Página InicialGruposDiscussãoExplorarZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Já deu uma olhada no SantaThing, a tradição de oferta de prendas do LibraryThing?
dispensar
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Devil in the Flesh (Penguin Modern…
A carregar...

The Devil in the Flesh (Penguin Modern Classics) (original 1923; edição 2011)

por Raymond Radiguet (Autor), Fay Weldon (Introdução), Robert Baldick (Tradutor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
9542017,063 (3.64)34
"An important work of early Modernism--long unavailable in America--now in a stunning new translation. Hailed by Jean Cocteau as a "masterpiece," and by the Guardian as "Bret Easton Ellis's Less Than Zero, avant la lettre," this taut tale written by a teenager in the form of a frank "confession" is a gem of early twentieth century romanticism. Set in Paris during the first World War, it tells the story of Francois, the 16-year-old narrator, who falls in love with Marthe--an older married woman whose husband is off fighting at the Front. What seems to begin as a charming tale of puppy love quickly darkens, and they launch into a steamy affair. In the tense environment of the wartime city, their love takes on a desperation transcending their youthfulness. And as the badly kept secret of their relationship unfolds, scandal descends when Marthe becomes pregnant, leading the story to a final, tragic conclusion"--… (mais)
Membro:highlowandinbetween
Título:The Devil in the Flesh (Penguin Modern Classics)
Autores:Raymond Radiguet (Autor)
Outros autores:Fay Weldon (Introdução), Robert Baldick (Tradutor)
Informação:Penguin Classics (2011), 160 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:***
Etiquetas:Nenhum(a)

Informação Sobre a Obra

The Devil in the Flesh por Raymond Radiguet (1923)

  1. 00
    The Magician por Georges Simenon (bibliopolitan)
    bibliopolitan: It has the same detached and dispassionate authorial voice which allows the tragedy of the tale to come through unimpeded.
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 34 menções

Mostrando 1-5 de 20 (seguinte | mostrar todos)
if I have known what the story was, I would not even have started this. But I'm happy that I did.... This is a difficult issue for me, and I'm still pondering on it. ( )
  aini72 | Aug 28, 2021 |
Greedy little boy
gorged with malicious pleasure
hot for a scandal. ( )
  Eggpants | Jun 25, 2020 |
Scritto dal giovanissimo Radiguet e pubblicato l'anno della sua morte, Il diavolo in corpo narra la storia, in parte autobiografica, di un adolescente che scopre l'amore. Ambientato ai tempi della prima guerra mondiale, ha per protagonista un ragazzo che diventa l'amante di una giovane donna, Marthe, poco più grande di lui, promessa sposa di un soldato al fronte, Jacques. È un'iniziazione sentimentale e sessuale febbrile e perturbante, dall'esito tragico. Una passione sondata con sguardo penetrante dall'autore, che scandaglia i contraddittori impulsi dell'adolescenza di fronte al sesso e alla responsabilità dell'età adulta. Il romanzo, che fece scandalo alla sua uscita, ebbe un clamoroso successo come prototipo del bestseller erotico. Diventato un classico della letteratura francese d'inizio Novecento, è stato portato anche sul grande schermo nel film di Claude Autant-Lara con Gérard Philippe (1947).
  kikka62 | Feb 18, 2020 |
A sixteen-year-old adolescent falls in love with a twenty-year-old married woman. Her fiancé (and later husband) is off fighting in the Great War, and the two carry on their relationship more or less frankly while he is away. The villlage disapproves.

This was short, and most of it was very good.

The book focuses almost solely on the inner life of its main character -- an adolescent experiencing love while society does not consider him an adult. It reminded me a lot of James Joyce’s A portrait of the artist as a young man, especially in how spot-on and how evocative Joyce’s descriptions of adolescence were; Le diable au coeur shares that strength. The desire for things that lose their appeal as soon as you voice them, the immediacy of feelings, the impatience, the way expectations are constantly adjusted to reality (and vice versa), resulting in contradictory behaviour and mood swings… Radiguet got things exactly right.

Still, in places I thought this novella dragged things out a little, kept treading water instead of moving forward. Also, the resolution (if it can be called that) felt a little like a cop-out. But I’m glad I read this: its strengths more than outweigh its weaknesses. ( )
  Petroglyph | Apr 22, 2019 |
> La notion de prétexte est la grande force du Diable au corps : le ton froid et analytique du récit, même si sans aucun doute il correspond à merveille au caractère du héros adolescent, tient sans cesse le lecteur sur ses gardes. Calculateur jusque dans ses amours avec Marthe, une jeune femme de trois ans son aînée, mariée bourgeoisement et devenue sa maîtresse de manière un peu moins romanesque qu'il voudrait le croire, le jeune héros affiche cette morgue superbe qu'ont les enfants précoces. Supérieurement intelligent, doué pour les études, le jeune garçon nous fait le récit, d'un ton en apparence détaché, de l'ennui profond qu'il a éprouvé durant la Première Guerre mondiale et qui l'a conduit à se lancer corps et âme dans son aventure amoureuse. Car son amour pour Marthe s'amplifie, malgré son jeune âge et en dépit du scandale, au point de l'envahir entièrement. Indépendamment de toute morale, ce diable qui lui envahit le corps, source de tracas puis de souffrance, c'est l'élément étranger qui parvient à pénétrer en lui malgré l'assurance et la force manipulatrice d'un ego surdimensionné. En conduisant son héros de l'enfance à la paternité, Radiguet lui fait traverser l'expérience de toute une vie, faisant de la guerre une période entre parenthèses, une étape dans la maturation du corps et de l'esprit. --Sana Tang-Léopold Wauters

> Par Adrian (Laculturegenerale.com) : Les 150 classiques de la littérature française qu’il faut avoir lus !
07/05/2017 - Talent précoce, éternellement jeune, Radiguet a voulu égaler les grands classiques dans l’analyse des complexités du sentiment amoureux. Cette oeuvre a choqué par les thèmes sulfureux qu’elle aborde, et que nous vous laissons découvrir !
  Joop-le-philosophe | Jan 27, 2019 |
Mostrando 1-5 de 20 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (53 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Radiguet, Raymondautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Anhava, HelenaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Huxley, AldousIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kuipers, F.C.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moncrieff, ChristopherTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sanvitale, FrancescaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sheridan, AlanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Velde, Jacoba vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I am about to incur a great many reproaches.
I am going to bring a great deal of criticism on myself. (Christopher Moncrieff's translation, 2010).
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

"An important work of early Modernism--long unavailable in America--now in a stunning new translation. Hailed by Jean Cocteau as a "masterpiece," and by the Guardian as "Bret Easton Ellis's Less Than Zero, avant la lettre," this taut tale written by a teenager in the form of a frank "confession" is a gem of early twentieth century romanticism. Set in Paris during the first World War, it tells the story of Francois, the 16-year-old narrator, who falls in love with Marthe--an older married woman whose husband is off fighting at the Front. What seems to begin as a charming tale of puppy love quickly darkens, and they launch into a steamy affair. In the tense environment of the wartime city, their love takes on a desperation transcending their youthfulness. And as the badly kept secret of their relationship unfolds, scandal descends when Marthe becomes pregnant, leading the story to a final, tragic conclusion"--

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.64)
0.5
1 1
1.5 2
2 10
2.5 7
3 37
3.5 17
4 48
4.5 8
5 24

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 164,321,356 livros! | Barra de topo: Sempre visível