Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

N'Drea: One Woman's Fight To Die…
A carregar...

N'Drea: One Woman's Fight To Die Her Own Way (edição 1998)

por Andrea

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
14Nenhum(a)1,169,665 (4)Nenhum(a)
In 1985, Andrea, a member of the French ultra-leftist group Os Cangaceiros, learns that she has cancer. After 5 years confronting the psychological and physical effects of chemotheraphy, she decides to turn her back on the medical system, choosing to die on her terms rather than live on those of the French health service and its almost complete domination by economic imperatives. To begin with, she writes two letters: one to the nurses who had been looking after her, the other to her friend Bella. What follows is the making of her own end, an assertion of living against a society which produces illness and isolation.… (mais)
Membro:tyrnimehu
Título:N'Drea: One Woman's Fight To Die Her Own Way
Autores:Andrea
Informação:Pelagian (1998), Paperback, 90 pages
Colecções:TYRNI
Avaliação:
Etiquetas:syöpä, kuolema, itsemäärääminen, terveydenhuolto - kritiikki, os cangaceiros, Ranska, 1980-luku

Pormenores da obra

N'Drea: One Woman's Fight To Die Her Own Way por Andrea Dorea

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem críticas
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

In 1985, Andrea, a member of the French ultra-leftist group Os Cangaceiros, learns that she has cancer. After 5 years confronting the psychological and physical effects of chemotheraphy, she decides to turn her back on the medical system, choosing to die on her terms rather than live on those of the French health service and its almost complete domination by economic imperatives. To begin with, she writes two letters: one to the nurses who had been looking after her, the other to her friend Bella. What follows is the making of her own end, an assertion of living against a society which produces illness and isolation.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,491,929 livros! | Barra de topo: Sempre visível