Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

States of Exile: Visions of Diaspora,…
A carregar...

States of Exile: Visions of Diaspora, Witness, and Return (Polyglossia:… (edição 2008)

por Alain Epp Weaver (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
28Nenhum(a)663,335 (1)Nenhum(a)
States of Exile offers a political theology of exile which envisions diaspora and return as both integral dimensions of the church's witness for the shalom of the city. Unlike conventional views, Alain Epp Weaver insits that diaspora and return need not stand in irreducible opposition. He explores these understandings in critical conversations with John Howard Yoder, Edward Said, Karl Barth, and Daniel Boyarin. His views also represent reflection on over a decade of living and working among Palestinian refugees. Epp Weaver envisions the Christian church as a community in exile which must learn to be theologically "not in charge." The church in exile, he argues, must cultivate a receptiveness to the inbreaking of God's Spirit from beyond its walls. Book jacket.… (mais)
Membro:psmclibrary
Título:States of Exile: Visions of Diaspora, Witness, and Return (Polyglossia: Radical Reformation Theologies)
Autores:Alain Epp Weaver (Autor)
Informação:Herald Pr (2008), 215 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Emigration and immigration in the Bible, Emigration and immigration-Christianity, Christianity and culture, Christianity and politics, 261 W36

Pormenores da obra

States of Exile: Visions of Diaspora, Witness, and Return (Polyglossia: Radical Reformation Theologies) por Alain Epp Weaver

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem críticas
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

States of Exile offers a political theology of exile which envisions diaspora and return as both integral dimensions of the church's witness for the shalom of the city. Unlike conventional views, Alain Epp Weaver insits that diaspora and return need not stand in irreducible opposition. He explores these understandings in critical conversations with John Howard Yoder, Edward Said, Karl Barth, and Daniel Boyarin. His views also represent reflection on over a decade of living and working among Palestinian refugees. Epp Weaver envisions the Christian church as a community in exile which must learn to be theologically "not in charge." The church in exile, he argues, must cultivate a receptiveness to the inbreaking of God's Spirit from beyond its walls. Book jacket.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (1)
0.5
1 1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,653,676 livros! | Barra de topo: Sempre visível