Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Norwegian Wood por Haruki Murakami
A carregar...

Norwegian Wood (original 1987; edição 2000)

por Haruki Murakami, Jay Rubin (Tradutor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
16,129351318 (3.94)6 / 506
"Toru, a quiet and preternaturally serious young college student in Tokyo, is devoted to Naoko, a beautiful and introspective young woman, but their mutual passion is marked by the tragic death of their best friend years before. Toru begins to adapt to campus life and the loneliness and isolation he faces there, but Naoko finds the pressures and responsibilities of life unbearable. As she retreats further into her own world, Toru finds himself reaching out to others and drawn to a fiercely independent and sexually liberated young woman."--Back cover.… (mais)
Membro:AshRose
Título:Norwegian Wood
Autores:Haruki Murakami
Outros autores:Jay Rubin (Tradutor)
Informação:Vintage (2000), Edition: 0, Paperback, 298 pages
Coleções:A sua biblioteca
Avaliação:**
Etiquetas:Nenhum(a)

Informação Sobre a Obra

Norwegian Wood por Haruki Murakami (1987)

Adicionado recentemente porJoeB1934, calistria, chill_reader, brookleberrylibrary, LaRayadelPalancar, biblioteca privada, IrishEevee
Bibliotecas LegadasLeslie Scalapino
  1. 81
    The Wind-Up Bird Chronicle por Haruki Murakami (philrafferty)
    philrafferty: Murakami's masterwork.
  2. 116
    The Catcher in the Rye por J. D. Salinger (hippietrail, Jannes)
    Jannes: Many interesting parallells, and the protagonist of Norwegian Wood compares himself with Holden Caulfield from Catcher on several occations.
  3. 40
    1Q84 Book 1 por Haruki Murakami (jalonsoarevalo)
    jalonsoarevalo: MAravillosa recreación tomando como letmotiv el libro de Orwell 1984
  4. 10
    Tender is the Night por F. Scott Fitzgerald (Lex23)
    Lex23: Both books beautifully describe a difficult relationship between a man and a woman with a psychiatric background
  5. 10
    In Watermelon Sugar por Richard Brautigan (ursula)
    ursula: Murakami is influenced by Brautigan. Both are simple but weird tales of love and life.
  6. 00
    Who is Mr Satoshi? por Jonathan Lee (alzo)
  7. 11
    1Q84 por Haruki Murakami (PaulBerauer)
  8. 00
    Socrates In Love: Novel (Socrates in Love) por Kyoichi Katayama (alalba)
  9. 00
    The Marriage Plot por Jeffrey Eugenides (aprille)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Inglês (277)  Espanhol (19)  Holandês (17)  Italiano (7)  Catalão (5)  Alemão (3)  Francês (3)  Sueco (3)  Norueguês (2)  Dinamarquês (2)  Húngaro (2)  Norueguês (Bokmål) (1)  Português (1)  Hebraico (1)  Coreano (1)  Todas as línguas (344)
Mostrando 1-5 de 344 (seguinte | mostrar todos)
This is my first reading of an Haruki Murakami book. I took it off the bookshelf because I was going to Kyoto, his birthplace, thinking it might give me some insight into what it was to be Japanese. I'm not sure if has but some of the details probably make more sense now that I've been there.

Speaking of details, it took me half the book to get used to (and enjoy) the minute levels of quotidian detail. But all the seeming irrelevant observation and inconsequential dialogue work towards a very leisurely pace and give plenty of space for nuanced reflection. The narrative is presented as a reflective exercise in memory prompted by hearing the Beatles eponymous song Norwegian Wood, I once had a girl, or should I say, she once had me.... There a many musical references.

I see (in Goodreads) that there are many female readers who object to his portrayal of women and for this reason object to the book. In some respects (by today's standards) they have a point, but the narrative is set in 1969, and it's entirely appropriate that such a directionless, flâneur-like, character as Watanabe speaks and thinks the way he does.

I was interested to see if there would be deus ex machina as Murakami laid the ground for it, but in the end there wasn't one. This is a gentle book about love and loss and while at first I gave it 3 stars, on closing I've given it 4 because it kept me engaged to the end. ( )
  simonpockley | Feb 25, 2024 |
I was familiar with and love the quote from this book: "If you only read the books that everyone else is reading, you can only think what everyone else is thinking." So I already knew Haruki Murakami could turn a phrase. I felt some resistance to Toru Watanabe's story in the early chapters of the book, but once I was caught in the web of the story of these many damaged people in his life, and his relative stoicism, his growth through confronting loss and grief, I was completely invested. Murakami is a masterful writer, creator of multiple complex and dimensional characters, and that quote above was only one of several I made note of. But I was also struck by how he used time travel -- not the supernatural kind, but simply having access to the narrator's thoughts or activities at different times in his life as a way to weave the pieces of the story tighter toward its resolution. First five star review I have given in a while. ( )
  bschweiger | Feb 4, 2024 |
Per certi versi, Norwegian Wood è il solito romanzo di formazione: abbiamo un protagonista, Tōru, sull’orlo dell’età adulta senza sapere bene cosa farà da grande (che, anzi, si fa trascinare dalla vita, più subendola che vivendola) e una manciata di altri personaggi abbastanza tipici del genere, dalla ragazza smaliziata e “alternativa” all’amico che, beato lui, ha già una strada da seguire.

