Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The fate of place : a philosophical history…
A carregar...

The fate of place : a philosophical history (edição 1997)

por Edward S. Casey

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
1121185,826 (3.4)Nenhum(a)
In this imaginative and comprehensive study, Edward Casey, one of the most incisive interpreters of the Continental philosophical tradition, offers a philosophical history of the evolving conceptualizations of place and space in Western thought. Not merely a presentation of the ideas of other philosophers, The Fate of Place is acutely sensitive to silences, absences, and missed opportunities in the complex history of philosophical approaches to space and place. A central theme is the increasing neglect of place in favor of space from the seventh century A.D. onward, amounting to the virtual exclusion of place by the end of the eighteenth century. Casey begins with mythological and religious creation stories and the theories of Plato and Aristotle and then explores the heritage of Neoplatonic, medieval, and Renaissance speculations about space. He presents an impressive history of the birth of modern spatial conceptions in the writings of Newton, Descartes, Leibniz, and Kant and delineates the evolution of twentieth-century phenomenological approaches in the work of Husserl, Merleau-Ponty, Bachelard, and Heidegger. In the book's final section, Casey explores the postmodern theories of Foucault, Derrida, Tschumi, Deleuze and Guattari, and Irigaray.… (mais)
Membro:mangalamcenter
Título:The fate of place : a philosophical history
Autores:Edward S. Casey
Informação:Berkeley : University of California Press, 1998, c1997.
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:koha import

Pormenores da obra

The Fate of Place: A Philosophical History (Centennial Books) por Edward Casey

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Paul
  HamesSharley | Nov 29, 2011 |
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

In this imaginative and comprehensive study, Edward Casey, one of the most incisive interpreters of the Continental philosophical tradition, offers a philosophical history of the evolving conceptualizations of place and space in Western thought. Not merely a presentation of the ideas of other philosophers, The Fate of Place is acutely sensitive to silences, absences, and missed opportunities in the complex history of philosophical approaches to space and place. A central theme is the increasing neglect of place in favor of space from the seventh century A.D. onward, amounting to the virtual exclusion of place by the end of the eighteenth century. Casey begins with mythological and religious creation stories and the theories of Plato and Aristotle and then explores the heritage of Neoplatonic, medieval, and Renaissance speculations about space. He presents an impressive history of the birth of modern spatial conceptions in the writings of Newton, Descartes, Leibniz, and Kant and delineates the evolution of twentieth-century phenomenological approaches in the work of Husserl, Merleau-Ponty, Bachelard, and Heidegger. In the book's final section, Casey explores the postmodern theories of Foucault, Derrida, Tschumi, Deleuze and Guattari, and Irigaray.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.4)
0.5
1
1.5
2 2
2.5
3 2
3.5 1
4 4
4.5 1
5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 155,886,574 livros! | Barra de topo: Sempre visível