Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A Thousand Splendid Suns por Khaled Hosseini
A carregar...

A Thousand Splendid Suns (original 2007; edição 2007)

por Khaled Hosseini

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
26,71083885 (4.27)759
Two women born a generation apart witness the destruction of their home and family in war-torn Kabul, losses incurred over the course of thirty years that test the limits of their strength and courage.
Membro:diovival
Título:A Thousand Splendid Suns
Autores:Khaled Hosseini
Informação:Riverhead (2007), Hardcover, 372 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:****
Etiquetas:library-books, family-sagas, asia, grimport

Pormenores da obra

Mil sois resplandecentes por Khaled Hosseini (2007)

  1. 360
    The Kite Runner por Khaled Hosseini (susonagger)
  2. 140
    Angela's Ashes por Frank McCourt (readerbabe1984)
  3. 91
    Reading Lolita in Tehran: A Memoir in Books por Azar Nafisi (readerbabe1984)
  4. 80
    The God of Small Things por Arundhati Roy (readerbabe1984)
  5. 51
    A Fine Balance por Rohinton Mistry (TeeKay)
  6. 20
    The Swallows of Kabul por Yasmina Khadra (elbakerone)
  7. 31
    Persepolis: The Story of a Childhood por Marjane Satrapi (Eustrabirbeonne)
  8. 20
    A Thousand Veils por D. J. Murphy (KnowWhatILike)
    KnowWhatILike: Both A Thousand Veils, situated in Iraq, and A Thousand Splendid Suns, situated in Afghanistan, are the stories of Muslim women who try to confront the repressive environments in their countries and who are persecuted as a result.
  9. 10
    The House of the Mosque por Kader Abdolah (sanddancer)
  10. 10
    A Fort of Nine Towers: An Afghan Family Story por Qais Akbar Omar (crislee123)
  11. 10
    A Golden Age por Tahmima Anam (BookshelfMonstrosity)
  12. 10
    The Pearl That Broke Its Shell por Nadia Hashimi (Headinherbooks_27)
  13. 10
    In Other Rooms, Other Wonders por Daniyal Mueenuddin (meggyweg)
  14. 10
    Rooftops of Tehran por Mahbod Seraji (BookLizard)
    BookLizard: A beautiful coming of age story set in Tehran during the 1970s. Pasha spends one unforgettable summer playing football (soccer) with the kids in the alley, talking politics and philosophy with his best friend Ahmed, and falling in love with his beautiful neighbor, a girl promised in marriage to Pasha's friend and mentor.… (mais)
  15. 11
    Chika Unigwe: Short Stories por Chika Unigwe (WorldreaderBCN)
  16. 11
    The Patience Stone por Atiq Rahimi (teresasadurni)
  17. 00
    Beneath a Marble Sky por John Shors (silva_44)
  18. 00
    Wanting Mor por Rukhsana Khan (meggyweg)
  19. 00
    Small Kingdoms por Anastasia Hobbet (clamairy)
  20. 01
    Moloka'i por Alan Brennert (andress)

(ver todas as 23 recomendações)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 759 menções

Inglês (737)  Holandês (29)  Espanhol (21)  Sueco (8)  Dinamarquês (7)  Italiano (7)  Francês (7)  Catalão (5)  Alemão (5)  Finlandês (5)  Norueguês (4)  Português (1)  Português (Brasil) (1)  Todas as línguas (837)
Mostrando 1-5 de 837 (seguinte | mostrar todos)
I don't want to read any more books by Khaled Husseini ever again. Don't get me wrong--I loved A Thousand Splendid Suns, but the problem is that his books are depressing and emotionally draining.

Following in the same vein as The Kite Runner, this book follows Afghan characters whose lives are hellish, horrifying, and hideously brutal, to say the least. The two main characters, Laila and Mariam, are written very well and have emotional depth that I felt was greater than that present in Husseini's previous book.

Afghanistan becomes a character itself, complete with attitude and personality. Herat and Kabul are detailed quite well, and Husseini adds a sort of charm to these places. There's a certain nostalgic tone when he talks about the cities and the places. Kabul takes on an almost reverential tone. It's beautiful yet ravaged, calm yet cruel, historical yet horrifying--you get the idea. Husseini's love for Afghanistan comes through quite clearly in his text, making it that much more interesting to read.

Then the cities take on a brutal aspect brought about through human cruelty and persecution. The Taliban are drawn very well; their evil nature comes through even more clearly and sharply here than in Kite Runner. Unlike Kite Runner, however, I felt the villain this time had more depth. Rasheed, the main antagonist, is clearly a disgusting specimen of a human being, yet his love for his son shines through and offers him at least one redeeming factor.

