acquired somewhere. Only once did I wince - badly. Coleman muses about the possibility of his lover being better in bed as "a gift of the molestation" she suffered as a child. Try to read that as the character's thoughts alone. ( )
2 vote Cecrow | Sep 29, 2020 |
> La Tache, de Philip ROTH (Trad, de l'américain par Josée Kamoun Gallimard, Paris, 2002, 443 p.)
Se reporter à la critique de Michel PETERSON
In: (2003). Compte rendu de [Fiction]. Nuit blanche, (90), p. 15… ; (en ligne),
URL : https://id.erudit.org/iderudit/19198ac
  Joop-le-philosophe | Sep 6, 2020 |
A Coleman Silk, professore di lettere classiche in un college della provincia americana, un giorno sfugge una parola che viene presa per un insulto razziale. L'intero college gli si rivolta contro e lo costringe alla pensione. I suoi guai aumentano quando viene accusato di approfittarsi di Faunia, la giovane donna svantaggiata che è la sua amante, e il marito di lei li perseguita. Finirà male.

Un romanzo dall'ambientazione intensamente americana, che parla di razzismo, di correttezza politica e dei suoi guasti, di moralismo, delle beghe e dei maneggi del mondo accademico. Ma che contiene anche una tematica più esistenziale, che tratta della libertà o meno di costruirsi la vita che si vuole, delle circostanze che limitano questa libertà, dell'accettare o rifiutare gli stereotipi le aspettative e i ruoli che la società impone ai singoli e delle conseguenze che si devono sopportare.

E tratta del segreto, del fatto che certe cose si sappiano o non si sappiano: "Tutti sanno" inizia la lettera che accusa Silk, lettera anonima ma evidentemente scritta dalla giovane collega francese Delphine Roux. Ma Silk ha un segreto, una cosa che nessuno sa, nemmeno sua moglie e i suoi figli, e su cui ha costruito l'intera sua vita, una vita di successo (a differenza di quelle di Faunia e di suo marito Les, che sono vite di disgrazie). E anche Delphine è venuta in America per fuggire dalla sua prigione familiare e costruirsi una sua vita, ma finisce isolata e smarrita e frustrata. E anche Faunia e Les hanno i loro segreti. Allora forse il segreto è un mezzo per scegliere la vita che si vuol vivere, oppure per proteggersi e difendersi.

All'inizio, questo romanzo non mi è piaciuto. L'ho trovato sgradevole, metallico, verboso. Ma poi ho cambiato idea. È un ottimo romanzo, complesso, sottile, potente. È sgradevole per le situazioni e i personaggi e per lo stile, è una storia che aggredisce il lettore senza troppi riguardi con un torrente di parole, è sgradevole perché vuole essere sgradevole, vuole mettere il lettore a disagio: e ci riesce. Ma quanto bene è raccontata! Per l'efficacia con cui attacca e denuda certi aspetti della società americana, per la finezza con cui sono presentati personaggi e situazioni e ambienti, anche se molti dettagli non sono riuscito a seguirli e certi aspetti non sono riuscito ad afferrarli (o li ho dimenticati, visto che ho letto il libro un anno fa ma riesco a scriverne solo ora). Non sono riuscito a seguire tutte le sfumature psicologiche dei personaggi, e, ad esempio, non ho capito la fascinazione di Faunia per le cornacchie. Ma, sempre ad esempio, la resa di suo marito Les, reduce della guerra in Vietnam traumatizzato disadattato e violento, è straordinariamente efficace. E, sempre ad esempio, il segreto del professor Silk viene rivelato al lettore in modo così abile che quando ci sono arrivato sono rimasto sconcertato e ho pensato addirittura a un errore di traduzione (invece no, anzi la traduzione ha l'aria di essere molto ben fatta). Il finale fa veramente rabbrividire, e non solo perché si svolge su un lago gelato. ( )
  Oct326 | Aug 8, 2020 |
Mostrando 1-5 de 90 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (3 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Philip Rothautor principaltodas as ediçõescalculated
Boutsikaris, DennisNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Britto, Paulo HenriquesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fibla, JordiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Formo, ToneTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kamoun, JoséeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Magnane, GeorgesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mantovani, VincenzoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Papaioannou TriseygeniTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pàmies, XavierTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rikman, KristiinaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sullivan, MichaelaArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Oedipus:
What is the rite
or purification? How shall it be done?

Creon:
By banishing a man, or expiation
of blood by blood . . .

--Sophocles, Oedipus the King
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For R.M.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It was in the summer of 1998 that my neighbor Coleman Silk - who, before retiring two years earlier, had been a classics professor at nearby Athena College for some twenty-odd years as well as serving for sixteen more as the dean of faculty - confided in me that, at the age of seventy-one, he was having an affair with a thirty-four-year-old cleaning woman who worked down at the college.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em italiano. Edite para a localizar na sua língua.
Prima «spettri», adesso «bianco»: chi sa quale stortura ripugnante sarà svelata dalla prossima locuzione un po' antiquata, dalla prossima frase idiomatica deliziosamente datata che gli esce volando dalla bocca? Come si viene smascherati o distrutti dalla parola ideale. Cosa svela il travestimento, la copertura e la dissimulazione? Questo, la parola giusta pronunciata spontaneamente, senza doverci nemmeno pensare.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Coleman Silk is a respected professor at a New England college who suddenly finds his life unraveling after a comment he makes about some African-American students is misinterpreted as a racial slur. As the scandal heats up, Nathan Zuckerman, a writer researching a biography of Silk, begins to dig deeply into Silk's life. Eventually, matters are made worse when Coleman's affair with a young married janitor named Faunia Farley is exposed. But amid the controversy, Silk must struggle to keep his greatest secret, a secret he's held for the majority of his life, from becoming made public.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.85)
0.5
1 18
1.5 8
2 73
2.5 15
3 276
3.5 75
4 458
4.5 66
5 328

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 155,745,677 livros! | Barra de topo: Sempre visível