La particolarità di Norwegian Wood sta nella malinconia e nella tristezza della constatazione che l’adolescenza sia un’età alla quale non tuttə sopravvivono, e spesso non ne sappiamo neanche il perché. Mi è piaciuto molto l’equilibrio con il quale Murakami ha affrontato l’argomento: è vero che chi è arriva all’età adulta ha avuto più forza, più coraggio e anche più fortuna, ma non c’è condanna o disprezzo per chi invece si è arresə.

Solo tristezza, per la vita sprecata, per i legami recisi, per chi rimane e deve andare avanti con più solitudine da portarsi dentro. È un ambito dove è facile scivolare nei sentimentalismi, ma Murakami se ne tiene ben lontano, limitandosi a raccontare una storia di crescita, con tutti quei momenti nei quali la vita sembra così spaventosa da lasciare senza fiato e desiderosə di fermarsi, di avere una pausa, una tregua.

Se avete intenzione di leggerlo, tenete presente che è un classico romanzo di formazione e che, anche se magari non è il capolavoro esaltato da moltə, si legge volentieri e con interesse. In definitiva, sono molto contenta che sia stato il libro di novembre di LiberTiAmo, altrimenti chissà quando mi sarei decisa a leggerlo! ( )
  lasiepedimore | Jan 11, 2024 |
I don’t see what all the hype around this book is, like yeah I guess it’s kinda sad and explores loss and sexuality but like I wasn’t really into all that. It was ok and picked up around the end but not by much. Overall I feel like there are better books out there that I wouldn’t really recommend reading this one, but also I haven’t read much of the authors other works. ( )
  Radar12378 | Nov 30, 2023 |
DNF
  rianainthestacks | Nov 5, 2023 |
Mostrando 1-5 de 344 (seguinte | mostrar todos)
Menschen wie Toru Watanabe trifft man in allen Büchern von Haruki Murakami. Es sind Singles, die in ihren Apartments sitzen und sich alte Filme anschauen, die Miles Davis hören und Scotch dazu trinken. Das Schicksal hat Spuren in ihnen hinterlassen, so wie in Toru Watanabe, der mit Naoko die einzige wirkliche Liebe seines Lebens verloren hat. Aber diese Spuren sind wie Kratzer auf einer Schallplatte. Sie kehren regelmäßig wieder und jedes Mal wieder erschrickt man - auch wenn sich bereits nicht mehr so genau erinnern kann, bei welcher Gelegenheit man die Nadel einmal zu unvorsichtig aufgesetzt hat.
adicionada por Indy133 | editarliteraturkritik.de, Kolja Mensing (Apr 1, 2001)
 

» Adicionar outros autores (33 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Haruki Murakamiautor principaltodas as ediçõescalculado
Amitrano, GiorgioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chancer, JohnNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Elbrich FennemaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nolla, AlbertTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Porta, LourdesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rubin, JayTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Many Fêtes
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I was 37 then, strapped in my seat as the huge 747 plunged through dense cloud cover on approach to Hamburg airport.
Eu tinha trinta e sete anos e viajava, de cinto posto, no meu lugar enquanto o enorme 747 mergulhava através de uma densa cobertura de nuvens a aproximar-se do aeroporto de Hamburgo.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

"Toru, a quiet and preternaturally serious young college student in Tokyo, is devoted to Naoko, a beautiful and introspective young woman, but their mutual passion is marked by the tragic death of their best friend years before. Toru begins to adapt to campus life and the loneliness and isolation he faces there, but Naoko finds the pressures and responsibilities of life unbearable. As she retreats further into her own world, Toru finds himself reaching out to others and drawn to a fiercely independent and sexually liberated young woman."--Back cover.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Murakami anyone? em Book talk

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.94)
0.5 11
1 53
1.5 7
2 211
2.5 56
3 825
3.5 231
4 1699
4.5 257
5 1243

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 201,848,756 livros! | Barra de topo: Sempre visível