Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

The Tempest (1610)

por William Shakespeare, Leopold Maurer, Shakespeare

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
14,006172427 (3.93)3 / 566
Drama. Fiction. HTML:

The Tempest is thought by many to be Shakespeare's greatest and most perfect play. When the magician Prospero deliberately summons a storm to overcome his enemy King Alonso of Naples ship the passengers are washed ashore on a fantastical island. Prospero manipulates the king, his entourage, apparitions and fiends as he schemes revenge on the hapless Alonso. Prospero's daughter and the King's son Ferdinand fall in love and their fraught lover provides the catalyst for their fathers' reconciliation, contrition and clemency.

.… (mais)
  1. 30
    Forbidden Planet: A Novel por W. J. Stuart (Utilizador anónimo)
    Utilizador anónimo: The Tempest in outer space.
  2. 20
    Ariel por Grace Tiffany (gabeblaze)
    gabeblaze: Ariel is the story of the tempest from the knavish sprite Ariel's point of view, the story is basically the same as the classic The Tempest, with some exceptions.
  3. 31
    Brave New World por Aldous Huxley (Sylak)
    Sylak: Caliban in The Tempest has many parallels with John the Savage in Brave New World.
  4. 10
    The Collector por John Fowles (Booksloth)
  5. 10
    Mama Day por Gloria Naylor (susanbooks)
  6. 00
    Prospero's Daughter por Elizabeth Nunez (susanbooks)
  7. 00
    The Tempest [sound recording] por Pyotr Ilyich Tchaikovsky (Utilizador anónimo)
    Utilizador anónimo: A musical spin-off worth reading/hearing. If you can, read the score. If you can't, check any of the available recordings (Abbado, Fistoulari, Pletnev, Jarvi, Litton, Stokowski, Toscanini).
  8. 00
    The Sea and the Mirror por W. H. Auden (Utilizador anónimo)
    Utilizador anónimo: A literary spin-off that surpasses the original. A rare case indeed! What Will started 400 years ago, Wystan finished in the last century: he turned the cardboard stereotypes into real characters.
  9. 01
    An Unofficial Rose por Iris Murdoch (JuliaMaria)
    JuliaMaria: In der Einleitung zu "an unofficial rose" von Iris Murdoch schreibt Anthony D. Nuttal: "But this book is really much more Shakespearen than it is Dickensian, The Tempest, which will figure so prominently in The Sea, The Sea, is powerfully though less obtrusively operative in this earlier book."… (mais)
  10. 01
    The Dream of Perpetual Motion por Dexter Palmer (sturlington)
    sturlington: The Dream of Perpetual Motion is a steampunk retelling of The Tempest
Europe (23)
Read (51)
AP Lit (55)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

» Ver também 566 menções

Inglês (162)  Italiano (3)  Português (Brasil) (2)  Espanhol (2)  Alemão (1)  Catalão (1)  Sueco (1)  Todas as línguas (172)
Mostrando 1-5 de 172 (seguinte | mostrar todos)
I've always loved this one, but I forgot how short it is. ( )
  Library_Guard | Jun 17, 2024 |
Shakespeare is always a difficult to review, simply because going back and forth between the annotation makes pulls one out of the story, but to get the greatest understanding, they are important. I think these are plays that require more than one reading to fully understand.

As for the Tempest, I found it to be a be a bit - overdone. Prospero and his granddaughter, Miranda, are exiled to an empty island, where he learns secret magical arts of binding spirits. A number of years later, he uses these arts to bring his nemesis and their sons to the island, where after a few pranks and punishment, Miranda and Ferdinand are engaged to each other and all is well. ( )
  TheDivineOomba | Jan 15, 2024 |
Mentre osservo sgomenta questa politica che ha ormai contribuito alla morte di più di millecinquecento persone nel Mediterraneo, ho sentito il bisogno di rileggere La tempesta per questa citazione:

Ariel: Il tuo incantesimo
Agisce con tanta forza
Che, se tu li vedessi ora,
Ne avresti tenerezza.
Prospero: Lo credi, spirito?
Ariel: Io sì,
Se fossi umano.
Prospero: E allora io lo sarò.
Tu che non sei che aria
Sei come toccato da un senso,
Una pena per i loro affanni
E io, che sono della stessa specie,
Che soffro le stesse passioni,
Non dovrò, uomo,
Commuovermi più di te?

Adesso sono qui a cercare di mettere nero su bianco cosa significa per me questa citazione, quest’opera e scrivo e cancello un discorso retorico dietro l’altro. Il punto è che, al netto di tutto, trovo inaccettabile rifiutarsi di salvare e accogliere persone che rischiano la vita in mare.

