Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Quo Vadis (1896)

por Henryk Sienkiewicz

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,469653,715 (3.96)205
Quo Vadis, best known for its star-studded 1951 film version, was first published in 1896 and contributed to the author's Nobel Prize for Literature of 1905. Set in the latter years of the reign of Roman Emperor Nero, the plot concerns the love between a young Christian woman, Lygia, and a Roman patrician, Marcus Vinicius. Sienkiewicz was said to have been inspired to write the novel when visiting the Chiesa del Domine Quo Vadis, and the novel is strongly imbued with a pro-Christian sentiment, along with many detailed descriptions of the opulence and debauchery of Nero's Rome. It is informative, exciting and ultimately uplifting!.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 205 menções

Inglês (43)  Espanhol (5)  Catalão (4)  Alemão (3)  Finlandês (2)  Francês (2)  Grego (1)  Eslovaco (1)  Húngaro (1)  Todas as línguas (62)
Mostrando 1-5 de 62 (seguinte | mostrar todos)
Bedenkt man, wie alt das Buch schon ist, ist es wirklich noch erstaunlich gut zu lesen; historisch und auch philosophisch zudem immer noch sehr bedenkenswert.
Der junge Römer Vinicius verliebt sich in die Königstochter Lygia, die als Geisel in Rom lebt. Statt sie ordentlich zu umwerben, ist er an einer Entführung beteiligt oder zumindest nicht abgeneigt; wie das damals halt so war, als Männer darüber spekulierten, ob Frauen eine Seele haben. Das geht allerdings gründlich schief und führt letztendlich zur Bedrohung Lygias an Leib und Leben, da viele unglückliche Umstände dazu führen, dass der Brand auf Rom den Christen angelastet wird.
Vinicius wandelt sich im Lauf des Buches, Petrus und Paulus spielen auch eine Rolle. Insgesamt war das Buch zu seiner Zeit historisch wohl sehr gut recherchiert, auch wenn heute Zweifel daran bestehen, ob Nero den Brand in Rom wirklich verantwortet (eher nicht) und ob die Christen wirklich aufgrund des Brandes verfolgt wurden (oder einfach so, was es auch nicht besser macht).
Trotz gewisser Längen kann man das Buch gut lesen und erfährt einiges über das alte Rom. Die Charaktere sind aus meiner Sicht sehr gut dargestellt, wenn auch die Christen vielleicht etwas zu erhaben daherkommen. Die Römer, etwa Petronius, sind sehr glaubwürdig in ihrer Zeit und Dekadenz, trotz gutem Kern.
Ja, die Menschen werden wohl über alle Zeiten lieber Sündenböcke suchen und finden, statt sich zu verändern, vor allem wenn jemand Mäßigung und Schlichtheit anmahnt. Momentan sind es die Grünen, die herhalten müssen….. ( )
  Wassilissa | May 18, 2024 |
8474613825
  archivomorero | Aug 20, 2023 |
8474613817
  archivomorero | Aug 20, 2023 |
Saln
  BegoMano | Mar 5, 2023 |
Muchos críticos y lectores han querido ver en Quo Vadis? una metáfora política de la Polonia en que vivió su autor, Henrik Sienkiewicz (1846-1916), sojuzgada por el imperialismo de Rusia y su Zar (doble histórico del César Nerón), equiparando así a los polacos de entonces, que se habían levantado contra la ocupación rusa, con los primeros cristianos perseguidos por Roma. La novela comienza en el año 63 d.C., en tiempos del César Nerón, de la dinastía de los Julio-Claudios, y en ella seremos testigos del gran incendio de Roma.
  ferperezm | Mar 3, 2023 |
Mostrando 1-5 de 62 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (309 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Sienkiewicz, Henrykautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Curtin, JermiahTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Erb, MargaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Erb, RolandTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fiume, SalvatoreIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lamb, HaroldIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Palm, Johan M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pyttersen, H.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Reichenbach, HugoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seliger, PaulIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seliger, PaulTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Talvio, MailaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zamenhof, LidjaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Petronius woke only about midday, and as usual greatly wearied.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em francês. Edite para a localizar na sua língua.
Date de première publication

- 1895-1896 (1e édition originale polonaise en série)
- 1896 (1e édition originale polonaise compilée en livre)
- 1897 (1e traduction et édition très abrégée américaine, Hurst, New York)
- 1900 (1e traduction et édition très partielle française traduite par Mme F. Kallenbach, La Quinzaine", juillet 19 00
- 1900 (Nouvelle traduction par B. Kozakiewicz et J. L. de Janaszet et édition française, Editions de la Revue blanche, Paris)
- ...
- 2010-06-18 (Nouvelle traduction de Ely Halpérine-Kaminski avec une préface de Claude Aziza, Les Belles lettres)
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (3)

Quo Vadis, best known for its star-studded 1951 film version, was first published in 1896 and contributed to the author's Nobel Prize for Literature of 1905. Set in the latter years of the reign of Roman Emperor Nero, the plot concerns the love between a young Christian woman, Lygia, and a Roman patrician, Marcus Vinicius. Sienkiewicz was said to have been inspired to write the novel when visiting the Chiesa del Domine Quo Vadis, and the novel is strongly imbued with a pro-Christian sentiment, along with many detailed descriptions of the opulence and debauchery of Nero's Rome. It is informative, exciting and ultimately uplifting!.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.96)
0.5 2
1 8
1.5 1
2 22
2.5 7
3 80
3.5 24
4 167
4.5 14
5 153

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 205,843,324 livros! | Barra de topo: Sempre visível