Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Rip-Off Red, Girl Detective and The Burning Bombing of America: The… (2002)

por Kathy Acker

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
641321,376 (3.4)1
Recently discovered and never before published, these two short novels were written in the early 1970s, at the beginning of Kathy Acker's writing career. Rip-off Red reads as a kind of Raymond Chandler for bad girls, as Acker's typical literary playfulness transforms the genre conventions of detective fiction into a book that is simultaneously a mystery and a personal, raunchy, and politically astute account of life in New York City. The Burning Bombing of America is a dystopian vision of the destruction of America, combining crypto-Socialist class critique with the visceral surreality of the Book of Revelation. Published together here, they reveal a young writer on a literary romp, imposing an original, sexy, and subversive worldview that is unmistakably Acker. They are a perfect introduction to Acker's oeuvre and essential for all Acker readers. "Kathy Acker's trancelike writing style peels away the layers of reality." -- San Francisco Chronicle "America's most beloved transgressive novelist." -- Spin "Acker is a postmodern Colette with echoes of Cleland's Fanny Hill." -- William S. Burroughs… (mais)
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

I'm not sure if this is the best representation of her work. I think I remember trying her long ago and it didn't click. Same thing happened - it was like reading someone's crazy dream stories with lots and lots of pornographic interludes. Interesting but exhausting. (January 30, 2006) ( )
  cindywho | May 27, 2019 |
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Recently discovered and never before published, these two short novels were written in the early 1970s, at the beginning of Kathy Acker's writing career. Rip-off Red reads as a kind of Raymond Chandler for bad girls, as Acker's typical literary playfulness transforms the genre conventions of detective fiction into a book that is simultaneously a mystery and a personal, raunchy, and politically astute account of life in New York City. The Burning Bombing of America is a dystopian vision of the destruction of America, combining crypto-Socialist class critique with the visceral surreality of the Book of Revelation. Published together here, they reveal a young writer on a literary romp, imposing an original, sexy, and subversive worldview that is unmistakably Acker. They are a perfect introduction to Acker's oeuvre and essential for all Acker readers. "Kathy Acker's trancelike writing style peels away the layers of reality." -- San Francisco Chronicle "America's most beloved transgressive novelist." -- Spin "Acker is a postmodern Colette with echoes of Cleland's Fanny Hill." -- William S. Burroughs

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.4)
0.5
1 1
1.5
2 1
2.5
3 2
3.5 2
4 2
4.5
5 2

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,966,792 livros! | Barra de topo: Sempre visível