Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Pinóquio

por Carlo Collodi

Outros autores: Roberto Innocenti (Ilustrador)

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
8,4921401,023 (3.71)3 / 103
Pinocchio, a wooden puppet full of tricks and mischief, with a talent for getting into and out of trouble, wants more than anything else to become a real boy.
Adicionado recentemente porPentrophy, glassreader, SaltyCaramel21, DorisGebel
Bibliotecas LegadasJames Joyce, Ernest Hemingway
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

» Ver também 103 menções

Inglês (119)  Italiano (6)  Espanhol (5)  Francês (2)  Holandês (2)  Alemão (2)  Português (Portugal) (1)  Português (Brasil) (1)  Eslovaco (1)  Catalão (1)  Checo (1)  Português (1)  Todas as línguas (142)
Era uma vez... - Um rei! - dirão logo os meus pequenos leitores. Não, meus rapazes, estão enganados. Era uma vez um pedaço de madeira. Não era madeira nobre, mas um simples pedaço de madeira para queimar, daqueles que, no inverno, se colocam nos fogões e nas lareiras para acender o lume e aquecer os quartos… Pinóquio gosta de fazer traquinices, desobedecer e estudar o menos possível. Também, como grande parte dos meninos, gosta de fazer o que lhe apetece e não se preocupar com as consequências. Mas Pinóquio não é um menino como os outros. Nem sequer é um menino. É um boneco, um boneco feito de um pedaço de madeira encantada. Um boneco muito traquinas!
Pinóquio é uma das figuras fundamentais na história da literatura infantil. Escrito por Carlo Collodi e ilustrado por Roberto Innocenti, este clássico universal é a história de um boneco de madeira, cujo egoísmo e mau comportamento o levam a ser vítima de todo o tipo de desgraças: queima os pés num braseiro, é enforcado numa árvore, utilizado com cão de guarda para vigiar galinhas…. No final, animado pela promessa de se transformar num "rapaz como todos os outros", mudará o seu comportamento? Mas não será demasiado tarde? O detalhe singular das imagens faz dos leitores testemunhas de exceção da história, tornando-os, inclusivamente, partícipes de cada momento narrado, com minuciosa precisão. Innocenti reproduz, em absoluta fidelidade ao texto, ambientes díspares: a agitação das ruas, a serenidade da paisagem natural, espaços reais e imaginários... A fluidez narrativa é uma das principais qualidades da obra de Collodi, que mescla realidade e fábula, com suspense, magia e sensibilidade. As mãos de Gepeto modelam Pinóquio, que não é um boneco inanimado: para além de dançar, fazer esgrima e saltar, tem sentimentos. O Grilo-Falante e a Fada de cabelo azul-turquesa irão guiá-lo pelo bom caminho. No turbilhão das suas aventuras, Pinóquio irá reencontrar-se com o seu criador e terá oportunidade de tornar o seu sonho realidade: ser humano. "As aventuras de Pinóquio" são uma obra de arte pela sua qualidade literária, riqueza de perspetivas e pelo simbolismo das ilustrações. A KALANDRAKA contribui assim para a vigência desta personagem por quem não o tempo não passa e que continua a cativar leitores de todas as gerações.
  Jonatas.Bakas | Jun 5, 2023 |
What del Toro, who has spoken of a lifelong fascination with Pinocchio, doubtless recognizes, and what Garrone as a cultured Italian would not need to be told, is that the original story is a work of considerable complexity, comparable to “Alice in Wonderland” or “Gulliver’s Travels” and much darker than Disney’s cheery fable about the price of youthful mendacity.... The moral of the story, then, is not that children should always tell the truth, but that education is paramount, enabling both liberation from a life of brutal toil, and, more important, self-awareness and a sense of duty to others. The true message of “The Adventures” is that, until you open yourself to knowledge and your fellow human beings, you will remain a puppet forever — other people will continue to pull your strings. And what, in these increasingly authoritarian times, could be more ardently relevant than that?
 

» Adicionar outros autores (423 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Collodi, CarloAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Innocenti, RobertoIlustradorautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Baker-Smith, GrahameIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bakker, Bertautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bartezzaghi, StefanoIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Birnbaum, CharlotteÜbersetzerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Boyne, JohnIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brock, GeoffreyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Byrd, RobertIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Calvino, ItaloPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cassinelli, AttilioArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Castagné, NathalieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chiostri, CarloIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cramp, Walter S.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Curreri, LucianoPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Eco, UmbertoIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Edens, CooperCompilerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fiammenghi, GioiaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Floethe, RichardIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Folkard, CharlesIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ghiuselev, IassenIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grimly, GrisIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Harden, E.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Horváth, JózsefTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ingpen, RobertIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Innocenti, RobertoIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jervis, GiovanniPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kredel, FritzIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lenski, LoisIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mazzanti, EnricoIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Murray, Mary AliceTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Newell, L. N.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sarg, TonyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seiden, ArtIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sweet, May M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tassinari, G.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tempesti, FernandoIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
West, RebeccaPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zipes, JackIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É recontada em

Tem a sequela (não de série)

É uma adaptação de

Tem a adaptação

É resumida em

Inspirada

Está em concordância com

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Once upon a time there was...

'A King!' my young readers will instantly exclaim.

No, children, that's where you are wrong. Once upon a time there was a piece of wood.
There once was a piece of wood, lying in the carpenter shop of Master Antonio. Master Antonio decided to make a table leg out of the wood, but to his surprise, when he struck it, the wood cried out. (The Adventures of Pinocchio 2003, illustrated by: Greg Hildebrandt)
There was once upon a time...
"A king!" my little readers will instantly exclaim.

[M.A. Murray translation]
Centuries ago there lived –
"A king!" my little readers will say immediately.
No, children, you are mistaken.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico
Pinocchio, a wooden puppet full of tricks and mischief, with a talent for getting into and out of trouble, wants more than anything else to become a real boy.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

LibraryThing Early Reviewers Alum

Carlo Collodi's book Pinocchio was available from LibraryThing Early Reviewers.

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.71)
0.5 1
1 22
1.5 3
2 55
2.5 12
3 205
3.5 30
4 250
4.5 19
5 189

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 208,391,758 livros! | Barra de topo: Sempre visível