Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Macbeth (2018)

por Jo Nesbo

Outros autores: Ver a secção outros autores.

Séries: The Hogarth Shakespeare (7)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
7644722,030 (3.33)41
NEW YORK TIMES NOTABLE BOOK OF 2018 Shakespeare's dark and tragic play retold in a heart-pounding New York Times bestselling thriller from the author of The Snowman and The Thirst.   Set in the 1970s in a run-down, rainy industrial town, Jo Nesbo's Macbeth centers around a police force struggling to shed an incessant drug problem. Duncan, chief of police, is idealistic and visionary, a dream to the townspeople but a nightmare for criminals. The drug trade is ruled by two drug lords, one of whom--a master of manipulation named Hecate--has connections with the highest in power, and plans to use them to get his way.    Hecate's plot hinges on steadily, insidiously manipulating Inspector Macbeth: the head of SWAT and a man already susceptible to violent and paranoid tendencies. What follows is an unputdownable story of love and guilt, political ambition, and greed for more, exploring the darkest corners of human nature, and the aspirations of the criminal mind.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 41 menções

Inglês (42)  Espanhol (2)  Catalão (1)  Francês (1)  Alemão (1)  Todas as línguas (47)
Mostrando 1-5 de 47 (seguinte | mostrar todos)
For several years now, modern authors, acting under the auspices of the Hogarth Shakespeare Project, have re-imagined Shakespeare's classic plays some 400 years after he wrote them. This retelling of Macbeth is set in a modern industrial city in Europe where lawlessness has been allowed to run unchecked for years under a corrupt police chief. Poverty is rampant due to factory closings, gambling and prostitution are widespread, and the police and drug traffickers are locked in a life and death struggle for control. Macbeth is the head of SWAT, who grew up in an orphanage and is surprised when the new police chief promotes him since he is not part of the "old boy" network. Macbeth is madly in love with the owner of the upscale casino (Lady), who drives him to commit unspeakable acts of violence to seize power. Knowing Shakespeare’s play will help make sense of this very dark novel, but at the expense of knowing what happens to the key characters: Duncan, Banquo, Duff, Lady, etc. I did not care for it: too much senseless violence. ( )
  skipstern | Jul 11, 2021 |
Terrible "adaptation" of Macbeth in a gimicky one-to-one stab at correspondence of plot elements. Poorly written, but that may be the fault of the translator. ( )
  CurrerBell | Jan 22, 2021 |
A good read but Really a depressing book, through and through, right to the ending. ( )
  RonSmedley | May 5, 2020 |
This is one novel in the Hogarth Shakespeare series. Well known writers write a contemporary version of one of Shakespeare's plays. Jo Nesbo, the fabulous Danish writer of suspense novels, does a great job of capturing the spirit of "Macbeth". The duplicity, passion, power struggle and hubris are all present. The tragic hero and his lady burn up in their power lust, characters fall in multiple murders, and good triumphs. A timeless plot makes for a good read in either version. ( )
  hemlokgang | Apr 16, 2020 |
I have heard quite a bit of praise for Jo Nesbo in the past and saw this as a chance to evaluate the author. I loved the setting and the descriptions. 1970s gritty is perhaps my favorite setting for fiction. I grew up in the 1960s and 70s in a very gritty city myself. I really like the start of the book but after a while, the Shakespeare seemed forced into the story. It was like the story and the Shakespeare were fighting each other for dominence. I could not fall into the story. ( )
  evil_cyclist | Mar 16, 2020 |
Mostrando 1-5 de 47 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (32 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Jo Nesboautor principaltodas as ediçõescalculated
Menna, OutiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Morton, EuanReaderautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Belongs to Series

Belongs to Publisher Series

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The shiny raindrop fell from the sky, through the darkness, toward the shivering lights of the port below.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em italiano. Edite para a localizar na sua língua.
Macbeth trasse un respiro calmo, profondo. E se la morte fosse giunta in quel momento? Sarebbe di certo stata una fine insensata, ma non era così per tutti? Ci interrompono nel bel mezzo di una frase, e il racconto su di noi resta sospeso, senza un senso, senza una conclusione, senza un ultimo atto chiarificatore. Una breve eco dell'ultima parola, pronunciata per metà, e poi siamo dimenticati, dimenticati. Nemmeno la statua più gigantesca può fare la differenza. Il ricordo di chi sei stato, di chi sei stato “veramente”, sparisce più in fretta dei cerchi che si allargano nell'acqua. E qual era il significato di quella fugace comparsata bruscamente interrotta? Recitare al meglio delle proprie capacità, afferrare i piaceri e le gioie che la vita ha da offrire finché dura? Oppure lasciare un segno, cambiare la direzione delle cose, trasformare il mondo in un posto migliore prima di doverlo lasciare? O invece il senso era quello di riprodursi, di generare delle piccole creature più adatte a quel mondo, nella speranza che gli esseri umani diventino quei semidèi che immaginano di essere? Oppure forse non esiste alcun senso? Forse noi siamo solo delle frasi sconnesse in un caotico, eterno balbettio, con tutti che parlano e nessuno che ascolta, e dove la nostra peggior premonizione trova conferma: siamo soli. Completamente soli.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

NEW YORK TIMES NOTABLE BOOK OF 2018 Shakespeare's dark and tragic play retold in a heart-pounding New York Times bestselling thriller from the author of The Snowman and The Thirst.   Set in the 1970s in a run-down, rainy industrial town, Jo Nesbo's Macbeth centers around a police force struggling to shed an incessant drug problem. Duncan, chief of police, is idealistic and visionary, a dream to the townspeople but a nightmare for criminals. The drug trade is ruled by two drug lords, one of whom--a master of manipulation named Hecate--has connections with the highest in power, and plans to use them to get his way.    Hecate's plot hinges on steadily, insidiously manipulating Inspector Macbeth: the head of SWAT and a man already susceptible to violent and paranoid tendencies. What follows is an unputdownable story of love and guilt, political ambition, and greed for more, exploring the darkest corners of human nature, and the aspirations of the criminal mind.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.33)
0.5 1
1 9
1.5 2
2 16
2.5 9
3 29
3.5 15
4 42
4.5 3
5 19

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,644,117 livros! | Barra de topo: Sempre visível