Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Emma (Barnes & Noble Classics) por Jane…
A carregar...

Emma (Barnes & Noble Classics) (original 1816; edição 2004)

por Jane Austen (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
31,54043164 (4.07)3 / 1642
Content with her life and not interested in marriage, Emma Woodhouse, a rich and beautiful heiress, causes complications with her matchmaking schemes.
Membro:inpariswithyou
Título:Emma (Barnes & Noble Classics)
Autores:Jane Austen (Autor)
Informação:Barnes & Noble Classics (2004), 449 pages
Colecções:Fiction
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Emma por Jane Austen (1816)

  1. 165
    Cold Comfort Farm por Stella Gibbons (ncgraham)
    ncgraham: Flora is very clearly modeled on Emma.
  2. 60
    Mary Barton por Elizabeth Gaskell (kara.shamy)
    kara.shamy: In some ways the heroines in these two novels are alike, but they are very different in other respects, and more strikingly, their respective journeys to the altar/married life go in diametrically opposite ways, in a sense! Both are true classics in my estimation; reading these two novels exposes the reader to two of the greatest English-language novelists of all time in the height of their respective powers. While all readers and critics do not and will not share this superlative view, few would dispute these are two early female masters of the form and are well worth a read on that humbler basis ;) Enjoy!… (mais)
  3. 72
    As irmãs Makioka por Jun'ichirō Tanizaki (Sarasamsara)
    Sarasamsara: Like Austen's novels, The Makioka Sisters traces the daily lives and romances of an upper-class family-- the only difference is that this is pre-war Japan, not Regency England. Like in one of Austen's works, when you close the novel you feel like you are closing the door on someone's life.… (mais)
  4. 63
    Miss Marjoribanks por Margaret Oliphant (nessreader)
    nessreader: Both Emma and Miss M are about ambitious, capable upper class women who can only express themselves as social hostesses. Both heroines are managing and bossy - Miss M, a generation younger, is played more for laughs, but there is a strong parallel. And both end in utter satisfaction for heroine and reader alike.… (mais)
  5. 22
    The Scandal of the Season: A Novel por Sophie Gee (SandSing7)
  6. 23
    The Victorian Governess por Kathryn Hughes (susanbooks)
    susanbooks: Though Austen is writing before the Victorian age, Hughes' book helps give an idea of the kind of life Jane Fairfax was facing.
  7. 24
    The Espressologist por Kristina Springer (dizzyweasel)
    dizzyweasel: Adorable remake of Emma, set in a coffeehouse with a matchmaking barista.
  8. 411
    Anna Karenina por Leo Tolstoy (roby72)
1810s (5)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Inglês (404)  Italiano (7)  Espanhol (5)  Sueco (3)  Francês (2)  Norueguês (1)  Lituano (1)  Alemão (1)  Português (Brasil) (1)  Dinamarquês (1)  Catalão (1)  Holandês (1)  Todas as línguas (428)
Mostrando 1-5 de 428 (seguinte | mostrar todos)
Emma is the most annoying of Jane's protagonists and yet Mr. Knightly saves us all.

"If I loved you less, I might be able to talk about it more." ( )
  Rachel_Cucinella | Apr 24, 2021 |
This is not my favorite Austen novel. There isn't really a single character that I liked, but it is well written. The ending is great. ( )
  CassandraNicole | Apr 22, 2021 |
I have been playing this mind game while reading this book: If Jane Austen was to give it a title in the form of “pride and prejudice” or “sense and sensibility”, what adjectives would she had chosen for this book? I think Presumption would likely describe my first sentiment about it, but then I have trouble coming up with the next adjective to counter it. Presumption and Discernment, maybe?

I liked it very much. With every book of Jane Austen I read, I am more impressed by her sensibility towards human motivation, be it social or sentimental. Of course she wrote of a society so much different than mine, where women’s prospects were very much linked to marriage, and where the social stratification defined every aspect of socialization. Her capability to comprehend her own historical moment and the social interactions that surrounded her are remarkable.

Not long ago I gave 5 stars to Mansfield Park but by comparison the characters in Emma are less black and white, their motivations more real: jealousy, snobbery, hypochondria, righteousness. Yet we forgive them because we also see goodness and shame in the realization that they were not so noble after all.

There is a formula in Austen that I am starting to discern. I am not Austen academic, and have read some of her books too long ago – translated to Portuguese nevertheless – but she seems to weave a cautionary tale on the stories she tells; an alert for all of us to be aware of how social rules may lead to misunderstandings, how we hurt one another and ourselves by sticking too close to those rules, or when we deviate too far from those rules too. She also favors the good, the humble, those with moral fortitude. It seems that her endings are always happy though.

