Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

As irmãs Makioka

por Jun'ichirō Tanizaki

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,799407,113 (4.11)149
In Osaka in the years immediately before World War II, four aristocratic women try to preserve a way of life that is vanishing. As told by Junichiro Tanizaki, the story of the Makioka sisters forms what is arguably the greatest Japanese novel of the twentieth century, a poignant yet unsparing portrait of a family-and an entire society-sliding into the abyss of modernity. Tsuruko, the eldest sister, clings obstinately to the prestige of her family name even as her husband prepares to move their household to Tokyo, where that name means nothing. Sachiko compromises valiantly to secure the future of her younger sisters. The unmarried Yukiko is a hostage to her family's exacting standards, while the spirited Taeko rebels by flinging herself into scandalous romantic alliances. Filled with vignettes of upper-class Japanese life and capturing both the decorum and the heartache of its protagonist, "The Makioka Sisters" is a classic of international literature.… (mais)
Adicionado recentemente porsharvani, tha-bz, Jinjer, Lahoori, scunliffe, mathai23, gigapoctopus, pieternella
Bibliotecas LegadasEeva-Liisa Manner
  1. 20
    Emma por Jane Austen (Sarasamsara)
    Sarasamsara: Like Austen's novels, The Makioka Sisters traces the daily lives and romances of an upper-class family-- the only difference is that this is pre-war Japan, not Regency England. Like in one of Austen's works, when you close the novel you feel like you are closing the door on someone's life.… (mais)
  2. 10
    A Suitable Boy por Vikram Seth (kitzyl)
    kitzyl: A family's quest to find a husband for an unmarried daughter/sister, set against the background of Indian/Japanese culture.
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 149 menções

Mostrando 1-5 de 40 (seguinte | mostrar todos)
O romance gira em torno do casamento arranjado, um assunto geralmente evitado nos romances modernos, carregando da conotação negativa de indiferença aos desejos da futura noiva.

Eles podem tentar acomodar os desejos da jovem no "um" tipicamente envergonhado e descomprometido de Yukiko, todos ao seu redor tentam freneticamente adivinhar seus verdadeiros sentimentos.

A irmã mais nova, Taeko, que ao contrário de Yukiko age sozinha e se apaixona, acaba se casando com um barman sem dinheiro, pai de seu filho natimorto, enquanto Yukiko sai para se casar com um barão com grande esplendor. Leitores ocidentais podem ficar perplexos, imaginando como um casamento arranjado poderia receber tratamento preferencial sobre o amor. Muitos, no entanto, terão adquirido uma compreensão mais rica de um costume matrimonial que existe há milhares de anos e provavelmente estará presente por muito tempo.

Esta obra da literatura japonesa moderna serve para enriquecer a visão de mundo daqueles no Ocidente.

Quando o Japão abriu suas portas para o mundo em 1868, juntamente com a tecnologia, o país começou a importar arte ocidental. O povo japonês entrou em contato pela primeira vez com romances modernos e, através deles, com a noção de amor romântico. O tema do amor entre um homem e uma mulher fazia parte da tradição literária japonesa, com certeza, mas nunca ocupou o lugar privilegiado que ocupava no Ocidente. Romances habitados por homens e mulheres apaixonados logo inundaram a cena literária. No entanto, na vida real, os casamentos arranjados continuavam sendo a norma e o amor romântico sempre parecia estranho.

Foi depois da Segunda Guerra Mundial que uma mudança drástica começou. O casamento formal arranjado tornou-se cada vez mais obsoleto e hoje as pessoas são incentivadas a procurar o parceiro dos seus sonhos por conta própria. No entanto, o termo "casamento arranjado" ainda não carrega conotação negativa em japonês. Ao mesmo tempo, "愛, ai", o equivalente da palavra "amor" palavra tão comum nas línguas ocidentais e tão crucial no aproveitamento do romance, ainda não se enraizou profundamente.

Então, um garoto japonês provavelmente usaria o verbo "好き suki" ao dizer a uma garota que ele quer dizer "eu te amo", cujo equivalente seria "gostar". Suki pode ser aplicado a qualquer coisa, seja sushi, gatos ou livros. E ao declarar amor, recorrer a essa verbo mundano e abrangente se adapta de alguma forma à língua japonesa, que geralmente soa melhor quando as coisas são vagas.