It was a great read, but as I said before, I'm not reading any more books by Husseini. This book left me emotionally drained. The situations the characters were put through were soul-crushing, and I don't think I can take it any more. Husseini is a brilliant storyteller; nonetheless, I simply don't want to put myself through the torture that is Taliban-era Afghanistan again. I don't think I could handle it. ( )
  bdgamer | Sep 10, 2021 |
This is a very interesting story. It made me cry at times and smile at others. But there are scenes that I simply cannot forget, they keep on playing in my mind's memory.
This book shows you that no matter how much you think your life is bad, it is still better than the life of many others. It also teaches you that even in the darkest of times, if you pay attention and look carefully, you will definitely see light, and you will find people who are offering to help...
I hope you will enjoy this amazing story as much as I did... ( )
  Douna1980 | Sep 3, 2021 |
The ending almost brought me to tears. Another masterpiece after THE KITE RUNNER. ( )
  abhijeetkumar | Aug 22, 2021 |
An intense and brutal story that weaves through the macabre turbulence of Afghanistan post revolution. This book was difficult to read at times due to the extreme violence and bloodshed. An important parable that serves as a warning against fundamental theocratic insurgencies, especially through the eyes of woman. ( )
  echinops | Aug 18, 2021 |
In this book Hosseini, born 1965 in Kabul, growing up in Teheran and Paris, since 1980 living in the U.S., follows the lives of two Afghani women from the time the Soviet army withdrew (1988-89), the ensuing civil war between mujahideen fractions, the emergence of the Taliban and the U.S. invasion.
He writes from a female point-of-view, quite successfully as far as I can judge. It is a gripping story, which I found difficult to put aside. Now, as the U.S. army has withdrawn after 20 years of war and the resurgence of the Taliban, I am left wondering what the future will bring for Afghani women. (VII-21) ( )
  MeisterPfriem | Aug 2, 2021 |
Mostrando 1-5 de 837 (seguinte | mostrar todos)
Hosseini doesn’t seem entirely comfortable writing about the inner lives of women and often resorts to stock phrases. Yet Hosseini succeeds in carrying readers along because he understands the power of emotion as few other popular writers do.
adicionada por SqueakyChu | editarThe New York Times, Lisa See (Jun 3, 2007)
 
Anyone whose heart strings were pulled by Khaled Hosseini's first, hugely successful novel, The Kite Runner, should be more than satisfied with this follow-up. Hosseini is skilled at telling a certain kind of story, in which events that may seem unbearable - violence, misery and abuse - are made readable.
adicionada por mikeg2 | editarThe Guardian, Natasha Walter (May 19, 2007)
 
Vi følger to afghanske kvinners liv gjennom tre tiår med krig og Talibans tyranni. Mariam er en harami ­– uekte datter av en rik forretningsmann. Laila en oppvakt og moderne jente fra Kabul.

Gjennom skjebnens luner forenes deres veier, og de blir allierte i kamp mot en brutal ektemann og et krigersk, kvinneundertrykkende samfunn.

Hosseini gir en brutal, men nyansert beskrivelse av den patriarkalske despotismen som gjør kvinner avhengige av fedre, ektemenn og sønner. Men tross all sorg og urettferdighet, vold og fattigdom, mord og henrettelser, løfter Hosseini og hans kvinnelige hovedpersoner leseren med seg videre og nekter oss å gi opp håpet.

"Nok en kunstnerisk triumf og garantert bestselger fra denne fryktløse forfatteren."
Kirkus Review

"I tilfelle du skulle lure på om Khaled Hosseinis Tusen strålende soler er like god som Drageløperen er svaret: Nei. Den er bedre."
Washington Post

"En uimotståelig beretning."
NRK Kulturnytt
 

» Adicionar outros autores (19 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Hosseini, Khaledautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bourgeois, ValérieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Caspersen, Alis FriisTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Divjak, DarjaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Elazar, ZilaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hansen, WTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jęczmyk, AnnaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kāẓimī, BītāTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kokkinou, VasilikēTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kovačić, MarkoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Li, JingyiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lizarazu, Josune ZuzuarreguiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Madureira, ManuelaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mēnōn, RamāTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Middelthon, Elisabet W.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moral Bartolomé, GemaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nguyễn, Thị Hương ThảoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nilsson, JohanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nugrahani, BerlianiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Özgören, PürenTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pajvančić, NikolaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pradhāna, MadhukarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Purić, MirzahTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rouanet, Maria HelenaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Salīm, QaiṣarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Savikurki, KristiinaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Šenkyřík, LadislavTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sokolova, Sergei︠a︡Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tsuchiya, MasaoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vaj, IsabellaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vuelta, María PardoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wang, Ŭn-ch'ŏlTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Windgassen, MichaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This book is dedicated to Haris and Farah, both the noor of my eyes, and to the women of Afghanistan.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Mariam was five years old the first time she heard the word harami.
[Afterword] For almost three decades now, the Afghan refugee crisis has been one of the most severe around the globe.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nobody could count the moons that shined on her roofs,
or the thousand splendid suns that hid behind her walls
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

Two women born a generation apart witness the destruction of their home and family in war-torn Kabul, losses incurred over the course of thirty years that test the limits of their strength and courage.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.27)
0.5 2
1 53
1.5 6
2 159
2.5 48
3 810
3.5 246
4 2618
4.5 471
5 3406

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 162,154,542 livros! | Barra de topo: Sempre visível