È vero, la questione delle migrazioni viene affrontata da anni (ma tanti anni, almeno trentina) in maniera pessima dall’Italia e dall’Unione Europea e questo ci ha portato dove siamo adesso, ma niente di tutto questo giustifica il rifiutarsi di salvare persone in mare.

E io non sono una di quelle che si strugge di lacrime davanti alle foto di cadaveri sulle spiagge, nemmeno quando sono bambini: forse mi manca l’empatia necessaria, non lo so, ma di sicuro ho abbastanza rispetto della vita umana da impedirmi di spregiare il dolore e rallegrarmi di una bocca in meno da sfamare.

La tempesta è una delle opere più importanti del Seicento europeo e forse quella che più di tutte racconta l’uomo moderno, nel bene e nel male: ci sono i nostri principi, tra i quali quello di essere vicini ai nostri simili nella sventura e dell’uso della ragione contro ogni furore, e le nostre colpe, come il colonialismo che ha distrutto intere culture in nome di una presunta superiorità.

Chi sta dunque mettendo in pericolo la nostra cultura, nascondendo le nostre colpe? ( )
  lasiepedimore | Jan 11, 2024 |
For the 400th anniversary of the publication of Shakespeare's First Folio, I thought I would read one of the plays in it which, but for its publication, would have been lost to us. While a performance of this play (though I have never seen one) contains some strong imagery, I don't think this worked as a playscript. After a strong start in Act 1 with the shipwreck, and Prospero's backstory conversation with Miranda, I thought it meandered after that and I didn't enjoy it much. ( )
  john257hopper | Nov 10, 2023 |
Regie: Peter Kratz
Kostüme: Lisa Nickstat
Bühne: Luise Wolff & Enno Craiss
Musik: John King
Regieassistenz: Pauline Kosack

Es spielen: Sandro Howald, Andreas Klaue, Yasmin Münter, Lennart Alessandro Naether, Janina Zamani ( )
  JuliaMaria | Jun 24, 2023 |
Mostrando 1-5 de 172 (seguinte | mostrar todos)

» Adicionar outros autores (327 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Shakespeare, Williamautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Maurer, Leopoldautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Shakespeareautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Andrews, John F.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Arnold, AnnArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barton, AnneEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Black, Ebenezer CharltonEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Blatchford, RoyEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Boas, Frederick S.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Butler, MartinEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Deighton, K.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dulac, EdmundIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gentleman, DavidDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gollancz, IsraelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Harrison, George B.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hodges, C. WalterDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Holland, PeterIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Horne, DavidEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hudson, Henry N.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kastan, David ScottIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kermode, FrankEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kittredge, George LymanEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Komrij, GerritTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lindley, DavidEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lodovici, Cesare VicoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mowat, Barbara A.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Orgel, StephenEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Proudfoot, RichardGeneral editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Quiller-Couch, Arthur ThomasEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rolfe, William JamesEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stevenson, O. J.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thompson, AnnGeneral editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tiesema, WatzeEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tiffany, GraceEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vaughan, Alden T.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vaughan, Virginia MasonEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Verity, A. W.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Werstine, PaulEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wood, StanleyEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

Contém

É recontada em

Tem a sequela (não de série)

Tem a adaptação

É parodiada em

É respondida em

Inspirada

Tem como guia de referência/texto acompanhante

Tem como estudo

Tem como suplemento

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Boatswain!
At the maindeck of a ship at sea, near an unknown island.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I would fain die a dry death.
Now would I give a thousand furlongs of sea for an acre of barren ground.
Full fathom five thy father lies;
Of his bones are coral made;
Those are pearls that were his eyes:
Nothing of him that doth fade
But doth suffer a sea-change
Into something rich and strange.
Knowing I lov'd my books, he furnish'd me
From mine own library with volumes that
I prize above my dukedom.
The fringed curtains of thine eye advance.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This work is for the complete The Tempest only. Do not combine this work with abridgements, adaptations or simplifications (such as "Shakespeare Made Easy"), Cliffs Notes or similar study guides, or anything else that does not contain the full text. Do not include any video recordings. Additionally, do not combine this with other plays.
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico
Drama. Fiction. HTML:

The Tempest is thought by many to be Shakespeare's greatest and most perfect play. When the magician Prospero deliberately summons a storm to overcome his enemy King Alonso of Naples ship the passengers are washed ashore on a fantastical island. Prospero manipulates the king, his entourage, apparitions and fiends as he schemes revenge on the hapless Alonso. Prospero's daughter and the King's son Ferdinand fall in love and their fraught lover provides the catalyst for their fathers' reconciliation, contrition and clemency.

.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.93)
0.5
1 29
1.5 7
2 112
2.5 23
3 472
3.5 97
4 728
4.5 64
5 701

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 209,000,649 livros! | Barra de topo: Sempre visível