Página InicialGruposDiscussãoExplorarZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
SantaThing signup ends Monday at 12pm Eastern US. Check it out!
dispensar
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Beowulf: A New Verse Translation (Bilingual…
A carregar...

Beowulf: A New Verse Translation (Bilingual Edition) (edição 2001)

por Seamus Heaney (Tradutor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
20,737298138 (3.81)2 / 802
Beowulf first rescues the royal house of Denmark from two marauding monsters, then returns to rule his people for 50 years, ultimately losing his life in a battle to defend the Geats from a dragon's rampage.
Membro:DavinciDreams
Título:Beowulf: A New Verse Translation (Bilingual Edition)
Autores:Seamus Heaney (Tradutor)
Informação:W. W. Norton & Company (2001), Edition: 1st, 256 pages
Colecções:Echerdex, A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:to-read

Informação Sobre a Obra

Beowulf por Beowulf Poet

  1. 234
    Grendel por John Gardner (lyzadanger, sweetandsyko, sturlington)
    lyzadanger: Stunning prose from the point of view of the monster.
    sturlington: Grendel is a retelling of Beowulf from the monster's pov.
  2. 150
    The Iliad por Homer (benmartin79)
  3. 142
    Sir Gawain and the Green Knight por Gawain Poet (OwenGriffiths, chrisharpe)
    OwenGriffiths: If you like Old/Middle English texts translated by great poets...
  4. 144
    The Hobbit por J. R. R. Tolkien (benmartin79)
  5. 101
    Nibelungenlied por Anonymous (Weasel524)
    Weasel524: Embodies and champions the same spirit/ideals commonly shared by norse mythology, scandanavian sagas, and northern germanic folklore. Significantly longer and different in structure, should that be of concern
  6. 101
    The Icelandic Sagas por Magnus Magnusson (BGP)
  7. 102
    Eaters of the Dead por Michael Crichton (PaulRackleff)
    PaulRackleff: Michael Crichton had written "Eaters of the Dead" as a means to show Beowulf's story value. The character names and plot line are very similar. Though Crichton changed some elements to make it more interesting than just a copy of Beowulf.
  8. 82
    Sir Gawain and the Green Knight / Pearl / Cleanness / Patience por A. C. Cawley (OwenGriffiths)
  9. 71
    The Táin por Táin author (BGP)
  10. 61
    The Sagas of Icelanders por Örnólfur Thorsson (chrisharpe)
  11. 40
    The First Poems in English (Penguin Classics) por Michael Alexander (octothorp)
  12. 74
    Fragile Things: Short Fictions and Wonders por Neil Gaiman (moonstormer)
    moonstormer: the short story in Fragile Things - Monarch of the Glen - is very related to Beowulf and could be seen as an interesting commentary.
  13. 31
    The Mere Wife por Maria Dahvana Headley (Cecrow)
  14. 14
    Opened Ground: Poems 1966–1996 por Seamus Heaney (JessamyJane)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Inglês (286)  Sueco (2)  Francês (2)  Holandês (2)  Tagalo (1)  Espanhol (1)  Finlandês (1)  Todas as línguas (295)
Mostrando 1-5 de 295 (seguinte | mostrar todos)
So probably 4.5 out of 5 stars. Billed as a “new translation” but is really a re-imagined telling as Headley take liberties and adds elements (as discussed in other published reviews) not in the original text.
But a bold and edgy retelling.
I like her starting point of an old guy at the end of the bar (I see Sam Elliot as The Stranger from The Big Lebowski) regaling others with his tale; but I don’t see such a cowboy adding feminist elements to his retelling.
And wow - such reactions- from one end of the spectrum castigating her from departing so far from the original text to the other end that this was just another White-retelling, culturally appropriating, transphobic, TERF-deaf work.
And though I thoroughly enjoy more traditional interpretations, I liked what Headley did here (though I wished at times she’d found some other substitutes for “Bro” {Man, Hey, even Dude} but recognize she was inserting this where “Hwaet” was used in the original text) ( )
  jimgosailing | Nov 18, 2021 |
Listened to audio book in July 2020 and rated that a 3.5, maybe 3.75 rating. It was a different translation than Heaney (but can’t seem to find that translation on Goodreads...) and it was read by, well, he sounded more like a radio announcer. (And, ugh, “Ge-ats”. Really? Never heard it pronounced that way)

I listened hoping that that mode would be more in keeping with oral tradition. And I wanted to hear this having read LOTR multiple times. And was not disappointed to hear roots of Tolkien here.