Something else, wise Mr. Knightley, I like you much better than snob Mr. Darcy! And I liked Mr. Darcy for a long time… I still like Elizabeth Bennet better than Emma though!
( )
  RosanaDR | Apr 16, 2021 |
edizione amazon kindle che non trovo perchè non più disponibile sul sito amazon
  perseveranza | Feb 24, 2021 |
Não lido
  claramenezes | Feb 14, 2021 |
Mostrando 1-5 de 428 (seguinte | mostrar todos)
The institution of marriage, like the novel itself, has changed greatly since Austen’s time; but as long as human beings long for this kind of mutual recognition and understanding, “Emma” will live.
adicionada por danielx | editarNew York TImes, Adam Kirsch (sítio Web pago) (Dec 28, 2015)
 

“Perhaps the key to Emma’s perfection, however, is that it is a comic novel, written in a mode that rarely gets much respect. It’s exquisitely ironic.”

“The presiding message of the novel is that we must forgive Emma for her shortcomings just as she can and does learn to excuse the sometimes vexing people around her. There is, I believe, more wisdom in that than in many, many more portentous and ambitious novels. Emma is flawed, but ‘Emma’ is flawless."
adicionada por danielx | editarSalon.com, Laura Miller (Dec 24, 2015)
 
It’s a small but striking and instructive demonstration, the careful way Emma appraises the character of the various men who jockey for her attentions and those of the women around her. We could all learn from her example.
adicionada por danielx | editarNew York Times, Anna Holmes (sítio Web pago) (Dec 1, 2015)
 
"In January 1814, Jane Austen sat down to write a revolutionary novel. Emma, the book she composed over the next year, was to change the shape of what is possible in fiction."

"The novel’s stylistic innovations allow it to explore not just a character’s feelings, but, comically, her deep ignorance of her own feelings. "

"Those who condemn the novel by saying that its heroine is a snob miss the point. Of course she is. But Austen, with a refusal of moralism worthy of Flaubert, abandons her protagonist to her snobbery and confidently risks inciting foolish readers to think that the author must be a snob too"
adicionada por danielx | editarThe Guardian (UK), John Mullan (Dec 1, 2015)
 
This was a good book, I liked it a lot. I would recommend this book to anyone. I suggest you join NovelStar’s writing competition right now until the end of May with a theme Werewolf. You can also publish your stories there. just email our editors hardy@novelstar.top, joye@novelstar.top, or lena@novelstar.top.
adicionada por Nica.Samilin | editarUSA Today
 

» Adicionar outros autores (107 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Austen, Janeautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Alfsen, MereteTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bastin, MarjoleinIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Beechey, WilliamArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Blythe, RonaldEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bown, NicolaIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brock, C. E.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gibbons, StellaIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hassall, JoanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hough, GrahamEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lane, MaggiePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lodge, DavidIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marcus, StevenIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mathias, RobertDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Morgan, VictoriaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moulton, CarrollPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Praz, MarioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ross, JosephinePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sanderson, CarolinePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seyrès, HélèneTraductionautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stafford, FionaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stevenson, JulietNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tamaki, JillianArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thomson, HughIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wiltshire, JohnPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É recontada em

Tem a sequela (não de série)

Tem a adaptação

É resumida em

É respondida em

Inspirada

Tem como guia de referência/texto acompanhante

Tem como estudo

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Emma (1948TVIMDb)
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To His Royal Highness, the Prince Regent, this work is, by His Royal Highness's permission, most respectfully dedicated, by His Royal Highness's dutiful and obedient humble servant, the author.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Emma Woodhouse, handsome, clever, and rich, with a comfortable home and happy disposition, seemed to unite some of the best blessings of existence; and had lived nearly twenty-one years in the world with very little to distress or vex her.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Silly things do cease to be silly if they are done by sensible people in an impudent way.
"I thank you; but I assure you, you are quite mistaken. Mr. Elton and I are very good friends, and nothing more, and she walked on, amusing herself in the consideration of the blunders which often arise from a partial knowledge of circumstances, of the mistakes which people of high pretensions to judgment are for every falling into..." (Emma)
"I always deserve the best treatment because I never put up with any other."
Seldom, very seldom, does complete truth belong to any human disclosure.
I have seen a great many lists of her drawing up at various times of books that she meant to read regularly through--and very good books they were--very well chosen and very neatly arranged--sometimes alphabetically and sometimes by some other rule.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Content with her life and not interested in marriage, Emma Woodhouse, a rich and beautiful heiress, causes complications with her matchmaking schemes.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.07)
0.5 4
1 93
1.5 8
2 245
2.5 50
3 1106
3.5 253
4 2487
4.5 288
5 2430

Penguin Australia

4 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141439580, 0141028092, 0143106465, 0141199520

Tantor Media

Uma edição deste livro foi publicada pela Tantor Media.

» Página Web de informação sobre a editora

Urban Romantics

2 edições deste livro foram publicadas por Urban Romantics.

Edições: 1909175951, 1909175315

Recorded Books

Uma edição deste livro foi publicada pela Recorded Books.

» Página Web de informação sobre a editora

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,675,853 livros! | Barra de topo: Sempre visível