Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Gender Trouble: Feminism and the Subversion…
A carregar...

Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity (original 1990; edição 2006)

por Judith Butler

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
2,590184,177 (3.84)16
Since its publication in 1990, Gender Troublehas become one of the key works of contemporary feminist theory, and an essential work for anyone interested in the study of gender, queer theory, or the politics of sexuality in culture.
Membro:hansel714
Título:Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity
Autores:Judith Butler
Informação:Routledge (2006), Paperback, 236 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:****
Etiquetas:criticism, gay

Pormenores da obra

Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity (Routledge Classics) por Judith Butler (1990)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 16 menções

Inglês (15)  Espanhol (2)  Alemão (1)  Todas as línguas (18)
Mostrando 1-5 de 18 (seguinte | mostrar todos)
...what?

The only reason this gets two stars instead of one is that, from what I've gathered, the premise of this book is interesting and I appreciate how she destabilizes gender/sex identities. But I only know that because of reading about it online. Nothing in the book is coherent or readable enough for me to gather what the author is arguing.

And I'm not totally new to reading theory. I can usually re-read or take notes and generally figure out what's being said. Not here. ( )
  100sheets | Jun 7, 2021 |
El género en disputa, obra fundadora de la llamada teoría queer y a la vez emblemática de los estudios de género Cómo se conocen hoy en día, es un volumen indispensable para comprender la teoría feminista actual: constituye una lúcida crítica la idea esencialista dejé las identidades de género son inmutables encuentran su arraigo en la naturaleza, en el cuerpo o en una heterosexualidad normativa y obligatoria. Libro interdisciplinario que se inscribe simultáneamente en la filosofía, la antropología, la teoría literaria y el psicoanálisis, este texto es deudor de un prolongado acercamiento del autor al feminismo teórico, a los debates sobre el carácter socialmente construido del género, al psicoanálisis, a los estudios Pioneros sobre el travestismo, y también a su activa participación en movimientos Defensores de la diversidad sexual. así, con un pie en la academia y otro en la militancia, apoyada de la lectura de autores como Jacques Lacan, Sigmund Freud, Simone de beauvoir, Claude Levi-Strauss, Luce Irigaray, Julia kristeva, Monique Wittiig, y Michael Foucault, Butler ofrece aquí una teoría original, polémica y desde luego subversiva, responsable ella misma de más de una disputa.
  ckepfer | Dec 27, 2020 |
Judith Butler es una de las feministas de referencia en el panorama filosófico actual y El género en disputa es un texto indispensable para el movimiento feminista. El género en disputa, obra fundadora de la llamada teoría queer y emblema de los estudios de género como se conocen hoy en día, es un volumen indispensable para comprender la teoría feminista actual: constituye una lúcida crítica a la idea esencialista de que las identidades de género son inmutables y encuentran su arraigo en la naturaleza, en el cuerpo o en una heterosexualidad normativa y obligatoria. Libro interdisciplinario que se inscribe simultáneamente en la filosofía, la antropología, la teoría literaria y el psicoanálisis, este texto es deudor de un prolongado acercamiento de la autora al feminismo teórico, a los debates sobre el carácter socialmente construido del género, al psicoanálisis, a los estudios pioneros sobre el travestismo, y también a su activa participación en movimientos defensores de la diversidad sexual. Así, con un pie en la academia y otro en la militancia, apoyada en su lectura de autores como Jacques Lacan, Sigmund Freud, Simone de Beauvoir, Claude Lévi-Strauss, Luce Irigaray, Julia Kristeva, Monique Wittig y Michel Foucault, Butler ofrece aquí una teoría original, polémica y desde luego subversiva, responsable ella misma de más de una disputa.
  MaEugenia | Aug 20, 2020 |
It's hard to know exactly what to say about this, because I very much like some of the ideas here but feel like they're obscured by a lot of other ~~stuff~~ that I didn't find nearly as enlightening. At this point, I really need to admit that I have an enormous bias against psychoanalysis, which much of this book engages with, and that has definitely influenced how I feel about it. That said, I think that it's at the points where Butler stops discussing other theorists' work and starts positing her own ideas that this book really becomes useful and important.
  Tara_Calaby | Jun 22, 2020 |
her dunk on Lacan is very chill
  theodoram | Apr 7, 2020 |
Mostrando 1-5 de 18 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (30 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Judith Butlerautor principaltodas as ediçõescalculated
Ābola, DitaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Quintas, NunoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Belongs to Publisher Series

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em russo. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For the most part, feminist theory has assumed that there is some existing identity, understood through the category of women, who not only initiates feminist interests and goals within discourse, but constitutes the subject for whom political representation is pursued.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Since its publication in 1990, Gender Troublehas become one of the key works of contemporary feminist theory, and an essential work for anyone interested in the study of gender, queer theory, or the politics of sexuality in culture.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.84)
0.5
1 6
1.5
2 16
2.5 2
3 44
3.5 8
4 76
4.5 4
5 63

GenreThing

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 159,177,840 livros! | Barra de topo: Sempre visível