Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Austerlitz (Modern Library Paperbacks) por…
A carregar...

Austerlitz (Modern Library Paperbacks) (original 2001; edição 2002)

por Winfried Georg Sebald, Anthea Bell

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,517822,710 (4.15)199
In the summer of 1939, five-year-old Jacques Austerlitz is sent to England on one of the so-called Kindertransports and placed with foster parents in Wales. For reasons of their own, the childless Calvinist couple erase from the boy all knowledge of his identity. Austerlitz, who eventually becomes an architectural historian, goes through life assiduously avoiding all clues that might point to his origins and to the fate of his true parents. It is only in his retirement that the past returns to haunt him and makes him explore what happened to him half a century ago.… (mais)
Membro:MMunoz
Título:Austerlitz (Modern Library Paperbacks)
Autores:Winfried Georg Sebald
Outros autores:Anthea Bell
Informação:Modern Library (2002), Paperback, 304 pages
Colecções:Em leitura
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Austerlitz por W. G. Sebald (2001)

Adicionado recentemente poruru, sharvani, BookHavenAZ, Jinjer, scunliffe, vie-tranquille, Jnthn, GlacioD
Bibliotecas LegadasLeslie Scalapino
  1. 00
    Heshel's kingdom por Dan Jacobson (perodicticus)
    perodicticus: Sebald mentions Jacobson's book in the final pages of Austerlitz, and it's well worth a read.
  2. 00
    Götz and Meyer por David Albahari (DieFledermaus)
  3. 00
    Garden, Ashes por Danilo Kiš (DieFledermaus)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 199 menções

Inglês (69)  Holandês (6)  Alemão (2)  Francês (2)  Espanhol (2)  Hebraico (1)  Todas as línguas (82)
Mostrando 1-5 de 82 (seguinte | mostrar todos)
Austerlitz, es la historia de un hombre al que, de niño, roban patria, idioma y nombre, y no puede sentirse ya en casa en este mundo. En la oscura nave de la estación de Amberes había un hombre joven, rubio, con pesadas botas de excursionista y una vieja mochila, ocupado en tomar notas y hacer dibujos en un cuaderno. El narrador lo observa fascinado, y comienza una relación que transcurre durante decenios y cautiva cada vez más a quien la narra.

Jacques Austerlitz se llama el enigmático extranjero y, aunque vive en Londres desde hace muchos años, no es inglés. En los años cuarenta, siendo un niño judío refugiado, llegó a Gales y se crió en casa del párroco y su mujer, personas mayores y tristes. El chico crece solitario y cuando, después de muchos años, conoce su verdadero origen y su nombre, sabe también por qué se siente extranjero entre los hombres. W. G. Sebald recoge en este libro la historia de un ser trastornado, de­sarraigado, que no puede encontrar su hogar en la tierra. ( )
  MigueLoza | Dec 19, 2020 |
every time i finish a book by sebald, i think "this one is the best" -- this time, i'm convinced it is. ( )
1 vote melanierisch | Oct 25, 2020 |
I listened to this book and I might have been lucky that I didn't read it as I guess the structure of the book is one of no paragraphs and has sentences that go on and on. One is seven pages long. Listening to the story, the narrator tells you in first person of his friendships with Austerlitz (a boy who was part of kindertransport) and sometimes it is Austerlitz first person story. Austerlitz did not know his story and by finally searching back he discovers his ties and how WWII impacted his life and his family life. It is a story of search for identity. Also noted by others is that time is a theme and water represents time. Also there are three times that Noah's ark is mentioned. This is W. G. Sebald's last book he wrote and the first one that I've read by the author. ( )
  Kristelh | Jun 9, 2020 |
"Austerlitz" is a wonderful exploration of memory and also identity. Austerlitz, the character, relays his story to the narrator, pictures are frequent in the novel and the whole form of the book acts as a sort of historical document. Sebald chooses to ruminate many times on the nature of memory and the assaults of the past that frequently assail Austerlitz are examples of the lack of control and consistency an individual has in the present. The prose is lucid, although it meanders at times, and grand in the descriptions of trauma and Austerlitz's accounts of his episode to the narrator. The one issue I did have was with the character of Austerlitz. There's a degree of emotional despondency that doesn't really get resolved in a way that one can fully relate to the character more quizzically observe as a sort of emotional oddity or living ghost. ( )
  b.masonjudy | Apr 3, 2020 |
Some books are such gifts. This novel is one. It's not for everyone. Most of my book club didn't enjoy reading it. You need to be very patient with it because it's written in the form of one seeming digression after another. The digressions are incredible though. Many of them have to do with the way history reveals itself in ways that range far beyond books--in buildings, in monuments, in personal memories we share with one another in conversation. I could say this novel changed the way I think about history. ( )
  poingu | Feb 22, 2020 |
Mostrando 1-5 de 82 (seguinte | mostrar todos)
He is one of the most gripping writers imaginable. It's not the story so much that takes hold of the reader: it's the descriptions and the meditations, which can be hallucinatory in their effect. This is true of all his books, but in Austerlitz the proportion of rumination and evocation to narrative is larger than ever.
adicionada por jburlinson | editarNew York Review of Books, Gabriele Annan (sítio Web pago) (Nov 1, 2001)
 

» Adicionar outros autores (13 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Sebald, W. G.autor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bell, AntheaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Charvát, RadovanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hengel, Ria vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Krüger, MichaelNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Matthews, RichardNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vigliani, AdaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wood, JamesIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In the second half of the 1960s I traveled repeatedly from England to Belgium, partly for study purposes, partly for other reasons which were never entirely clear to me, staying sometimes for just one or two days, sometimes for several weeks.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Don't combine this title with Young Austerlitz which is merely an extract of the complete work.
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

In the summer of 1939, five-year-old Jacques Austerlitz is sent to England on one of the so-called Kindertransports and placed with foster parents in Wales. For reasons of their own, the childless Calvinist couple erase from the boy all knowledge of his identity. Austerlitz, who eventually becomes an architectural historian, goes through life assiduously avoiding all clues that might point to his origins and to the fate of his true parents. It is only in his retirement that the past returns to haunt him and makes him explore what happened to him half a century ago.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: W. G. Sebald

W. G. Sebald tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de W. G. Sebald.

Ver a página de autor de W. G. Sebald.

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.15)
0.5 1
1 13
1.5 2
2 22
2.5 12
3 87
3.5 39
4 205
4.5 41
5 303

GenreThing

No genres

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,273,715 livros! | Barra de topo: Sempre visível