Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Christine (1983)

por Stephen King

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
8,79190917 (3.55)172
A scarlet-and-white, 1958 Plymouth Fury -- salvaged over every rational dissent and objection, from decay -- possesses its new owner and brings hellish terror to him, his friends, and his classmates.
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 172 menções

Inglês (83)  Francês (2)  Italiano (1)  Espanhol (1)  Húngaro (1)  Finlandês (1)  Holandês (1)  Todas as línguas (90)
Mostrando 1-5 de 90 (seguinte | mostrar todos)
Great book. A fine example of what made Stephen King's early work great. ( )
  everettroberts | Oct 20, 2023 |
Arnie Cunningham is your classic loser: slightly built, grotesquely acned, chess player and, obedient son. What he has going for him is mechanical skills and a best friend, Dennis. Told from Dennis's point of view, this is the faux bildungsroman of Arnie when, one day, he spies a 20-year old beat-down Plymouth Fury for sale and manages to scrape together the money to buy it. But the car's previous owner might not be as willing to part with it after all-- even though the old man has passed away... The car seems to have a mind of its own and Arnie isn't quite himself. Set in 1979 in upstate Pennsylvania, King captures the zeitgeist and details of the time and place with deft touches. Arnie's anger, resentment and jealously bubble & simmer; Dennis's angst and sex drive propel him into acts of moral equivocation; And Christine (eponymous car) and Leigh Cabot (a girlfriend) compete in ying-yang fashion for attention and love. Dismiss King as a pulp writer if you will; but the simple prose is an exposition of psychological terror and freudian manifestations. ( )
  Tanya-dogearedcopy | Oct 19, 2023 |
Holy shit, what a ride. ( )
  blueskygreentrees | Jul 30, 2023 |
King’s love for American cars was a significant part of his early career. Christine reflects on that with themes of youth, maturation, cars, friendship, and terror!

Christine is not my favorite King novel. I would place this well below others like The Stand, The Shining, or The Dark Tower on my personal list. It’s still a pretty enjoyable King novel. Despite rocky patches, it was enough to put me on the King's path I’ve been on ever since.

I think the first issue I had was the length. The 700-page book normally doesn’t bother me, but for Christine, it was overwhelming. For me, there were too many chapters without enough substance. Initially, I was expecting graphic descriptions of twisted events that kept me awake at night. Although I hate saying this, I could not get into some of this book.

A few scenes made my skin crawl, and I flitted through the pages, getting that “Classic King” feeling. When that happens, it’s amazing. Things went quite a few pages later, and it left me hanging. In reality, a possessed car was not as scary as I thought. ( )
  onlyfiction | Jul 18, 2023 |
Indiscutibilmente un capolavoro, tra i migliori romanzi di King ( e base per l'omonimo film di Carpenter..).
Estrema cartatterizzazione dei personaggi e trama incalzante, anche se spesso l'autore "anticipa" gli eventi e fa perdere un po' di suspense...
Consigliatissimo a nuovi e vecchi estimatori del Re. ( )
  ginsengman | Jun 25, 2023 |
Mostrando 1-5 de 90 (seguinte | mostrar todos)
A POSSESSED car? An insanely angry 1958 Plymouth Fury named Christine that drives itself around attacking people? This time Stephen King has gone too far, I said to myself as I began to catch the drift of his eighth and latest horror novel, ''Christine.'' This time he's not going to get me the way he did in ''The Shining,'' ''The Stand,'' ''Cujo'' and his other maniacal stories. This time he's just going to leave me cold.
 
SEVERAL years ago Stephen King published ''Night Shift,'' a collection of short stories that had appeared in magazines before his debut as a novelist. Among them was ''Trucks,'' in which the products of Detroit's auto industry were anthropomorphized and portrayed as barbaric, homicidal and utterly antihuman. I recall the piece vividly, because Mr. King made those vehicles - all vehicles - live not only on the page but in my imagination. ''Trucks'' might also have been the inspiration for Mr. King's latest novel.
adicionada por stephmo | editarNew York Times, Phillipe Van Rjndt (Apr 3, 1983)
 

» Adicionar outros autores (15 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Stephen Kingautor principaltodas as ediçõescalculado
Baumann, BodoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chizmar, RichardPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dobner, TullioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Graham, HolterNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Isomursu, PenttiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Hey, lookie there!
Across the street!
There's a car made just for me,
To own that car would be a luxury. . .
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is for George Romero and Chris Forrest Romero. And the Burg.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is the story of a lover's triangle, I suppose you'd say -- Arnie Cunningham, Leigh Cabot, and, of course, Christine.

(Prologue)
"Oh my God!" my friend Arnie Cunningham cried out suddenly.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I think part of being a parent is trying to kill your kids.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

A scarlet-and-white, 1958 Plymouth Fury -- salvaged over every rational dissent and objection, from decay -- possesses its new owner and brings hellish terror to him, his friends, and his classmates.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.55)
0.5 4
1 51
1.5 11
2 213
2.5 36
3 729
3.5 93
4 790
4.5 40
5 381

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 201,832,717 livros! | Barra de topo: Sempre visível