Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Nexus (1960)

por Henry Miller

Outros autores: Ver a secção outros autores.

Séries: The Rosy Crucifixion (3)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
987821,290 (4.09)12
Nexus, the last book of Henry Miller's epic trilogy The Rosy Crucifixion, is widely considered to be one of the landmarks of American fiction. In it, Miller vividly recalls his many years as a down-and-out writer in New York City, his friends, mistresses, and the unusual circumstances of his eventful life.… (mais)
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 12 menções

Mostrando 1-5 de 8 (seguinte | mostrar todos)
This novel comes blurbed as an account of Miller's education and emergence as a writer, and that theme does indeed come to the fore in the last third of the book. His prose poems on what goes through a novelist's head as he writes are fascinating and the quality of the prose poems he uses to fill us in always magnificent. The first part of the book, though, is a bird of another feather. It actually has a plot, of sorts, and the plot centers around his kaleidoscopic relationship with his wife and her dippy girlfriend. I enjoyed his mastery of the language every bit as much as he tells this story, and there was frequent hilarity--always an underappreciated aspect of Miller's writing. I suspect that most readers might find this segment of the book a touch more engaging than the slightly abstruse final part, however brilliant the writing remains. ( )
  Big_Bang_Gorilla | Oct 4, 2021 |
Nexus es la tercera parte, tras Sexus y Plexus, esta novela recrea mediante flashbacks la infancia del genial escritor, y, desde el presente narrativo, su abandono contra viento y marea de toda otra ocupación que no sea la escritura, librándose para ello de cualquier atadura con las convenciones, las rutinas o los supuestos deberes. Atrapado en un empleo insatisfactorio que finalmente decide abandonar, su lucha denodada por conseguir publicar su obra se convierte en una obsesión, que las dificultades de todo tipo (económicas, afectivas, sexuales) van contrapunteando con notas a veces humorísticas.

El espacio que se concede a la reflexión sobre literatura, sobre el funcionamiento de la sociedad capitalista y sobre el componente espiritual del hombre acrecientan el interés de una novela intensa y de un ritmo arrebatador.
  ArchivoPietro | Oct 26, 2020 |
Dreams of dog collars. ( )
  jonfaith | Feb 22, 2019 |
I can't remember ever reading a book of essays before that made me want to date the author. Ok, Jeanette Winterson maybe. But what Gilb has done here feels very rare. These essays are smart without ever becoming egotistical. They are full of love but never sentimental. They are deeply observant without ever becoming cynical. Gilb's essay about traveling in Mexico, "Blue Eyes, Brown Eyes," reminds me of Paul Theroux, but better, because Gilb highlights human frailty without ever becoming mean. "Vaya Con Dios: Rosendo Juarez" is just amazing--a mini lesson on systemic racism but told so disarmingly that its effect is all the more devastating. Then segue into a sympathetic look at the "sport" of cock fighting--details about the culture and the practice that I never would have otherwise known. Gilb has a lightness of touch that reminds me of Sherman Alexie but Gilb never descends into folksy self deprecation. I was very happy to spend time with this author and I'll look forward to reading his fiction. ( )
  poingu | Jan 23, 2016 |
ES la cosa mas rara pero , desde que empece a leer literatura con sexo explicito (empezando con DH Lawrence a los catorce años) , siempre mi idolo fue Henry MIller .

--Siempre me gusto mas Miller que Anais -

ESto es mucho mas que su reputacion ; no es solo erotismo explicito , va mas alla de su fama . ( )
  LaMala | Jun 7, 2015 |
Mostrando 1-5 de 8 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (5 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Henry Millerautor principaltodas as ediçõescalculado
Wagenseil, KurtTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Woof!
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Nexus, the last book of Henry Miller's epic trilogy The Rosy Crucifixion, is widely considered to be one of the landmarks of American fiction. In it, Miller vividly recalls his many years as a down-and-out writer in New York City, his friends, mistresses, and the unusual circumstances of his eventful life.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.09)
0.5
1 1
1.5
2 5
2.5 3
3 26
3.5 1
4 51
4.5 8
5 53

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 206,319,731 livros! | Barra de topo: Sempre visível