Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

God Emperor of Didcot (2008)

por Toby Frost

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
932287,114 (3.98)7
Tea . . . a beverage brewed from the fermented dried leaves of the shrub Camelli sinensis and imbibed by all the great civilizations in the galaxy's history; a source of refreshment, stimulation, and, above all else, of moral fiber--without which the British Space Empire must surely crumble to leave Earth at the mercy of its enemies. Sixty percent of the Empire's tea is grown on one world--Urn, principal planet of the Didcot system. If Earth is to keep fighting, the tea must flow! When a crazed cult leader overthrows the government of Urn, Isambard Smith and his vaguely competent crew find themselves saddled with new allies--a legion of tea-obsessed nomads, an overly-civilized alien horde. and a commando unit so elite that it has only five members. Only together can they defeat the self-proclaimed God Emperor of Didcot and confront the true power behind the coup--the sinister legions of the Ghast Empire and Smith's old enemy, Commander 462.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 7 menções

Mostrando 2 de 2
Captain Isambard Smith and crew are back again, this time trying to stop the Ghast and their Edenite allies from destroying the planet Urn and its crops of tea - good for drinking and instilling the whole of the British Space Empire with with moral fiber and fighting spirit.

This one's full of great dialogue, character interaction and slightly more than a passing nod to Frank Herbert's "Dune" and William Golding's "Lord of the Flies" among other books. The exchanges between Carveth and Suruk are a joy to behold, being sharp, witty and at times quite biting in tone. Poor Rhianna finally has to almost bludgeon Smith to get him to do more than just kiss her and I got a great kick out of Suruk going around collecting money on bets about Smith and Rhianna's relationship.

The Grandmaster of the Collective Union of Plantation Production Associates: "The tea *must* brew."
(If that quote rings bells here is its "Dune" (film) equivalent: A member of the Spacing Guild: "The spice *must* flow.") ( )
  fuzzipueo | Apr 24, 2022 |
A facetious romp in which aliens try to invade the planet on which the interplanetary British Empire grows its tea. There are some good jokes and turns of phrase, though it's rather on the level of slapstick and smut. I almost abandoned it partway through, but I did push on to the end - fortified by a cup of tea - and there were enough gags to raise a smile here and there. MB 10-iii-2018 ( )
  MyopicBookworm | Mar 10, 2018 |
Mostrando 2 de 2
sem críticas | adicionar uma crítica

Pertence a Série

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To my Friends and Family
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Isambard Smith ran ten yards before the jungle burst open behind him and a mass of tentacles the size of a house threw a tree-trunk at his head.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Tea . . . a beverage brewed from the fermented dried leaves of the shrub Camelli sinensis and imbibed by all the great civilizations in the galaxy's history; a source of refreshment, stimulation, and, above all else, of moral fiber--without which the British Space Empire must surely crumble to leave Earth at the mercy of its enemies. Sixty percent of the Empire's tea is grown on one world--Urn, principal planet of the Didcot system. If Earth is to keep fighting, the tea must flow! When a crazed cult leader overthrows the government of Urn, Isambard Smith and his vaguely competent crew find themselves saddled with new allies--a legion of tea-obsessed nomads, an overly-civilized alien horde. and a commando unit so elite that it has only five members. Only together can they defeat the self-proclaimed God Emperor of Didcot and confront the true power behind the coup--the sinister legions of the Ghast Empire and Smith's old enemy, Commander 462.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.98)
0.5
1
1.5
2 1
2.5 1
3 3
3.5 1
4 8
4.5 1
5 6

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 201,806,920 livros! | Barra de topo: Sempre visível