Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Operas of Benjamin Britten: Expression…
A carregar...

The Operas of Benjamin Britten: Expression and Evasion (edição 2007)

por Claire Seymour (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
11Nenhum(a)1,363,933Nenhum(a)Nenhum(a)
Claire Seymour examines ways in which Britten's operas explored and articulated the inherent ambiguity and latent sexuality of music, particularly song, and suggests that they may illustrate his search for a public "voice" which would embody, communicate, and perhaps resolve his private beliefs and anxieties. She demonstrates how the delicate balance between private and public communication, and the tension between art as self-expression and art as moral resolution were key concerns in Britten's music. Analyses of Britten's operas from Paul Bunyan to Death in Venice, the three Church Parables, and several of the "children's operas" offer evidence that, for Britten, opera was the natural medium through which to explore, express and, paradoxically, repress his private concerns.… (mais)
Membro:JHPCU
Título:The Operas of Benjamin Britten: Expression and Evasion
Autores:Claire Seymour (Autor)
Informação:BOYE6 (2007), 368 pages
Colecções:JHPCU Main Library
Avaliação:
Etiquetas:SLT

Pormenores da obra

The operas of Benjamin Britten : expression and evasion por Claire Seymour

Nenhum(a).

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem críticas
sem críticas | adicionar uma crítica

Belongs to Publisher Series

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (3)

Claire Seymour examines ways in which Britten's operas explored and articulated the inherent ambiguity and latent sexuality of music, particularly song, and suggests that they may illustrate his search for a public "voice" which would embody, communicate, and perhaps resolve his private beliefs and anxieties. She demonstrates how the delicate balance between private and public communication, and the tension between art as self-expression and art as moral resolution were key concerns in Britten's music. Analyses of Britten's operas from Paul Bunyan to Death in Venice, the three Church Parables, and several of the "children's operas" offer evidence that, for Britten, opera was the natural medium through which to explore, express and, paradoxically, repress his private concerns.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: Sem avaliações.

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 155,655,041 livros! | Barra de topo: Sempre visível