Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Travels in Hyperreality (Harvest Book) por…
A carregar...

Travels in Hyperreality (Harvest Book) (original 1984; edição 1990)

por Umberto Eco

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,954116,215 (3.5)13
Eco displays in these essays the same wit, learning, and lively intelligence that delighted readers of The Name of the Rose and Foucault’s Pendulum. His range is wide, and his insights are acute, frequently ironic, and often downright funny. Translated by William Weaver. A Helen and Kurt Wolff Book… (mais)
Membro:hawkmcgee
Título:Travels in Hyperreality (Harvest Book)
Autores:Umberto Eco
Informação:Harvest Books (1990), Paperback, 324 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Travels in Hyperreality por Umberto Eco (1984)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 13 menções

The first thing to say about this text, is that it is really a series of unrelated polemics, op-eds, musings and intellectual ponderings that would have done better to be separated out and sold in like collections, not shoved together and bound like spouses' unknown partners thrown together at a high school reunion.
I mention that first because whilst Eco does elude to the book being an eclectic mix, it is probably a little more eclectic and a little less cohesive than one might have hoped for. Perhaps this is testament to his versatility or perhaps it is testament to the greed of publishers - I assume the latter. I couldn't help but feel that the beginning of this book was a significantly less desirable attempt to cast the Euro-philosopher's eye Westward with rather dire results.

Perhaps the greatest charm of this work is the Italian philosopher's weltanschauung (as opposed to the French philosophers'). As per fashion, alcohol, car design and architecture, so philosophy presents itself differently in the mind. Eco seemed rather more human and witty at times, something Baudrillard could never be accused of, and this resonates a certain sympathetic tone in the reader's chest.

One very small downside to this text is just how dated it is, and whilst in purely philosophical terms that isn't a problem, in historical discourse it is. Clearly Eco was commenting on events fresh in the lives of late '60s, '70s Italians and that rather comes across like reading an old newspaper you found stuffed in the wall. The work then becomes something of a historical curiosity rather than a work of philosophy, which is a shame.

All in all 'Travels in Hyperreality' represents a noble spoke on the wheel of postmodernist discourse and theory and without it we would, no doubt be worse off. ( )
  064 | Feb 9, 2021 |
i liked the part about his blue jeans ( )
  stravinsky | Dec 28, 2020 |
> La Guerre du faux, de Umberto ECO (Grasset, 1985)
Se reporter à la critique de Francine BORDELEAU
In: (1986). Compte rendu de [Commentaires]. Nuit blanche, (23), p. 53… ; (en ligne),
URL : https://id.erudit.org/iderudit/20505ac
  Joop-le-philosophe | Aug 21, 2020 |
I thought that Eco might be something like buckminster fuller. Apart from referencing him- not so much. Seemed a bit pompous for me. But I'll keep it and read it again in three years and then if I still think he is pompous then I'll ditch it.

( )
  aegossman | Feb 25, 2015 |
I've read the portuguese translation of this book. Excellent, should be mandatory in all graduation courses. ( )
  georgeslacombe | Feb 24, 2014 |
Mostrando 1-5 de 11 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (24 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Umberto Ecoautor principaltodas as ediçõescalculated
Leefeldt, ChristineTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Weaver, WilliamTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Belongs to Publisher Series

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Two very beautiful naked girls are crouched facing each other.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The real hero is always a hero by mistake; he dreams of being an honest coward like everybody else.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (3)

Eco displays in these essays the same wit, learning, and lively intelligence that delighted readers of The Name of the Rose and Foucault’s Pendulum. His range is wide, and his insights are acute, frequently ironic, and often downright funny. Translated by William Weaver. A Helen and Kurt Wolff Book

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.5)
0.5 1
1 3
1.5
2 21
2.5 5
3 69
3.5 10
4 70
4.5 1
5 30

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,905,780 livros! | Barra de topo: Sempre visível