Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Psychology of the Unconscious: a Study of…
A carregar...

Psychology of the Unconscious: a Study of the Transformations and… (edição 1916)

por C. G Jung

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
229Nenhum(a)87,898 (4.22)3
In this, his most famous and influential work, Carl Jung made a dramatic break from the psychoanalytic tradition established by his mentor, Sigmund Freud. Rather than focusing on psychopathology and its symptoms, the Swiss psychiatrist studied dreams, mythology, and literature to define the universal patterns of the psyche. In Psychology of the Unconscious, Jung seeks a symbolic meaning and purpose behind a given set of symptoms, placing them within the larger context of the psyche. The 1912 text examines the fantasies of a patient whose poetic and vivid mental images helped Jung redefine libido as psychic energy, arising from the unconscious and manifesting itself consciously in symbolic form. Jung's commentary on his patient's fantasies offers a complex study of symbolic psychiatry and foreshadows his development of the theory of collective unconscious and its constituents, the archetypes. The author's role in the development of analytical psychology, a therapeutic process that promotes creativity and psychological development, makes this landmark in psychoanalytic methodology required reading for students and others interested in the practice and process of psychology.… (mais)
Membro:alsweeney
Título:Psychology of the Unconscious: a Study of the Transformations and Symbolisms of the Libido
Autores:C. G Jung
Informação:Dodd, Mead and Co (1916), Unknown Binding
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Psychology of the Unconscious por C. G. Jung

Nenhum(a).

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 3 menções

Sem críticas
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

In this, his most famous and influential work, Carl Jung made a dramatic break from the psychoanalytic tradition established by his mentor, Sigmund Freud. Rather than focusing on psychopathology and its symptoms, the Swiss psychiatrist studied dreams, mythology, and literature to define the universal patterns of the psyche. In Psychology of the Unconscious, Jung seeks a symbolic meaning and purpose behind a given set of symptoms, placing them within the larger context of the psyche. The 1912 text examines the fantasies of a patient whose poetic and vivid mental images helped Jung redefine libido as psychic energy, arising from the unconscious and manifesting itself consciously in symbolic form. Jung's commentary on his patient's fantasies offers a complex study of symbolic psychiatry and foreshadows his development of the theory of collective unconscious and its constituents, the archetypes. The author's role in the development of analytical psychology, a therapeutic process that promotes creativity and psychological development, makes this landmark in psychoanalytic methodology required reading for students and others interested in the practice and process of psychology.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.22)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 2
3.5
4 3
4.5
5 4

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 155,577,766 livros! | Barra de topo: Sempre visível