So maybe onto Heaney’s translation. Or maybe Tolkien’s. Or maybe John Gardner’s Grendel which I’d first read decades ago.

Libby

Update: April 2021. Read Heaney translation while listening to him read it (except audio book as abridged- really? Not like it’s a long work). Nothing better than hearing an Irishman read poetry.

This was wonderful and worth 5 stars. Heaney’s version is highly accessible. And I love his preface discussion of word choices, especially the opening word.

Am taking a JHU course on Beowulf which is ranging from Tacitus’s 2nd century writings to the discovery at Sutton Hoo. And looking at other writings, including Crichton’s Eaters of the Dead and Gardner’s Grendel.

Now on Headley’s translation (and her The Mere Wife), and then Tolkien’s and the his Monster and the Critics. ( )
  jimgosailing | Nov 18, 2021 |
Everyone raves about Seamus Heaney's translation of Beowulf and I have to wonder, is it just the translation or could the accompanying gorgeous illustrations and photography have something to do with it? Everyone knows the story of Beowulf the mighty warrior from an English lit class. As a poem, it is the courageous story of a man who learns of a King's annual nightmare. A monster named Grendel destroys fifteen knights a year without fail and has been doing so for the past twelve years. Beowulf, upon hearing this sad tale, takes it upon himself to vanquish Grendel only to face Grendel's vengeful mother. Yeah, he kills her, too. Then there's the fire-breathing dragon (think Bilbo Baggins) who tragically wins over Beowulf. In truth, I had forgotten the graphic violence of men being mauled by the monster Grendel. The clash is pretty dramatic. It would make a great movie. Wait. Knowing my knowledge of movies...it probably is. ( )
  SeriousGrace | Nov 18, 2021 |
Heaney is a poet I admire and enjoy in small doses rather than inhale, but his Beowulf is unputdownable. His feel for the texture, tenor and tempo of the Anglo Saxon is just spot-on, and reading this I noticed the correspondences with his own poetry, like that weighty, measured pacing, and the way his images unfold gradually. As a bonus he throws in a handful of Ulster dialect words like "bawn" (castle/fort/hall) and "graith" (gear, equipment) which feel totally apt and give a sense of the original's otherness. Overall the impression is of a great poet in his element.

As for Beowulf itself, it's a simple tale, isn't it? Boy meets monster, boy grapples monster, boy meet's monster's mom... I'd forgotten that Grendel, along with all trolls and their ilk, is asserted by the poet to be the offspring of Cain. I'd also forgotten all about the climactic battle with the dragon, which is described much more clearly than are Grendel or his mother, and conforms (unsurprisingly given the intermediation of Tolkien) near-identically with the traditional fantasy image of the fire-breathing, treasure-hoarding, poison-breathing, winged serpent. ( )
  yarb | Nov 12, 2021 |
After reading The Mere Wife, of course I had to go back and read Beowulf! I originally read most of it in high school, though I'm pretty sure we left out the digressions. I can still remember the way Ms. Philbin said "Grendel's mother!" and I actually still have her drawing of Grendel in my scrapbook of things-that-used-to-hang-on-my-walls.

It was interesting to have the old English and the modern side by side, as I was occasionally able to pick out words that seemed almost identical to what they are today, or spot similarities. I was annoyed, however, by Heaney's decision to use some of his family's old Celtic words in the text--wasn't the whole point of the translation to make this epic accessible to a modern audience?

Anyway, I couldn't flag passages because this was a library book, so no quote roundup this time. Though I do remember that the phrase "bone-house" was used several times to, it seemed to me, refer to the body, or at least the rib cage. I absolutely love the imagery, so it stuck!

And now back to The Mere Wife for my second reading! ( )
  books-n-pickles | Oct 29, 2021 |
Mostrando 1-5 de 295 (seguinte | mostrar todos)
At the beginning of the new millennium, one of the surprise successes of the publishing season is a 1,000-year-old masterpiece. The book is ''Beowulf,'' Seamus Heaney's modern English translation of the Anglo-Saxon epic, which was created sometime between the 7th and the 10th centuries.
adicionada por danielx | editarNew York Times, Mel Gussow (Mar 29, 2000)
 
Translation is not mainly the work of preserving the hearth -- a necessary task performed by scholarship -- but of letting a fire burn in it.
adicionada por danielx | editarNew York Times, Richard Eder (Feb 2, 2000)
 

