Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Les Liaisons Dangereuses (1782)

por Pierre Choderlos de Laclos

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
5,596741,371 (4.11)1 / 348
The complex moral ambiguities of seduction and revenge make Les Liaisons dangereuses (1782) one of the most scandalous and controversial novels in European literature. Its prime movers, the Vicomte de Valmont and the Marquise de Merteuil--gifted, wealth, and bored--form an unholy alliance and turn seduction into a game. And they play this game with such wit and style that it is impossible not to admire them, until they discover mysterious rules that they cannot understand. In the ensuing battle there can be no winners, and the innocent suffer with the guilty. This new translation gives Laclos a modern voice, and readers will be able to judge whether the novel is as "diabolical" and "infamous" as its critics have claimed, or whether it has much to tell us about a world we still inhabit.… (mais)
  1. 20
    Cousin Bette por Honoré de Balzac (kristelako)
  2. 10
    The Mandrake Root por Niccolò Machiavelli (timoroso)
  3. 00
    Quartett por Heiner Müller (JuliaMaria)
    JuliaMaria: "Quartett": Ein Schauspiel nach Choderlos de Laclos' Gefährliche Liebschaften bearbeitet
  4. 11
    Le Vicomte de Valmont; les Liaisons dangereuses (1) por Chiho Saito (octopedingenue)
    octopedingenue: manga adaptation of the book
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

» Ver também 348 menções

Inglês (53)  Francês (10)  Espanhol (3)  Holandês (3)  Italiano (2)  Português (1)  Checo (1)  Alemão (1)  Todas as línguas (74)
Mostrando 1-5 de 74 (seguinte | mostrar todos)
I might never have read this book if I hadn't joined a book club, and I really would have missed out. I'd expected to have to slog my way through, but not at all. I was drawn in right from the beginning.

The aristocratic Marquise de Merteuil and Vicomte de Valmont were once lovers, and have remained friends. They take pride in their heartlessness and amuse themselves by seducing and ruining the vain, the naive and the virtuous. To please the Marquise, who wants revenge on a former lover, Valmont carries out a campaign to seduce the ex-lover's fifteen year-old fiancee, Cecile, who has just left the convent. Normally the daughters of the aristocracy remain cloistered in the convent right up until the last moment, but Cecile is at her mother's house because the wedding has been postponed, so she is at risk. On his own account, Valmont plans to seduce the Presidente Tourval, a virtuous, religious woman.

This is an epistolary novel. Valmont and Merteuil plan their detailed, long-range, intricate campaigns by letter and manage to get hold of their victims' letters as well, so they can measure their progress, plan their next moves, and amuse themselves at their victims' naivete. At the same time, Valmont and Merteuil are trying to manipulate and dominate one another, and this is what leads to their downfall.

I read the Penguin Classic edition, translated by Helen Considine. Very easy to read. ( )
  pamelad | Feb 26, 2021 |
Flowery letters
fun sex pranks to play on friends
makes orgies seem dull. ( )
1 vote Eggpants | Jun 25, 2020 |
Colección La sonrisa vertical
  JavPB | May 14, 2020 |
Very fun. The letter format was perfect. ( )
  RFellows | Apr 29, 2020 |
In pre-Revolutionary French Society, two libertines plot the downfall of a young virgin and a virtuous wife. ( )
  LindaLeeJacobs | Feb 15, 2020 |
Mostrando 1-5 de 74 (seguinte | mostrar todos)
Martin de Haan, die eerder onder meer het werk van Houellebecq en Kundera vertaalde, maakt het boek onder de titel Riskante relaties levendiger en spannender dan het tevoren in het Nederlands ooit was. Dit komt vooral doordat hij er, veel meer dan Adriaan Morriën die de tot nu toe bekendste vertaling maakte, verbluffend goed in slaagt de zeven heel verschillende personages die de brieven schrijven, tot leven te wekken.
adicionada por Jozefus | editarNRC Handelsblad, Judith Eiselin (sítio Web pago) (Jan 12, 2018)
 
Les Liaisons dangereuses is not only a terrifying portrayal of high society, of a ruling class who have ceased to rule, it is one of the world's finest novels, as well as a dramatic presentation of a mature and analytic philosophy of the nature of evil and the interactions of human motivations. After this one book, a pivot in the history of the novel, things could never be the same again, not at least for any novelist who read and understood it...

It is all so elegant. Even the priests and nuns are elegant, but of course the devils are the most elegant of all. In the end they have nothing else, and then that is destroyed. What destroys them is their rivalry in evil. Unlike Milton's Hell, there is hierarchy in this human one, Lucifer and Beelzebub, male and female, ex-lovers who have already violated each other's pride, are enemies, each hiding hate from the other. The instrument of their destruction is their reason. They are Socrates' or Diderot's fully rational human beings. They use their reason to destroy others and are at last destroyed by their own irrationality—something they did not beheve existed.
adicionada por SnootyBaronet | editarSaturday Review, Kenneth Rexroth
 

» Adicionar outros autores (80 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Laclos, Pierre Choderlos deautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Aldington, RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Allem, MauriceEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Beretta Anguissola, AlbertoIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bigliosi Franck, CinziaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coward, DavidIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Delon, MichelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fehr, A.J.A.Posfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kekomäki, LeenaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malraux, AndréIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Morriën, AdriaanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Papadopoulos, JoëlNotesautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Parmée, DouglasTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Praquin, PierreArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ruata, AdolfoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stone, P. W. K.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Ik heb de zeden van mijn tijd gezien en deze brieven openbaar gemaakt. – J.-J. Rousseau, voorwoord bij Julie ou La Nouvelle Héloïse
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Well, Sophie dear, as you see, I'm keeping my word and not spending all my time on bonnets and bows, I'll always have some to spare for you!
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I was amazed at the pleasure a good deed can produce and I'm tempted to think that those so-called virtuous people don't deserve quite as much credit as we are invited to believe.
I perceive that it is three o'clock in the morning, and that I have written a volume, with the intention but to write a word. Such is the charm of confident friendship: 'tis on account of that, that you are always he whom I love the best; but, in truth, the Chevalier pleases me more.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Les Liaisons Dangereuses was published under the title Valmont to tie-in with the Milos Forman film. It is the same book and should not be separated.
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em francês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The complex moral ambiguities of seduction and revenge make Les Liaisons dangereuses (1782) one of the most scandalous and controversial novels in European literature. Its prime movers, the Vicomte de Valmont and the Marquise de Merteuil--gifted, wealth, and bored--form an unholy alliance and turn seduction into a game. And they play this game with such wit and style that it is impossible not to admire them, until they discover mysterious rules that they cannot understand. In the ensuing battle there can be no winners, and the innocent suffer with the guilty. This new translation gives Laclos a modern voice, and readers will be able to judge whether the novel is as "diabolical" and "infamous" as its critics have claimed, or whether it has much to tell us about a world we still inhabit.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.11)
0.5
1 9
1.5 2
2 20
2.5 10
3 150
3.5 46
4 374
4.5 51
5 345

Penguin Australia

2 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0140449574, 0141195142

GenreThing

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 159,142,125 livros! | Barra de topo: Sempre visível