Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Sound and the Fury: The Corrected Text…
A carregar...

The Sound and the Fury: The Corrected Text (original 1929; edição 1990)

por William Faulkner (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
15,113198285 (3.96)2 / 750
The Sound and the Fury is the tragedy of the Compson family, featuring some of the most memorable characters in literature: beautiful, rebellious Caddy; the manchild Benjy; haunted, neurotic Quentin; Jason, the brutal cynic; and Dilsey, their black servant. Their lives fragmented and harrowed by history and legacy, the character's voices and actions mesh to create what is arguably Faulkner's masterpiece and  one of the greatest novels of the twentieth century. "I give you the mausoleum of all hope and desire. . . . I give it to you not that you may remember time, but that you might forget it now and then for a moment and not spend all of your breath trying to conquer it. Because no battle is ever won he said. They are not even fought. The field only reveals to man his own folly and despair, and victory is an illusion of philosophers and fools." --from The Sound and the Fury… (mais)
Membro:amio1016
Título:The Sound and the Fury: The Corrected Text
Autores:William Faulkner (Autor)
Informação:Vintage (1991), Edition: 1st, 326 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

The Sound and the Fury por William Faulkner (1929)

  1. 30
    Beloved por Toni Morrison (Laura1124)
  2. 30
    Absalom, Absalom! por William Faulkner (LKAYC)
  3. 21
    More Than Human por Theodore Sturgeon (alaskayo)
    alaskayo: A sci-fi romp through--intentionally so--much of the same territory.
  4. 68
    Wuthering Heights por Emily Brontë (AdonisGuilfoyle)
    AdonisGuilfoyle: The similarities are not obvious, but both stories contain the gothic destruction of two families. That, and there are two Quentins in Faulkner's novel to match the confusion of Cathys in 'Wuthering Heights', and Jason Compson is almost as cruel and twisted as Heathcliff. Enjoy!… (mais)
My TBR (8)
Romans (33)
1920s (7)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Inglês (178)  Espanhol (4)  Francês (3)  Holandês (3)  Italiano (3)  Catalão (2)  Português (2)  Dinamarquês (1)  Sueco (1)  Todas as línguas (197)
Mostrando 1-5 de 197 (seguinte | mostrar todos)
By far the toughest book I have read yet. It still pulled me in and engulfed me with confusion and terror like I’ve never seen in a book before. Quite brilliant. ( )
  Siki10 | Oct 20, 2021 |
This novel is about a family that a family gets destroyed because of their disloyalty and hate for one other. ( )
  alishkakhan | Oct 18, 2021 |
Fiction
  hpryor | Aug 8, 2021 |
I'm...not a fan. Feels like some unholy mashup of Gertrude Stein and Ernest Hemingway, but make it southern gothic.* And also? Stream of consciousness writing is exhausting and frankly not worth it for me here. Yes, sure, he may have a talent for mimicking thoughts and how they bounce around while still in the brain and he may have been a breakthrough artist in that area, but "just because you can doesn't mean you should" has never felt more applicable. I slogged through it because I was curious about how the various sections played out, but yeah, I think it's safe to say that Faulkner is not my jam. (I did like As I Lay Dying (or maybe "like" isn't the right word choice here - transfixed by morbid curiosity? I think that's closer to accurate) when I read it in college, but it's been a downhill slide for my relationship with William's work since then.)

*Yep, I know the timing doesn't quite work out there, but I'm not talking actual writer influences here. I'm talking about my own reception of the thing. ( )
  electrascaife | Jul 31, 2021 |
It took a lot longer to slog through this than I expected. When I realize I'm three weeks into a book, and am picking it up only when there is literally nothing else to do, like cleaning the bathroom, I know I'm not liking it.

