Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Beach of Falesa (1959)

por Dylan Thomas

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
641323,538 (3.38)Nenhum(a)
Ein weißer Mann komm auf eine polynesische Insel, um Handel zu treiben. Er heiratet eine Polynesierin, die tabu ist und wird ebenfalls gemieden. Er setzt sich aber mit List und brachialer Gewalt gegen Intrigen, böse Geister und Zauberei zur Wehr. Eine Auseinandersetzung um Macht, Aberglauben und das Böse schlechthin. Großdruck SW: Abenteuer ; SW: Südsee… (mais)
Adicionado recentemente porgb38, NinieB, erinandjon, K_R_Smith, RWAbington, SmithRooneyLibrary, GGH
Bibliotecas LegadasNelson Algren
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Dylan Thomas is one of my favorite authors, but I will admit his work is often difficult to understand. I believe this isn't intentional; his gift with words meant he simply did not phrase things the way most people did. This aspect of his work is found least often in his screen treatments. The Beach of Falsea is my favorite of these, for many reasons.

The story is that of conflict between two traders on a South Sea island. One is attracted to a native woman who is shunned by the other natives, the other seems to wield a strange power over the natives. The first "marries" the woman in a mock ceremony, but as he grows more attracted to her he begins to unearth the truth about both the woman and the rival trader.

This is not written in the traditional format for a screenplay; it reads like a novelized version of the story. It captures the feel of the island as well as the menace of the trader, and it is all in a wonderful version of the words Thomas can use so well. I have not read the Robert Louis Stevenson orignal of this work, but whatever the original was like this more than does it justice.
  sister_ray | Jan 22, 2008 |
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Ein weißer Mann komm auf eine polynesische Insel, um Handel zu treiben. Er heiratet eine Polynesierin, die tabu ist und wird ebenfalls gemieden. Er setzt sich aber mit List und brachialer Gewalt gegen Intrigen, böse Geister und Zauberei zur Wehr. Eine Auseinandersetzung um Macht, Aberglauben und das Böse schlechthin. Großdruck SW: Abenteuer ; SW: Südsee

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.38)
0.5
1
1.5
2
2.5 1
3 2
3.5
4
4.5
5 1

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 159,077,130 livros! | Barra de topo: Sempre visível