Página InicialGruposDiscussãoExplorarZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

The Open Society and Its Enemies: New…
A carregar...

The Open Society and Its Enemies: New One-Volume Edition (original 1945; edição 2013)

por Karl Popper (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
7431223,375 (4.3)8
Written in political exile in New Zealand during the Second World War and published in two volumes in 1945, The Open Society and its Enemies was hailed by Bertrand Russell as a 'vigorous and profound defence of democracy'. This legendary attack on the philosophies of Plato, Hegel and Marx prophesied the collapse of communism in Eastern Europe and exposed the fatal flaws of socially engineered political systems. It remains highly readable, erudite and lucid and as essential reading today as on publication in 1945. It is available here in a special centenary single-volume edition.… (mais)
Membro:JEEmerson
Título:The Open Society and Its Enemies: New One-Volume Edition
Autores:Karl Popper (Autor)
Informação:Princeton University Press (2013), Edition: New One-Volume edition with a New introduction by Alan Ryan and an essay by E. H. Gombrich, 808 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Informação Sobre a Obra

The Open Society and Its Enemies por Karl Popper (1945)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 8 menções

Inglês (7)  Espanhol (2)  Finlandês (1)  Sueco (1)  Catalão (1)  Todas as línguas (12)
Mostrando 1-5 de 12 (seguinte | mostrar todos)
FG-6
  Murtra | Oct 24, 2020 |
Plato (Subject)
  LOM-Lausanne | Apr 29, 2020 |
Muy bueno, algo conforme a su tiempo pero mantiene la vigencia, durisimo con Hegel, rescata a Marx en cuanto su iluminismo y en el aspecto de la sociología, Debería ser de lectura obligatoria para todos los seudo liberales, que en realidad no tienen idea de lo que es el liberalismo y son unos conservadores y autoritarios. Adelanta algunas críticas a lo que luego sería el populismo ( )
  gneoflavio | Jun 11, 2019 |
LA SOCIEDAD ABIERTA Y SUS ENEMIGOS

Este libro es imprescindible para cualquier persona interesada en política, sociología o filosofía. Es una pieza académica completa, pero vale la pena el esfuerzo.

KP expone cuán frágil es la democracia y cuán fácilmente puede ser socavada, incluso por aquellos que actúan en su interés. Su premisa básica es que cualquier sociedad que se esfuerce por lograr algún objetivo idealizado, por honorable que sea, desarrollará un sistema totalitario. Para que la democracia sobreviva y beneficie al individuo, los gobiernos deben evitar la "ingeniería social" y reservar sus intervenciones a aquellos aspectos en los que los métodos normales están fallando. La democracia y la Sociedad Abierta prosperan solo cuando a los individuos se les permite conducir en la dirección del desarrollo social.

La filosofía política occidental se ha basado en dos pensadores principales: Platón desde la Antigüedad defendiendo una organización racional de la sociedad, y Hegel desde la era moderna, que proporcionó el concepto de "pueblo" como la base moral del estado.

Sus sistemas respectivos parecen defender la primacía del individuo en la sociedad, pero sus sistemas tenían sistemas de valores incorporados en favor de ideales colectivos particulares que eventualmente se desarrollaron en sistemas totalitarios que lograron lo contrario: en el caso de Platón, la justificación de una clase dominante opresiva. y en el caso de Hegel, el desarrollo del romanticismo, el nacionalismo y el fascismo.

KP argumenta que ambos pensadores tenían motivos ocultos para sus filosofías y torcieron deliberadamente su lógica para apoyar sus agendas ocultas. Él procede a descubrir estos giros mediante el uso de sus propios argumentos y muestra cómo fueron capaces de convencer a los seguidores de su lógica, cubrir sus contradicciones y aceptar sus ideas durante todo el tiempo que lo hicieron.

Este es un trabajo largo -dos volúmenes que se extienden a casi 1,000 páginas- y puede ser desafiante para un lector no académico, pero es un trabajo importante con grandes ideas que es muy esclarecedor.
  FundacionRosacruz | Mar 21, 2018 |
A re-read. Just finished Chapter 6. More later ( )
  lucybrown | Sep 27, 2015 |
Mostrando 1-5 de 12 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (9 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Popper, Karlautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Gombrich, E. H.Contribuidorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Havel, VaclavIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ryan, AlanIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
Canonical LCC
Written in political exile in New Zealand during the Second World War and published in two volumes in 1945, The Open Society and its Enemies was hailed by Bertrand Russell as a 'vigorous and profound defence of democracy'. This legendary attack on the philosophies of Plato, Hegel and Marx prophesied the collapse of communism in Eastern Europe and exposed the fatal flaws of socially engineered political systems. It remains highly readable, erudite and lucid and as essential reading today as on publication in 1945. It is available here in a special centenary single-volume edition.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Géneros

Melvil Decimal System (DDC)

301 — Social Sciences Social Sciences Sociology, Anthropology

Classificação da Biblioteca do Congresso dos EUA (LCC)

Avaliação

Média: (4.3)
0.5
1 1
1.5 1
2 1
2.5
3 5
3.5 2
4 19
4.5 1
5 31

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 164,511,679 livros! | Barra de topo: Sempre visível