Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Dreaming in Cuban por Cristina García
A carregar...

Dreaming in Cuban (original 1992; edição 1993)

por Cristina García (Autor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,3282810,909 (3.59)35
A vivid and funny first novel about three generations of a Cuban family divided by conflicting loyalties over the Cuban revolution, set in the world of Havana in the 1970s and '80s and in an emigre neighborhood of Brooklyn. It is a story of immense charm about women and politics, women and witchcraft, women and their men.… (mais)
Membro:AaronG_19460
Título:Dreaming in Cuban
Autores:Cristina García (Autor)
Informação:Ballantine Books (1993), 245 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:to-read

Pormenores da obra

Dreaming in Cuban por Cristina Garcia (1992)

A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 35 menções

Mostrando 1-5 de 28 (seguinte | mostrar todos)
La novela Soñar en cubano está escrita maravillosamente en un leguaje que es sucesivamente lánguido y sensual, brusco y sorprendente. Como el lenguaje cristalino de Louise Erdrich, destilado de imágenes que son nuevas en nuestra literatura americana, pero antiguas en esta región, Cristina García ha destilado una nueva lengua de los fragmentos salvados por medio del trastorno...
  Daniel464 | Sep 15, 2021 |
Beautifully written with vivid and interesting characters. ( )
  Chrissylou62 | Aug 1, 2020 |
i liked this but i did feel lost a lot of the time, mostly at the end. (which i think was intentional on some level, but i wasn't really a fan.) i almost should have anticipated that: this is a novel where many of the characters are at some point in the novel lost in a manic episode. and that is a structure that holds throughout the novel - all of the characters dabble in some sort of fantasy, whether it is celia's love letters, utterly removed from the everyday but still possible, felicia's religious devotion (not that santeria is in itself manic but even the other santeros are worried by the summer of coconuts), or lourdes' conversations with her dead father. it's a book about the extreme, and accordingly centres itself on mania. ( )
  livingtoast | Jan 23, 2019 |
Beautifully written, if a bit heavy with the flowery and dreamy descriptions at times. But even those don't seem out of place when you're talking about that colorful, bright part of the world. I didn't feel this was so much a story about politics as it was a story about families and relationships within families: fathers and daughters; mothers and sons; daughters and mothers. About holding on to dreams, living out your passions. The context of the Cuban culture and revolution offers a unique, interesting and touching perspective. I didn't rate it higher because I was hoping for something a little more historical. ( )
  catzkc | Mar 23, 2018 |
" I become convinced that you have to live in the world to say anything meaningful about it."

"One thing hasn't changed: the men are still in charge. Fixing that is going to take a lot longer than twenty years."

"...the most accidental gestures can lead to precise conclusions."

This story centers around four women; Celia, Lourdes, Felicia, and Pilar. Their heartbreaks, their past, their desires, their endless search for meaning and belonging. It takes a really good author to be able to change narratives and have the story flow seamlessly.
I can't believe I didn't stumble upon this author sooner but I am looking forward to reading her other works. ( )
  emjmace | Oct 19, 2017 |
Mostrando 1-5 de 28 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

A vivid and funny first novel about three generations of a Cuban family divided by conflicting loyalties over the Cuban revolution, set in the world of Havana in the 1970s and '80s and in an emigre neighborhood of Brooklyn. It is a story of immense charm about women and politics, women and witchcraft, women and their men.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (3.59)
0.5
1 5
1.5
2 14
2.5 4
3 62
3.5 19
4 72
4.5 6
5 30

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 163,254,276 livros! | Barra de topo: Sempre visível