Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Good Earth (Oprah's Book Club) por Pearl…
A carregar...

The Good Earth (Oprah's Book Club) (edição 2004)

por Pearl S. Buck (Autor)

Séries: The House of Earth (1)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
12,209244385 (4.02)622
"This Pulitzer Prize-winning classic tells the poignant tale of a Chinese farmer and his family in old agrarian China. The humble Wang Lung glories in the soil he works, nurturing the land as it nurtures him and his family. Nearby, the nobles of the House of Hwang consider themselves above the land and its workers; but they will soon meet their own downfall. Hard times come upon Wang Lung and his family when flood and drought force them to seek work in the city. The working people riot, breaking into the homes of the rich and forcing them to flee. When Wang Lung shows mercy to one noble and is rewarded, he begins to rise in the world, even as the House of Hwang falls" -- from publisher's web site.… (mais)
Membro:daturvey
Título:The Good Earth (Oprah's Book Club)
Autores:Pearl S. Buck (Autor)
Informação:Washington Square Press (2004), Edition: Reprint, 368 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

The Good Earth por Pearl S. Buck (Author)

  1. 80
    Snow Flower and the Secret Fan por Lisa See (mcenroeucsb)
    mcenroeucsb: Both are well-written novels set in late 19th/early 20th century China.
  2. 71
    The Grapes of Wrath por John Steinbeck (John_Vaughan)
  3. 51
    East of Eden por John Steinbeck (John_Vaughan)
  4. 30
    Things Fall Apart por Chinua Achebe (Ellen_Elizabeth)
    Ellen_Elizabeth: Another classic, historical fiction novel that explores a traditional culture through the story of one man and his family. Both were written in English and illustrate the author's perceived strengths and weaknesses of the subject culture in a way that is accessible to western readers.… (mais)
  5. 42
    Wild Swans: Three Daughters of China por Jung Chang (ominogue)
  6. 20
    Dragon Seed por Pearl S. Buck (deeyes)
    deeyes: Dragon seed is similar but better pearl buck book
  7. 10
    The Pearl por John Steinbeck (Authoress)
    Authoress: Families who go through times of both wealth and poverty are featured in both works
  8. 21
    The Plum in the Golden Vase or, Chin P'ing Mei: Vol. 1, The Gathering por Lanling Xiaoxiao Sheng (orangewords)
  9. 11
    The City of Joy por Dominique Lapierre (orangewords)
  10. 11
    Satan in Goray por Isaac Bashevis Singer (SanctiSpiritus)
  11. 12
    The Glass Palace por Amitav Ghosh (ominogue)
  12. 12
    Growth of the Soil por Knut Hamsun (thatguyzero)
  13. 23
    Sea of Poppies por Amitav Ghosh (jennyl.keen)
Asia (20)
1930s (15)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 622 menções

Mostrando 1-5 de 244 (seguinte | mostrar todos)
As a teenager, I read this book, and hated it.
As an adult, I re-read it, and found it to be an insightful view of rural China, and it's hierarchies.

The writing is intellectual, and interesting.

This novel opens your eyes to another culture, and what it means to value the most basic of things: land.

It is something that is taken for granted by a lot of people,
but, to some, it is their very livelihood.

It is refreshing to look through someone else's eyes, and see that there is always hope in working for what you want. ( )
  JordynMcCrary | Aug 17, 2021 |
Fiction
  hpryor | Aug 8, 2021 |
First read in high school, and have never forgotten. Wonderful read, now I can also listen.

This Pulitzer Prize-winning classic tells the poignant tale of a Chinese farmer and his family in old agrarian China. The humble Wang Lung glories in the soil he works, nurturing the land as it nurtures him and his family. Nearby, the nobles of the House of Hwang consider themselves above the land and its workers; but they will soon meet their own downfall.

Hard times come upon Wang Lung and his family when flood and drought force them to seek work in the city. The working people riot, breaking into the homes of the rich and forcing them to flee. When Wang Lung shows mercy to one noble and is rewarded, he begins to rise in the world, even as the House of Hwang falls.
  Gmomaj | Jul 28, 2021 |
I listened on Audible. The narrator was great-Anthony Heald. I hope to find more of his Audible books. ( )
  emrsalgado | Jul 23, 2021 |
A história começa no dia do casamento de Wang Lung e segue a ascensão e queda de sua fortuna. A Casa de Hwang, uma família de ricos proprietários de terras, mora na cidade vizinha, onde a futura esposa de Wang Lung, O-Lan, vive como escrava. No entanto, a Casa de Hwang diminui lentamente devido ao uso de ópio, gastos frequentes, empréstimos descontrolados e uma indisposição geral para trabalhar.

Após o casamento de Wang Lung e O-Lan, ambos trabalham duro em sua fazenda e aos poucos economizam dinheiro suficiente para comprar um lote de cada vez da família Hwang. O-Lan dá à luz três filhos e três filhas; a primeira filha torna-se deficiente mental como resultado de uma grave desnutrição causada pela fome. Seu pai tem muita pena dela e a chama de "Pobre Tola", nome pelo qual ela é tratada durante toda a vida. O-Lan mata sua segunda filha no nascimento para poupá-la da miséria de crescer em tempos tão difíceis e para dar ao restante da família uma chance melhor de sobreviver.