While I can appreciate, objectively, why the novel interested people when it first was published - the unique stream-of-consciousness style, the Southern Gothic angle, for starters - I still struggle with the story itself and its (to me) detestable characters. The main family, the Compsons, and their casual racist treatment of their closest servant, Dilsey, and her family members, are hard to ignore. Faulkner himself cautioned publicly against desegregation as something that could upend the Southern way of life. The Compsons aren't written in a sympathetic way, of course, and I understand the time period this novel came out, for context.

Still, not a fan of this effort from this writer. My copy is an old paperback that also includes the novella As I Lay Dying, which I will also read to give Faulkner another try. He is lauded as an important writer of the American South, and this is my first venture. As the title itself is pulled from Shakespeare's Macbeth, I can't help thinking of another Shakespeare play: Much Ado About Nothing, minus any comic relief. ( )
  terriks | Jul 20, 2021 |
Mostrando 1-5 de 197 (seguinte | mostrar todos)
Escribir este libro foi para min como aprender a ler, coma se me achegase á linguaxe, ás palabras, co mesmo respecto e coidado de quen se achega á dinamita". Así describe William Faulkner (New Albany, 1897-Oxford, 1962) a súa experiencia con O ruído e a furia, a súa cuarta novela, publicada en 1929. A historia da ruína e decadencia da familia Compson, no Sur dos EUA, segue a representar para o lector de hoxe ese mesmo desafío, o da literatura como reinvención da linguaxe. Ao tempo, é un magnífico exemplo do pulo que posúe unha narración inspirada na vida, ese "conto contado por un idiota, cheo de ruído e de furia, que nada significa", segundo deixou dito Shakespeare en Macbeth.
 

» Adicionar outros autores (12 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Faulkner, Williamautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Antolín Rato, MarianoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Antunes, António LoboIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Arbonès, JordiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barklund, GunnarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bertolucci, AttilioPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Braem, Helmut M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Britto, Paulo HenriquesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chaves, Ana MariaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coindreau, Maurice EdgarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Costa Clos, MercèTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Díaz Sánchez, María EugeniaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dewey, Kenneth FrancisIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dyankov, KrastanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gardner, GroverNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Godden, RichardIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jařab, JosefPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jonasson, BerntIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kaila, KaiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kaiser, ElisabethTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kandinsky, WolframNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mantovani, VincenzoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mardon, AllanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Minter, David L.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Oakes, BillIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pellar, RudolfTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Phillips, AlanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Robinson, MarilynnePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Simonsen, HelgeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Skei, Hans H.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stroud, Steven H.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tadini, EmilioIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tavares, ClarisseTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vandenbergh, JohnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Warren, Robert PennIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Through the fence, between the curling flower spaces, I could see them hitting.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Once a bitch, always a bitch, what I say.
Got it at the getting place.
'You're not a gentleman, Spoade said. 'No, I'm Canadian.' Shreve said.
"Dogs are dead." Caddy said. "And when Nancy fell in the ditch and Roskus shot her and the buzzards came and undressed her."
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The Sound and the Fury is the tragedy of the Compson family, featuring some of the most memorable characters in literature: beautiful, rebellious Caddy; the manchild Benjy; haunted, neurotic Quentin; Jason, the brutal cynic; and Dilsey, their black servant. Their lives fragmented and harrowed by history and legacy, the character's voices and actions mesh to create what is arguably Faulkner's masterpiece and  one of the greatest novels of the twentieth century. "I give you the mausoleum of all hope and desire. . . . I give it to you not that you may remember time, but that you might forget it now and then for a moment and not spend all of your breath trying to conquer it. Because no battle is ever won he said. They are not even fought. The field only reveals to man his own folly and despair, and victory is an illusion of philosophers and fools." --from The Sound and the Fury

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: William Faulkner

William Faulkner tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de William Faulkner.

Ver a página de autor de William Faulkner.

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.96)
0.5 14
1 101
1.5 9
2 177
2.5 34
3 372
3.5 96
4 758
4.5 130
5 1031

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 163,251,397 livros! | Barra de topo: Sempre visível