Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

My Name Is Asher Lev por Chaim Potok
A carregar...

My Name Is Asher Lev (original 1972; edição 2003)

por Chaim Potok (Autor)

Séries: Asher Lev (1)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,880732,422 (4.2)247
Asher Lev is the artist who painted the sensational 'Brooklyn Crucifixion.' Into it her poured all the anguish and torment a Jew can feel when torn between the faith of his fathers and the calling of his art. Here Asher Lev plunges back into his childhood and recounts the story of love and conflict which dragged him to this crossroads.… (mais)
Membro:ktmtta
Título:My Name Is Asher Lev
Autores:Chaim Potok (Autor)
Informação:Anchor (2003), Edition: Edition Unstated, 369 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:fiction, religion, Jewish literature, historical fiction, east-bookshelf-1

Pormenores da obra

My Name Is Asher Lev por Chaim Potok (1972)

  1. 00
    Peace Shall Destroy Many por Rudy Wiebe (aulsmith)
    aulsmith: Young men in conflict with their culture
  2. 01
    What's Bred in the Bone por Robertson Davies (cf66)
    cf66: Entrambi romanzi sulla formazione artistica e spirituale d'un pittore.
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 247 menções

Inglês (68)  Holandês (2)  Norueguês (1)  Alemão (1)  Francês (1)  Todas as línguas (73)
Mostrando 1-5 de 73 (seguinte | mostrar todos)
Asher Lev, artist and painter of the controversial "Brooklyn Crucifixion" looks back on his life growing up as a Hasidic Jew. His father, an important man in their community who travels for the Rebbe, simply cannot understand why his son needed to draw, but even as a young child Asher had a gift. He discusses the experiences leading up to becoming the artist he is, and why an observant Jew would paint a crucifixion.

This is a quiet sort of story, almost a character study, in which I was surprised to find out how much I was invested in the family drama as Asher learns to carve his own path in life and art. I'm sure some references specific to Judaism teaching and thought went over my head, but at its heart it's a universal coming of age story in which a son has to decide whether to be true to himself or fall into line with what his father wants for him. I kept flipping back to the first few paragraphs, which essentially lay out the gist of the story, before Asher explains his family history, his experiences growing up, and ultimately what led to the notorious painting. ( )
  bell7 | Oct 1, 2020 |
I don't really have words for this book yet. It's probably the most important thing I have ever read, being a Jew and an Artist, and a little lost. I don't know if it will affect anyone else like it affected me, this second reading. ( )
  JaysenElsky | Sep 17, 2020 |
I read My Name is Asher Lev when I was just beginning community college. What a wonderful book. The book describes the tension between the Jewish and Christian communities and how a young artist deals with it. ( )
  EddieB7 | Jul 18, 2020 |
A beautifully written story about the growth and development of an artist and its effect upon his relationships with family and community. I loved it and all of its gripping tension as father and son, husband and wife, mother and son struggle to deal with an extraordinary artistic talent and its impact on their Hasidic faith traditions. ( )
  MMKY | Jul 3, 2020 |
This was a very well written book with just enough information. The passions of the characters were very extreme, but they were portrayed in a way so that I could empathize with them. The subjects of the paintings fit in beautifully with the Asher's dilemmas. ( )
  suesbooks | Apr 9, 2020 |
Mostrando 1-5 de 73 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (15 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Chaim Potokautor principaltodas as ediçõescalculated
Mendelsund, PeterDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nijgh, LennaertTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Belongs to Series

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"Art is a lie which makes us realize the truth." -Picasso
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
My name is Asher Lev, the Asher Lev, about whom you have read in newspapers and magazines, about whom you talk so much at your dinner affairs and cocktail parties, the notorious and legendary Lev of the Brooklyn Crucifixion.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Asher Lev is the artist who painted the sensational 'Brooklyn Crucifixion.' Into it her poured all the anguish and torment a Jew can feel when torn between the faith of his fathers and the calling of his art. Here Asher Lev plunges back into his childhood and recounts the story of love and conflict which dragged him to this crossroads.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.2)
0.5
1 6
1.5 1
2 20
2.5 5
3 107
3.5 28
4 268
4.5 45
5 329

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

Penguin Australia

2 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0140036423, 0141190566

Ediciones Encuentro

Uma edição deste livro foi publicada pela Ediciones Encuentro.

» Página Web de informação sobre a editora

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 163,226,074 livros! | Barra de topo: Sempre visível