Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

The Day of the Locust (1939)

por Nathanael West

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,858499,055 (3.63)59
Admired by F. Scott Fitzgerald, Dorothy Parker, and Dashiell Hammett, and hailed as one of the "Best 100 English-language novels" byTime magazine,The Day of the Locust continues to influence American writers, artists, and culture. Bob Dylan wrote the classic song "Day of the Locusts" in homage and Matt Groening's Homer Simpson is named after one of its characters. No novel more perfectly captures the nuttier side of Hollywood. Here the lens is turned on its fringes -- actors out of work, film extras with big dreams, and parents lining their children up for small roles. But it's the bit actress Faye Greener who steals the spotlight with her wildly convoluted dreams of stardom: "I'm going to be a star some day--if I'm not I'll commit suicide."… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 59 menções

Mostrando 1-5 de 49 (seguinte | mostrar todos)
no idea about the locusts. The book ends in a riot so maybe that is like a plague of locusts. Maybe this is like a Tarantino film. From banal to sordid to meaningless violence. Some kind of reflection on the meaninglessness of our times... ok this is the 1930s but really what has changed. This guy wins a billion dollars on the lottery and decides to collect vintage cars. Hollowness. ( )
  kukulaj | Jan 28, 2024 |
That's our Homer! ( )
  bluestraveler | Aug 15, 2022 |
Nathanael West just isn't for me. I've now read both of his acclaimed works and didn't get much out of either one of them. The writing is flat and so are the characters. The themes that were once ahead of their time are now just old news. I totally get that the year is 1939, but I'm still just never going to connect with a book that has this much misogyny in it. ( )
  BibliophageOnCoffee | Aug 12, 2022 |
Eleinte azt hittem, hogy pont jó lesz a túlértékelt klasszikusok kihívásba: céljaiban monumentális Hollywood-tabló, de a megvalósítás tekintetében elhibázott, élvezhetetlenségig szétszórt, töredezett torzó. Talán a harmadán is túl voltam már, amikor elkezdtek hatni ezek a szépen elnyújtott, tökéletesen megkomponált jelenetek, a különös, élettel teli szereplők, és ez a vészjósló, lassan felépített atmoszféra, ami az amerikai regényirodalom egyik legapokaliptikusabb végkifejletében kulminál. West egy tipikusan gatsby-s háromszögből építkezik, de teljesen újként hat, amit kihoz ebből. Van Tod, a festő, hollywood-i bedolgozó, Homer*, tipikus keleti parti naiv melák és Faye, mindenki szerelme (és amúgy meg egy… hát nevezzük felettébb ambiciózus hölgynek). És a stáblistán szerepelnek még: csóró cowboyok, extrovertált törpék, szánalmas volt és reménybeli jövendő színészek, középszerű producerek – és persze a csőcselék, akik közé talán a regény szereplői is tartoznak (még ha ezt nem is vallanák be maguknak), a csőcselék, aki alig visszafojtott indulattal várja, hogy valamiképpen az Amerikai Álom közelébe férkőzhessen, és a kezei közé kaparintsa azt. Eszméletlen kis szöveg, tele elektromossággal, szinte szétfeszíti önmagát – az „elveszett nemzedék” jelentős szellemi produktuma. Olvasásra, sőt újraolvasásra érdemes.

* Teljes nevén Homer Simpson. Véletlen volna ez? ( )
  Kuszma | Jul 2, 2022 |
A little obvious in its symbolism and its exposition of its symbolism but I'm a sucker for what it's about. ( )
  Popple_Vuh | Oct 24, 2021 |
Mostrando 1-5 de 49 (seguinte | mostrar todos)
The year 1939, when Europe was going up in flames and America clung to the hope that it need not become part of a world at war, turned out to be a miracle moment for Los Angeles fiction, seeing the publication of "The Big Sleep" by Raymond Chandler, John Fante's "Ask The Dust," and "The Day of the Locust" by Nathanael West (the latter just reissued in a new edition, along with "Miss Lonelyhearts," by New Directions, $11.95), three books that distilled distinctly and in very different ways the city that was being written about, and have continued to dictate how Los Angeles is perceived today.
 

» Adicionar outros autores (14 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
West, Nathanaelautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Boos, CeesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fruttero, CarloTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Güttinger, FritzTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lustig, AlvinDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schulberg, BuddIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Laura
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Around quitting time, Tod Hackett heard a great din on the road outside his office.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Admired by F. Scott Fitzgerald, Dorothy Parker, and Dashiell Hammett, and hailed as one of the "Best 100 English-language novels" byTime magazine,The Day of the Locust continues to influence American writers, artists, and culture. Bob Dylan wrote the classic song "Day of the Locusts" in homage and Matt Groening's Homer Simpson is named after one of its characters. No novel more perfectly captures the nuttier side of Hollywood. Here the lens is turned on its fringes -- actors out of work, film extras with big dreams, and parents lining their children up for small roles. But it's the bit actress Faye Greener who steals the spotlight with her wildly convoluted dreams of stardom: "I'm going to be a star some day--if I'm not I'll commit suicide."

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.63)
0.5 2
1 11
1.5 1
2 33
2.5 5
3 117
3.5 25
4 129
4.5 12
5 84

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 204,410,152 livros! | Barra de topo: Sempre visível