Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Vertigo (1995)

por W. G. Sebald

Outros autores: Ver a secção outros autores.

Séries: ゼーバルト・コレクション

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,3532210,181 (3.97)38
Vertigo, W. G. Sebald's first novel, never before translated into English, is perhaps his most amazing and certainly his most alarming. Sebald--the acknowledged master of memory's uncanniness--takes the painful pleasures of unknowability to new intensities in Vertigo. Here in their first flowering are the signature elements of Sebald's hugely acclaimed novelsThe Emigrants andThe Rings of Saturn. An unnamed narrator, beset by nervous ailments, is again our guide on a hair-raising journey through the past and across Europe, amid restless literary ghosts--Kafka, Stendhal, Casanova. In four dizzying sections, the narrator plunges the reader into vertigo, into that "swimming of the head," as Webster's defines it: in other words, into that state so unsettling, so fascinating, and so "stunning and strange," asThe New York Times Book Review declared aboutThe Emigrants, that it is "like a dream you want to last forever."… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 38 menções

Inglês (20)  Alemão (1)  Holandês (1)  Todas as línguas (22)
Mostrando 1-5 de 22 (seguinte | mostrar todos)
I liked the writing style but really feel like I missed something. Like a story, or a plot, or a theme. I also feel that the random pictures included in the book took away rather than enhanced the book.
Great book wrong time? or maybe this book just isn't for me. Definitely didn't hate it though. ( )
  curious_squid | Apr 5, 2021 |
dreamy but detached.

i liked the pictures. ( )
  stravinsky | Dec 28, 2020 |
I first read this book in grad school but remembered nothing about it. I decided to re-read it and still have no real lasting impression of it. It's about the danger of nostalgia and memory, with two biographies interjected, and a distinctly European aesthetic. It reminded me of Ishiguro's The Unconsoled--which I remember and appreciated much better. I am happy to send my copy of this book into the world to someone who will appreciate it more than me. ( )
  DrFuriosa | Dec 4, 2020 |
Beautiful passages but did not, for me, coalesce into something larger quite as effectively as The Emigrants did. Still great in the Sebaldian way. ( )
  Alex_JN | Dec 10, 2019 |
I also read this one twice, I recall being disappointed by my initial reading. The subtle sequences it engages were much more palpable upon the second encounter. ( )
  jonfaith | Feb 22, 2019 |
Mostrando 1-5 de 22 (seguinte | mostrar todos)
The time has come to say something about this writer's extraordinary prose, without which his rambling plots and ruminations would be merely clever and unsettling. Like the coincidences he speaks of, it is a style that recovers, devours, and displaces the past. He has Bernhard's love of the alarming superlative, the tendency to describe states of the most devastating confusion with great precision and control. But the touch is much lighter than Bernhard's, the instrument more flexible. Kafka is present here too, perhaps from time to time Robert Walser, and no doubt others as well. But all these predecessors have been completely digested, destroyed, and remade in Sebald and above all in his magnificent descriptions, which mediate so effectively between casual incident and grand reflection.
adicionada por jburlinson | editarNew York Review of Books, Tim Parks (sítio Web pago) (Jun 15, 2000)
 

» Adicionar outros autores (12 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Sebald, W. G.autor principaltodas as ediçõesconfirmado
Hengel, Ria vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hulse, MichaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Valkengoed, JosTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In mid-May of the year 1800 Napoleon and a force of 36,000 men crossed the Great St Bernard pass, an undertaking that had been regarded until that time as next to impossible.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (3)

Vertigo, W. G. Sebald's first novel, never before translated into English, is perhaps his most amazing and certainly his most alarming. Sebald--the acknowledged master of memory's uncanniness--takes the painful pleasures of unknowability to new intensities in Vertigo. Here in their first flowering are the signature elements of Sebald's hugely acclaimed novelsThe Emigrants andThe Rings of Saturn. An unnamed narrator, beset by nervous ailments, is again our guide on a hair-raising journey through the past and across Europe, amid restless literary ghosts--Kafka, Stendhal, Casanova. In four dizzying sections, the narrator plunges the reader into vertigo, into that "swimming of the head," as Webster's defines it: in other words, into that state so unsettling, so fascinating, and so "stunning and strange," asThe New York Times Book Review declared aboutThe Emigrants, that it is "like a dream you want to last forever."

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: W. G. Sebald

W. G. Sebald tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de W. G. Sebald.

Ver a página de autor de W. G. Sebald.

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.97)
0.5
1 4
1.5
2 9
2.5 5
3 33
3.5 14
4 91
4.5 13
5 64

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,075,691 livros! | Barra de topo: Sempre visível