Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

The God Who Begat a Jackal: A Novel

por Nega Mezlekia

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
602340,266 (3.71)3
Nega Mezlekia is a new and exciting talent who has already been compared to Soyinka and Marquez. This first novel is both magical and lyrical; set in a timeless vision of Africa, it is steeped in folklore and mythology. The ethnic, religious and class struggles of pre-colonial Africa form a vivid backdrop to a story of forbidden love between a slave and his mistress.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 3 menções

Mostrando 2 de 2
There is a lot to this book. At the heart of the story is Count Ashenafi; his daughter Aster and the society they live in. Aster is unusual and is cloistered away by her father. When she falls in love with one of her guards (a family slave) trouble follows. In the late 18th century Ethiopia was a mess of feuding warlords; religious conflict and the serfs and slaves were questioning the status quo. Mezlekia takes all this and creates an epic of forbidden love; civil conflict; touches of the supernatural and good story telling. I really enjoyed this book, I liked the characters and the setting. Sometimes the story seems a bit sprawling but overall a good read. ( )
1 vote calm | Dec 30, 2010 |
This is an amazing book, and perhaps the least well known African masterwork ever done. Hyperbole aside, it is at once a fable, cosmology, thriller, romance, allegory, and war novel. The author describes it as being "set in the period from 1750 to the late 1800's" in what is modern-day Ethiopia. It tells the tale of Gudu, a slave-cum-erstwhile-hero who leads a campaign, the love-of-his-life and noblewoman Aster, Aster's father Duke Ashenafi, and many other colorful characters. The plot migrates from family life and conflict, to intrigue, class warfare, and finally a series of raids and war. The plot is bejeweled with unexpected turns, despicable characters, noble purity, inventions, class struggle and much more. Why this book is not recognized for its quality is a mystery. ( )
1 vote shawnd | May 12, 2009 |
Mostrando 2 de 2
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To the Asters of the world
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Deep within the conquering blue sky, far beyond the feathered patrols and their scouts, lives the all-seeing, Mawu-Lisa, God of my people.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Nega Mezlekia is a new and exciting talent who has already been compared to Soyinka and Marquez. This first novel is both magical and lyrical; set in a timeless vision of Africa, it is steeped in folklore and mythology. The ethnic, religious and class struggles of pre-colonial Africa form a vivid backdrop to a story of forbidden love between a slave and his mistress.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.71)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 2
3.5 2
4 2
4.5
5 1

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,692,875 livros! | Barra de topo: Sempre visível