Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Camille: The Lady of the Camellias (1848)

por Alexandre Dumas

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
2,960594,720 (3.68)44
Classic Literature. Fiction. HTML:

Men of great wealth bought her love. She gave it to only one.

Marguerite Gautier, the greatest beauty in Paris, was known to all as "the Lady of the Camellias" because she was never seen without her favorite flowers. She was luxuriously kept by the richest men in France, who thronged to her boudoir to lay their fortunes at her feet. She lived violently, spending herself and her money in reckless abandon. She had many lovers, but she never really loved??until she met Armand Duval.

Realizing that her only assets in life were her face and figure, Marguerite had learned how to make men pay. But what happens to a cool, calculating beauty when she herself suffers the wound of love?… (mais)

  1. 00
    La Traviata [sound recording] por Giuseppe Verdi (Utilizador anónimo)
    Utilizador anónimo: What the younger Dumas started, Piave and Verdi transformed and turned into something greater.
  2. 12
    Wuthering Heights por Emily Brontë (peleiades22)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 44 menções

Inglês (40)  Espanhol (9)  Francês (4)  Italiano (2)  Todas as línguas (55)
Mostrando 1-5 de 55 (seguinte | mostrar todos)
This famous novel doesn't quite stand up on its own. It's goosed, so to speak, by having being based on a titillating real-life affair between the author and a notorious but upper-demimonde courtesan, one widely admired in the Paris of the time for her unearthly beauty and impeccable style. The novel also stands in the shadow of Manon Lescaut by Abbé Prévost, which is one of the most famous tragic romances in all literature and which happens to play a considerable rôle in this one.

Anyone interested in sample this short, florid tale is highly recommended to read Manon first. You won't be disappointed! Having enjoyed that masterpiece, one of my all-time favorite books, I predict you will then find this one a tasty bonbon. ( )
  Cr00 | Apr 1, 2023 |
La dama de las camelias está inspirada en la figura de Marie Duplessis y parte de los acontecimientos que aparecen en los diferentes capítulos reflejan algunos de los hechos tal y como ocurrieron en la vida real. Marie Duplessis, al igual que la señorita Gautier, fue amante de los hombres más importantes y brillantes de su época, mujer de extremada sensibilidad y bien formada.
  Natt90 | Jan 20, 2023 |
A view into the life of a sex worker in Paris in the 19th century. Her lifestyle required $100,000 francs a year to support; you can imagine the balancing act she had to keep up. She was 20 years old, beautiful, intelligent, but sick with tuberculosis, and a young man of modest means wanted her all to himself. The sh*thead never realized the sacrifice she made for him. Ah well.
Dumas fils writes so descriptively of Marguerite; what is hard to take is the attitude on the part of men that she is somehow less than her non-sex-worker counterparts. Shades of Sor Juana...Why do they create this job in society yet want to blame the woman who fills it? ( )
  burritapal | Oct 23, 2022 |
Alejandro Dumas representa lo más significativo de la novela francesa del romanticismo, y la Dama de las Camelias es una de sus obras más célebre. Las veleidades de una cortesana voluble se convierten en amor verdadero y capaz de suscitar un drama en el que las apariencias y las convenciones sociales desempeñarán un papel decisivo.
  JanRE | Mar 14, 2022 |
I feel like my criticism of this book can't help but be unfair, but even with a generous eye towards its time and society of origin I still didn't like it much. It is a tragedy that simply takes too long to get to the point. After finishing the book I have learned that it was the basis for a variety of adaptations including the opera "La Traviata" and the film "Moulin Rouge!", and having seen the latter I recognize the parallels.

The author definitely wrote the book with a sympathetic bent towards "kept women", but the general negative attitudes of the characters towards women in general are tedious to me as a modern reader. In the opening frame story, which lasted far too long, the author quoted Jesus's statement to a woman who tradition holds was a prostitute, "Much shall be forgiven thee, because thou hast loved much." After this Biblical quote, the narrator of "Camille" asked, "Why do we make ourselves more strict than Christ?" While the story doesn't answer that question directly the events of the story clearly argue that harshly judging others is unfair and cruel. No matter what one might suspect, people's true motivations and circumstances are never certain and might justify or even necessitate their choices.

Words I learned in this book:
cabriolet - A two-wheeled carriage with a hood, drawn by one horse.
phaeton - An open four-wheeled horse-drawn carriage.
( )
  wishanem | May 27, 2021 |
Mostrando 1-5 de 55 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (257 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Dumas, Alexandreautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bakker, MargotTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bauer, KarlDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Beek, PieterTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bigliosi, CinziaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coward, DavidTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hardekopf, FerdinandTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Herzberg, JudithTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kavanagh, JulieIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kelk, C. J.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Klaiber, HarriatIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lorenz, GerhardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Maurois, AndréPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pastonchi, FrancescoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Raffalli, BernardEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schillinger, LieslTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É recontada em

Tem a adaptação

É resumida em

Inspirada

Tem como estudo

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Secondo me, non si possono creare personaggi se non dopo aver studiato a lungo gli uomini, così come non si può parlare una lingua straniera se non la si è imparata molto bene. Non ho ancora l'età in cui s'inventa, quindi mi accontenterò di raccontare.
Esorto il lettore a credere alla veridicità di questa storia, di cui tutti i personaggi, ad eccezione della protagonista, sono ancora in vita.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em italiano. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Camille was written by Alexandre Dumas fils (the son of Alexandre Dumas pere).

The novel and the play should not be combined.
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Classic Literature. Fiction. HTML:

Men of great wealth bought her love. She gave it to only one.

Marguerite Gautier, the greatest beauty in Paris, was known to all as "the Lady of the Camellias" because she was never seen without her favorite flowers. She was luxuriously kept by the richest men in France, who thronged to her boudoir to lay their fortunes at her feet. She lived violently, spending herself and her money in reckless abandon. She had many lovers, but she never really loved??until she met Armand Duval.

Realizing that her only assets in life were her face and figure, Marguerite had learned how to make men pay. But what happens to a cool, calculating beauty when she herself suffers the wound of love?

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.68)
0.5
1 12
1.5
2 25
2.5 6
3 136
3.5 29
4 140
4.5 12
5 95

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 205,760,629 livros! | Barra de topo: Sempre visível