Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

My Year of Dirt and Water: Journal of a Zen Monk's Wife in Japan

por Tracy Franz

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
22Nenhum(a)1,006,816 (4.63)2
"In February 2004, when her American husband, a recently ordained Zen monk, leaves home to train for a year at a centuries-old Buddhist monastery, Tracy Franz embarks on her own year of Zen. An Alaskan alone--and lonely--in Japan, she begins to pay attention. My Year of Dirt and Water is a record of that journey. Allowed only occasional and formal visits to see her cloistered husband, Tracy teaches English, studies Japanese, and devotes herself to making pottery. Her teacher instructs her to turn cup after cup--creating one failure after another. Past and present, East and West intertwine as Tracy is twice compelled to return home to Alaska to confront her mother's newly diagnosed cancer and the ghosts of a devastating childhood. Revolving through the days, My Year of Dirt and Water circles hard questions: What is love? What is art? What is practice? What do we do with the burden of suffering? The answers are formed and then unformed--a ceramic bowl born on the wheel and then returned again and again to dirt and water."--Provided by publisher.… (mais)
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 2 menções

Sem comentários
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

"In February 2004, when her American husband, a recently ordained Zen monk, leaves home to train for a year at a centuries-old Buddhist monastery, Tracy Franz embarks on her own year of Zen. An Alaskan alone--and lonely--in Japan, she begins to pay attention. My Year of Dirt and Water is a record of that journey. Allowed only occasional and formal visits to see her cloistered husband, Tracy teaches English, studies Japanese, and devotes herself to making pottery. Her teacher instructs her to turn cup after cup--creating one failure after another. Past and present, East and West intertwine as Tracy is twice compelled to return home to Alaska to confront her mother's newly diagnosed cancer and the ghosts of a devastating childhood. Revolving through the days, My Year of Dirt and Water circles hard questions: What is love? What is art? What is practice? What do we do with the burden of suffering? The answers are formed and then unformed--a ceramic bowl born on the wheel and then returned again and again to dirt and water."--Provided by publisher.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.63)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5 1
4
4.5
5 3

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 202,139,216 livros! | Barra de topo: Sempre visível