Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Cry, the Beloved Country (1948)

por Alan Paton

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
9,352182837 (3.99)553
Zulu pastor Stephen Kumalo travels to Johannesburg on an errand for a friend and to visit his son, Absalom, only to learn Absalom has been accused of murdering white city engineer and social activist Arthur Jarvis and stands very little chance of receiving mercy.
1940s (6)
Africa (1)
AP Lit (165)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 553 menções

Inglês (178)  Alemão (1)  Francês (1)  Todas as línguas (180)
Mostrando 1-5 de 180 (seguinte | mostrar todos)
#ReadAroundTheWorld. #South Africa

This story was written in 1946 by White South African author Alan Paton, and published in 1948 on the eve of the creation Apartheid in South Africa. It is a classic work of protest literature, focussing on the evils of racism, exploitation and colonialism. Paton later started the Liberal Party in South Africa which opposed apartheid. This book was first published in the US as it was unlikely to be published in South Africa at the time.

The story takes us to the village of Ndotsheni in Natal, where Stephen Kumalo, a Zulu minister, is called to go to Johannesburg to see his sister who is ill. Sadly he finds she has become involved in selling liquor and prostitution. He then seeks to find his son Absalom who he eventually discovers in jail having shot and killed a white man. Despite the heartbreak Kumalo must find a way to go on, to fight for the plight of his people and his village.

The book moves between the gentle conversations of Kumalo and some paragraphs questioning where South Africa is headed and the tyranny of the oppression of black people in mines, in the villages and the squatter camps of the metropolis.

This was a moving story, well-written and impacting. The tone is mildly patronising at points, which doesn’t surprise me given it was written nearly eighty years ago, but Paton takes on the important role of becoming a whistleblower on an international level, revealing what was going on in South Africa. You can sense his passion for the country and the vehemence of his beliefs about the evils of racial segregation and exploitation. This is an important work cutting to the heart of a great tragedy. ( )
  mimbza | Apr 7, 2024 |
Serious "white guy writing about black people" vibes here, but undeniably powerful. Also useful as a picture of a place and time. ( )
  aleshh | Jan 12, 2024 |
Another historical fiction that was probably just contemporary fiction at the time (published 1947, and I think the year is mentioned as 1946 at some point in the novel?), and my second book extra credit for Feb/March for Biere Library book club! I actually never read this in high school, so this was my first time through and I can see why: goes over a historical period, compelling conflicting points of view, and some lyrical writing. Also, another accidental foray into another piece of media thinking about fatherhood as Stephen Kumalo and Jarvis consider the incident between their sons.

I did audiobook due to infant wrangling in this season, and while I really did like Michael York's narration, the Zulu and Afrikaans words really should be read (physical editions also have glossaries, I'm told) as I spent the first third thinking Kumalo's home village was "Indochine" and wondered at the global nature of place names. ( )
  Daumari | Dec 28, 2023 |
This book was so moving and beautifully written. Don't miss it. ( )
  mmcrawford | Dec 5, 2023 |
Beautiful. Also relevant. There are things about 1948 South Africa that ring true here, today. So much fear. This is a sad book, for sure, but also lovely. ( )
  nogomu | Oct 19, 2023 |
Mostrando 1-5 de 180 (seguinte | mostrar todos)

» Adicionar outros autores (21 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Alan Patonautor principaltodas as ediçõescalculado
Aasen, FinnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Callan, EdwardIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gannett, LewisIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hillelson, JohnFotógrafoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leonardo, ToddCover photoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Majorick, B.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moppès, Denise VanTraductionautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Scibner, Charles, Jr.Prefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Smith, Mary AnnDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Van Moppès, DeniseTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Tem a adaptação

É resumida em

Tem como estudo

Tem como suplemento

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Tem um guia para professores

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To Aubrey & Marigold Burns of Fairfax, California
To
my wife
and to my friend of many years
JAN HENDRIK HOFMEYR
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
There is a lovely road that runs from Ixopo into the hills.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It is not permissible to add to one's possessions if these things can only be done at the cost of other men. Such development has only one true name, and that is exploitation.
Cry, the beloved country, for the unborn child that is the inheritor of our fear. Let him not love the earth too deeply. Let him not laugh too gladly when the water runs through his fingers, nor stand too silent when the setting sun makes red the veld with fire. Let him not be too moved when the birds of his land are singing, nor give too much of his heart to a mountain or a valley. For fear will rob him of all if he gives too much.
Cry for the broken tribe, for the law and the custom that is gone. Aye, and cry aloud for the man who is dead, for the woman and children bereaved. Cry, the beloved country, these things are not yet at an end.
All roads lead to Johannesburg.
When people go to Johannesburg, they do not come back.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Zulu pastor Stephen Kumalo travels to Johannesburg on an errand for a friend and to visit his son, Absalom, only to learn Absalom has been accused of murdering white city engineer and social activist Arthur Jarvis and stands very little chance of receiving mercy.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.99)
0.5 3
1 37
1.5 3
2 67
2.5 26
3 287
3.5 58
4 534
4.5 71
5 560

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 204,116,094 livros! | Barra de topo: Sempre visível