As Irmãs Makioka são ambientadas nos anos anteriores à Segunda Guerra Mundial, mas foram escritas durante e após a guerra. Tanizaki sabia que o Japão nunca mais seria o mesmo. No entanto, um grande escritor sempre conhece o poder persistente da linguagem. Tanizaki previu que um romance que se parece com um elogio ao casamento arranjado permaneceria por muito tempo relevante no Japão. ( )
  Marcos_Augusto | Jul 21, 2021 |
That has the craziest fucking last line I think I've ever read in a book. I loved the vignette nature of this and all the little references to the burgeoning world war were fascinating as they mostly came from German and Japanese perspectives (at one point a German friend of the Makioka sisters hopes that Hitler will settle things before they have to go to war, yikes). Reading the summary I expected that the book would focus on Yukiko or the youngest sister but it's told almost entirely through the point of view of the second oldest sister, torn between her responsibilities as one of the two main faces of their prominent but declining family and her love of her sometimes troublesome younger sisters. I love books like this -- quiet family dramas from a cultural background I'm not familiar with -- and even if this moved pretty slowly at times, I enjoyed every minute of it. ( )
  jobinsonlis | May 11, 2021 |
A novel of utmost serenity contradicting the turmoil brewing within the Makioka family and Japan at the onset of WWII. What seemed to be a tale of sister bonding on the surface jeopardised by different, clashing personalities turned out to be a complicated family affair built upon reputation, pride, and long-gone wealth. This was often fraught with tension — taking shape in forms of jealousy, insecurity, ill-health, and submissiveness — and was a deep reflection of Japanese tradition especially on marriage and women's role in society.

Conservatism was a big part of the novel. This was often frustrating to read about due to its unfortunate and apparent presence in our society even today. How limiting it was I can't imagine being bred in such an environment despite one of the sisters being set apart as a "representation of modernism", ie., not wearing a kimono often, earning money for one's self, and the desire to get higher education (but even these felt like a farce as the book's twists negated some of these ideas rather described as "rebellion"). The constant search for the perfect husband, economically, physically, and mentally, for one of the sisters was also Austenesque.

The Makioka Sisters spoke of cherry blossoms, family dinners, and soft conversations. It also spoke of how being deeply unyielding with regards to family traditions may break a family. All these women were dependent on their husbands without any choice on the matter with the saving grace of having a heartwarming and aptly sentimental connection with each other (Sachiko particularly is the best of the sisters). The enduring quality of this novel was how it could be taken apart in so many ways yet you're still left with more to take apart. Absolutely memorable. ( )
  lethalmauve | Jan 26, 2021 |
The second world war looms, but the Makioka sisters are concerned with social obligations, family ceremonies and marrying off the two youngest sisters, Yukiko and Taeko.

A wonderful book, full of the minutiae of life in a middle-class family in the Japan of the thirties.

Highly recommended ( )
  pamelad | Dec 14, 2020 |
The Makioka Sisters

Now here is something. A book of mind numbing detail. Pages and pages of it. Ritual, protocol and discipline. Sounds bad but it is wonderful. It is the story of 4 sisters in Japan from the turn of the 20th  Century up to and into WW2. It is about their lives, the shape of their lives and the content of their lives.
 
It was not until I was a fair way into this book that I realised that the sisters live lives that were prescribed in the 1700's. They live in a world that is vanishing but they don't know it. It is only by oblique references that you can work out what's happening in the outside world. For that is where the rest of the world is - outside.
 
I liked very much that the picture that is built up in this book comes from the myriad of details that assails you from the get go.
 
As a picture of an era that is passing this makes The Remains of the Day look like an episode of The Simpsons ( )
  Ken-Me-Old-Mate | Sep 24, 2020 |
Mostrando 1-5 de 40 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (10 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Jun'ichirō Tanizakiautor principaltodas as ediçõescalculated
Hengst, UllaTradutorautor principalalgumas ediçõesconfirmado
Yatsushiro, SachikoTradutorautor principalalgumas ediçõesconfirmado
Hengst, UllaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seidensticker, Edward G.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Westerhoven, JacquesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Yatsushiro, SachikoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"Would you do this please, Koi-san?"
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

In Osaka in the years immediately before World War II, four aristocratic women try to preserve a way of life that is vanishing. As told by Junichiro Tanizaki, the story of the Makioka sisters forms what is arguably the greatest Japanese novel of the twentieth century, a poignant yet unsparing portrait of a family-and an entire society-sliding into the abyss of modernity. Tsuruko, the eldest sister, clings obstinately to the prestige of her family name even as her husband prepares to move their household to Tokyo, where that name means nothing. Sachiko compromises valiantly to secure the future of her younger sisters. The unmarried Yukiko is a hostage to her family's exacting standards, while the spirited Taeko rebels by flinging herself into scandalous romantic alliances. Filled with vignettes of upper-class Japanese life and capturing both the decorum and the heartache of its protagonist, "The Makioka Sisters" is a classic of international literature.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.11)
0.5
1 5
1.5 1
2 7
2.5 5
3 35
3.5 10
4 103
4.5 30
5 97

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,526,316 livros! | Barra de topo: Sempre visível