Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Ms Kim-Joyoung Born 1982 por Cho Nam-Joo
A carregar...

Ms Kim-Joyoung Born 1982 (edição 2020)

por Cho Nam-Joo (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3232260,824 (4.02)15
Kim Ji-young is an "ordinary woman" in her thirties, with a husband and daughter and a home in the suburbs. One day she begins to behave abnormally, and her concerned husband arranges for her to attend counseling sessions. The doctor's notes of their conversations with Ji-young reveal her experiences as an "ordinary woman" living with discrimination and sexism.… (mais)
Membro:terrigena
Título:Ms Kim-Joyoung Born 1982
Autores:Cho Nam-Joo (Autor)
Informação:Scribner UK (2020)
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:**
Etiquetas:Feminism, Discrimination, Exclusion, Violence, Gender equality, Sexual harassment

Pormenores da obra

Kim Jiyoung, Born 1982 por Cho Nam-Joo

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 15 menções

Inglês (19)  Francês (1)  Espanhol (1)  Holandês (1)  Todas as línguas (22)
Mostrando 1-5 de 22 (seguinte | mostrar todos)
This is a novella but it took me days to get through it bc I got into a visceral rage every time I read a few pages. Its merit is not in its writing but in its realistic, clinical chronicling of the habitual sexism smothering women in Korea from childhood to death. Everything in it is something my friends or I have experienced while living/working in Korea--from sexual harassment to blatant misogyny in a male-dominated workforce--and it reminds me why I decided a decade ago that pursuing a career in Korea was not going to be the best choice for me.

The response to this book is exactly what you'd expect (obtuse and indignant men throwing tantrums online). ( )
  jiyoungh | May 3, 2021 |
Spare, minimalist, and devastating. Every page was an exercise in empathetic frustration, anger, powerlessness, and not a whole lot of hope. I'm not surprised that this book launched a modern feminist movement in Korea. It is a nuclear bomb of ideas in less than 150 pages. ( )
  evano | Apr 24, 2021 |
"Jiyoung became different people from time to time. Some of them were living, others were dead, all of them women she knew. No matter how you looked at it, it wasn't a joke or a prank. Truly, flawlessly, completely, she became that person."

I am too close to this topic to think of anything smart to say about this book. It's matter-of-fact, concise, harrowing, frustrating, complex. It will make you (if you experience sexism) remember every time you've faced injustice, every time you've felt tiny and powerless in a world ruled by men.

I thought this story was beautifully told. The citations supporting facts made the whole thing that much more visceral. The clinical nature of the writing, the last few pages, the palpable futility. This should be required reading for men. ( )
  MiraMacNeill | Apr 20, 2021 |
«Ni siquiera yo sé si me casaré o si tendré hijos. O puede que me muera antes. ¿Por qué tengo que renunciar a lo que quiero ser o hacer por un futuro que no sé si llegará o no?»
Esta novela ha pasado de ser la breve historia de una joven coreana a convertirse en un terremoto que ha sacudido a las mujeres de medio mundo. Kim Ji-young (que lleva el nombre más común entre las mujeres coreanas nacidas en 1982) es aparentemente una mujer como cualquier otra, con una juventud sin pena ni gloria, siempre a la sombra. Todo se retuerce cuando, de repente, Kim empieza a hablar con las voces de su madre, de una amiga desaparecida, de otras muchas mujeres. Lo que parecía una broma adquiere el tono de una respuesta, de una insurrección y, para los demás, el tono de una enfermedad.
Este libro ha sido una embestida para el panorama literario de todos los países en los que se ha publicado. Bajo su aparente sencillez, hay una sensación de peligro que palpita a lo largo de todas sus páginas y que ha abierto una grieta en los estándares de la literatura contemporánea. ( )
  BibliotecaUNED | Apr 15, 2021 |
Best thing I’ve read in a long time. A very important book. ( )
  ramrak | Mar 7, 2021 |
Mostrando 1-5 de 22 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Cho Nam-Jooautor principaltodas as ediçõescalculated
Bisiou, PierreTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chang, JamieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Choi, KyungranTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Kim Jiyoung is thirty-three years old, or thirty-four in Korean age.
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Kim Ji-young is an "ordinary woman" in her thirties, with a husband and daughter and a home in the suburbs. One day she begins to behave abnormally, and her concerned husband arranges for her to attend counseling sessions. The doctor's notes of their conversations with Ji-young reveal her experiences as an "ordinary woman" living with discrimination and sexism.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.02)
0.5
1
1.5
2 6
2.5 1
3 10
3.5 4
4 31
4.5 4
5 25

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,713,257 livros! | Barra de topo: Sempre visível