Durante a fome e a seca devastadoras, a família deve fugir para uma grande cidade no sul para encontrar trabalho. O tio malévolo de Wang Lung se oferece para comprar seus bens e terras, mas por muito menos do que seu valor. A família vende tudo menos o terreno e a casa. Wang Lung então enfrenta a longa jornada para o sul, contemplando como a família sobreviverá caminhando, quando descobre que o "vagão de fogo" (palavra chinesa para o trem recém-construído) leva as pessoas ao sul mediante o pagamento de uma taxa.

Na cidade, O-Lan e as crianças imploram enquanto Wang Lung puxa um riquixá. O pai de Wang Lung implora, mas não ganha nenhum dinheiro, e fica sentado olhando para a cidade. Eles se descobrem alienígenas entre seus compatriotas mais metropolitanos que parecem diferentes e falam com um sotaque rápido. Eles não morrem mais de fome, devido às refeições caridosas de um centavo de congee, mas ainda vivem na pobreza abjeta. Wang Lung deseja voltar para sua terra. Quando os exércitos se aproximam da cidade, ele só pode trabalhar à noite transportando mercadorias por medo de ser recrutado. Uma vez, seu filho traz carne roubada para casa. Furioso, Wang Lung joga a carne no chão, não querendo que seus filhos cresçam como ladrões. O-Lan, porém, pega a carne calmamente e a cozinha. Quando uma rebelião por comida irrompe, Wang Lung é levado por uma multidão que está saqueando a casa de um homem rico e encurrala o próprio homem, que teme por sua vida e dá a Wang Lung todo o seu dinheiro para comprar sua segurança. O-Lan encontra um depósito de joias em outro lugar da casa e as leva para si.

Publicado em 1931, o romance dramatiza a vida familiar em uma aldeia chinesa no início do século XX. Foi o romance mais vendido nos Estados Unidos em 1931 e 1932, ganhou o Prêmio Pulitzer de Ficção em 1932 e foi influente na conquista do Prêmio Nobel de Literatura por Buck em 1938. Buck, que cresceu na China quando era filha dos missionários, escreveu o livro enquanto morava na China e se baseou em sua observação em primeira mão da vida nas aldeias chinesas. A descrição realista e simpática do fazendeiro Wang Lung e sua esposa O-Lan ajudou a preparar os americanos da década de 1930 para considerarem os chineses como aliados na guerra que se aproximava com o Japão. ( )
  Marcos_Augusto | Jul 23, 2021 |
Mostrando 1-5 de 244 (seguinte | mostrar todos)

» Adicionar outros autores (57 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Buck, Pearl S.Autorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Damiano, AndreaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Heald, AnthonyNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kortemeier, S.Designer da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malling, LivTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mendes, OscarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mulder de Dauner, ElisabethTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Simon, ErnstTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zody, BepTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
...This was what Vinteuil had done for the little phrase. Swann felt that the composer had been content (with the instruments at his disposal) to draw aside its veil, to make it visible, following and respecting its outlines with a hand so loving, so prudent, so delicate and so sure, that the sound altered at every moment, blunting itself to indicate a shadow, springing back into life when it must follow the curve of some more bold projection. And one proof that Swann was not mistaken when believed in the real existence of this phrase was that anyone with an ear at all delicate for music would have at once detected the imposture had Vinteuil, endowed with less power to see and to render its forms, sought to dissemble (by adding a line, here and there, of his own invention) the dimness of his vision or the feebleness of his hand.
— Swann's Way, by Marcel Proust
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It was Wang Lung's marriage day.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
He had no articulate thought of anything; there was only this perfect sympathy of movement, of turning this earth of theirs over and over to the sun, this earth which formed their home and fed their bodies and made their gods. The earth lay rich and dark, and fell apart lightly under the points of their hoes, Sometimes they turned up a bit of brick, a splinter of wood. It was nothing. Sometimes, in some age, bodies of men and women had been buried there, houses had stood there, had fallen, and gone back into the earth. So would also their house, sometime, return into the earth, their bodies also. Each had his turn at this earth. They worked on, moving together — together — producing the fruit of this earth — speechless in their movement together.
…he said nothing still, she looked at him piteously and sadly out of her strange dumb eyes that were like a beast’s eyes that cannot speak, and then she went away, creeping and feeling for the door because of her tears that blinded her.

Wang Lung watched her as she went and he was glad to be alone, but still he was ashamed and he was still angry that he was ashamed, and he said to himself, and he muttered the words aloud and restlessly, as though he quarreled with someone, “Well, and other men are so and I have been good enough to her, and there are men worse than I.” And he said at last that O-lan must bear it.
My house and my land it is, and if it were not for the land we should all starve as the others did, and you could not walk about in your dainty robes idle as a scholar. It is the good land that has made you something better than a farmer’s lad.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is the book; do not combine with the film.
Film ISBNs: 0792803825, 0790793083
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

"This Pulitzer Prize-winning classic tells the poignant tale of a Chinese farmer and his family in old agrarian China. The humble Wang Lung glories in the soil he works, nurturing the land as it nurtures him and his family. Nearby, the nobles of the House of Hwang consider themselves above the land and its workers; but they will soon meet their own downfall. Hard times come upon Wang Lung and his family when flood and drought force them to seek work in the city. The working people riot, breaking into the homes of the rich and forcing them to flee. When Wang Lung shows mercy to one noble and is rewarded, he begins to rise in the world, even as the House of Hwang falls" -- from publisher's web site.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.02)
0.5 6
1 47
1.5 8
2 127
2.5 28
3 497
3.5 95
4 1017
4.5 136
5 1029

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 162,437,713 livros! | Barra de topo: Sempre visível