» Adicionar outros autores (90 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Beowulf Poetautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bolton, W. F.Editorautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Wrenn, C.L.Editorautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Alexander, Michael J.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Anderson, Sarah M.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Baskin, LeonardIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Botkine, L.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brunetti, GiuseppeEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chickering, Howell D.Translation and Introductionautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Clark-Hall, John RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Collinder, BjörnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Crossley Holland, KevinTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dean, RobertsonNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Donaldson, E. T.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Earle, JohnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ettmüller, Ernst Moritz LudwigTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Flynn, BenedictTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gordon, Robert KayTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grein, Christian Wilhelm MichaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grion, GiustoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grundtvig, Nicolas Frederic SeverinTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guidall, GeorgeNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gummere, Francis BartonTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hall, John LesslieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Headley, Maria DahvanaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Heaney, SeamusIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Heaney, SeamusNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Heaney, SeamusTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hoffmann, P.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hube, Hans-JürgenTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kemble, John M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kirtlan, Ernest J. B.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lawrence, FredericIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lehmann, Ruth P. M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lehnert, MartinEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leonard, William ElleryTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lumsden, H. W.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Magnusson, MagnusIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
McNamara, JohnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Meyer, ThomasTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mitchell, StephenTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Morris, WilliamTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pekonen, OsmoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Raffel, BurtonTranslation and Introductionautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roberts, SueProducerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schaldemose, FrederikTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Simons, L.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Simrock, KarlTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Steineck, H.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Swanton, MichaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thorne, BeccaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tinker, Chauncey BrewsterTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wackerbarth, A. DiedrichTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ward, LyndIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ward, LyndIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wickberg, RudolfTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
William Ellery LeonardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wolpe, BertholdArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wolzogen, Hans vonTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wright, DavidTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wyatt, A. J.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É recontada em

Tem a adaptação

É resumida em

Inspirada

Tem como guia de referência/texto acompanhante

Tem como estudo

Tem um comentário sobre o texto

Tem como concordância

Tem um guia de estudo para estudantes

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In memory of Ted Hughes

Seamus Heaney (1999)
For Brian and Blake

Burton Raffel (1963)
In memory of Joseph and Winifred Alexander

Michael Alexander (1973)
For Grimoire William Gwenllian Headley,
who gestated alongside this book,
changing the way I thought about love, bloodfeuds,
woman-warriors, and wyrd.

Maria Dahvana Headley (2020)
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Hwæt we gardena in geardagum þeodcyninga þrym gefrunon, hu ða æþelingas ellen fremedon.
Bro! Tell me we still know how to speak of kings! In the old days,
everyone knew what men were: brave, bold, glory-bound.

(translated by Maria Dahvana Headley, 2020)
Of the strength of the Spear-Danes in days gone by we have heard, and of their hero-kings: the prodigious deeds those princes perfomed!

(translated by Stephen Mitchell, 2017)
So. The Spear-Danes in days gone by
and the kings who ruled them had courage and greatness.
We have heard of those princes' heroic campaigns.

(translated by Seamus Heaney, 1999)
Hear me! We've heard of Danish heroes,
Ancient kings and the glory they cut
For themselves, swinging mighty swords!

(translated by Burton Raffel, 1963)
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This work is any complete, unabridged translation of Beowulf. The Seamus Heaney translation is not a separate work from the other complete, unabridged translations. To quote the FAQ on combining - "A work brings together all different copies of a book, regardless of edition, title variation, or language."

Based on currently accepted LibraryThing convention, the Norton Critical Edition is treated as a separate work, ostensibly due to the extensive additional, original material included.
Reserve this for dual-language texts (Anglo-Saxon and modern English) regardless of translator.
This is an unabridged translation of Beowulf, and should NOT be combined with abridged editions, regardless of translator.
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC
Beowulf first rescues the royal house of Denmark from two marauding monsters, then returns to rule his people for 50 years, ultimately losing his life in a battle to defend the Geats from a dragon's rampage.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.81)
0.5 7
1 87
1.5 18
2 241
2.5 42
3 830
3.5 135
4 1205
4.5 148
5 990

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

W.W. Norton

2 edições deste livro foram publicadas por W.W. Norton.

Edições: 0393320979, 0393330109

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0140449310, 0451530969, 0141194871

University of Texas Press

Uma edição deste livro foi publicada pela University of Texas Press.

» Página Web de informação sobre a editora

Tantor Media

Uma edição deste livro foi publicada pela Tantor Media.

» Página Web de informação sobre a editora

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 164,343,383 livros! | Barra de topo: Sempre visível