Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Cemetery Boys

por Aiden Thomas

Outros autores: Liz Dresner (Designer), Mars Lauderbaugh (Artista da capa)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,913658,563 (4.15)35
Yadriel, a trans boy, summons the angry spirit of his high school's bad boy, and agrees to help him learn how he died, thereby proving himself a brujo, not a bruja, to his conservative family.
Adicionado recentemente porRainbowCafe, OktoFalke, otterhalves, Jammy24, biblioteca privada, benteves, caedocyon
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 35 menções

Mostrando 1-5 de 64 (seguinte | mostrar todos)
"There's no way ya'll have been around for thousands of years without there being one person not fitting into the 'men are this, women are that' bullshit." (pp. 183-4)

Page 240: Yadriel's dad isn't a narcissist. And he's capable of change! I'm not even trans, and I could never be myself around relatives. I'm not a Stepford daughter/niece. ( )
  swigget | Feb 25, 2024 |
Competent, fluffy, forgettable YA fantasy. Whodunnit was obvious halfway through chapter 2, unfortunately. ( )
  caedocyon | Feb 21, 2024 |
In addition to caretaking their neighborhood cemetery in East L.A., Yadriel's extended family are also brujx. The brujas possess enhanced healing abilities, while the brujos' role is to assist the recently dead by releasing them from their tether to an earthly object. Yadriel, however, is trans, and his family is struggling with denial and acceptance, in particular with respect to what his role will be. In secret, inside the old church with the support of his cousin Maritza, Yadriel undergoes the ceremony to become a brujo, and to his joy (and relief), is accepted by Santa Muerte. There's just one snag: in the church they also discover the spirit of the recently murdered Julian Diaz. Now there are two secrets to keep.

I selected this title to fulfill the Read Harder category "a YA book by a trans author," but I approached it with skepticism, as I have never cared for magical realism. Despite my hesitance, I was hooked within the first three chapters and couldn't put it down. The characters felt genuine, and I came to care strongly about them. The writing is also quite wonderful. I have to say it was a very strange experience to have chanced to read this at the same time as Under the Whispering Door. The parallels are eerie and many. ( )
  ryner | Feb 15, 2024 |
This book gave me all of the warm spooky fall vibes I was looking for to start the fall season. After inhaling The Sunbearer Trials earlier this year, I can easily say the two books are tied in my heart. Cemetery Boys had a touching coming of age story mixed with a cast of characters that had be rooting for them on every page. The budding romance gave me all of the butterflies I wanted while a world was seemingly falling apart around them.

Will definitely be picking up any book by or recommended by Aiden Thomas! ( )
  Nlwilson607 | Jan 24, 2024 |
Cemetery Boys è un romanzo così carino che gli si perdona volentieri tutte le ingenuità tipiche dei libri di esordio. Da lettrice scafata ho capito abbastanza presto quale direzione avrebbe preso la storia (praticamente non appena Thomas mi ha presentato tutti i personaggi), ma non mi sono annoiata o infastidita di fronte alle descrizioni deboli (l’azione finale, per esempio, mi è sembrata un po’ confusa) e a un antagonista che ci viene sventolato davanti al naso fin dal principio.

Non mi sono infastidita perché le motivazioni dell’antagonista sono molto interessanti per il modo in cui aiutano a inquadrare il tema dell’accettazione all’interno del romanzo. Cosa vuol dire accettare la diversità di una persona? Qual è il modo giusto di farlo? Cosa significa per ognunǝ di noi essere accettatз? Qual è il limite oltre il quale cercare l’accettazione è sbagliato? Fin dove è giusto andare incontro alle perplessità altrui? L’importanza di essere accettatз ha a che fare con la possibilità di condividere l’affetto della famiglia o i privilegi di un gruppo sociale?

Thomas ha rifuggito una semplice contrapposizione tra persone queer e persone queerfobiche e ha reso le relazioni all’interno del romanzo molto più sfumate e interessanti. Spero anche più aderenti alla realtà, voglio sperare che la maggior parte delle famiglie non sia fatta da persone che vogliono buttare fuori di casa lз figliз trans, ma che sono solo disorientate e senza sapere bene come prendersi cura di loro al meglio. Ribadisco che con una maggiore padronanza del mestiere ne sarebbe uscito un romanzo migliore, ma direi che Thomas è un*autorǝ da tenere d’occhio.

Plauso alla Mondadori e alla traduttrice, Martina Del Romano, per aver mantenuto il genere neutro, come da scelta di Thomas, anche nell’italiano, grazie allo schwa e alla x, con una scelta ibrida per rimanere più fedele al modo in cui in spagnolo si è iniziato a rendere il neutro. Mi fa piacere vedere questo esperimento linguistico uscire dalle piccole CE specializzate. ( )
  lasiepedimore | Jan 18, 2024 |
Mostrando 1-5 de 64 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Aiden Thomasautor principaltodas as ediçõescalculado
Dresner, LizDesignerautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Lauderbaugh, MarsArtista da capaautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado

Prémios

Distinctions

Notable Lists

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
No me llores,
porque si lloras

yo peno,

en cambio si tu cantas

yo siempre vivo,

y nunca muero.

Don’t mourn me,

if you cry for me

I grieve your pain,

instead if you sing to me

I’ll always live,

and my spirit will never die.


“LA MARTINIANA,” A MEXICAN FOLK SONG
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Yadriel wasn’t technically trespassing because he’d lived in the cemetery his whole life.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Yadriel, a trans boy, summons the angry spirit of his high school's bad boy, and agrees to help him learn how he died, thereby proving himself a brujo, not a bruja, to his conservative family.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.15)
0.5 1
1 1
1.5
2 8
2.5 3
3 32
3.5 20
4 107
4.5 12
5 108

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 201,803,597 livros! | Barra de topo: Sempre visível