Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Maigret Stonewalled por George Simenon
A carregar...

Maigret Stonewalled (original 1931; edição 1963)

por George Simenon (Autor), Margaret Marshall (Tradutor)

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
4801638,233 (3.48)49
The second book in the new Penguin Maigret series- Georges Simenon's devastating tale of misfortune, betrayal and the weakness of family ties, in a new translation by Anthea Bell. Instead of the detail filling itself in and becoming clearer, it seemed to escape him. The face of the man in the ill-fitting coat just misted up so that it hardly looked human. In theory this mental portrait was good enough, but now it was replaced by fleeting images which should have added up to one and the same man but which refused to get themselves into focus. The circumstances of Monsieur Gallet's death all seem fake- the name the deceased was travelling under and his presumed profession, and more worryingly, his family's grief. Their haughtiness seems to hide ambiguous feelings about the hapless man. In this haunting story, Maigret discovers the appalling truth and the real crime hidden behind the surface of lies. Penguin is publishing the entire series of Maigret novels in new translations. This novel has been published in previous translations as Maigret Stonewalled and The Death of Monsieur Gallet. 'Compelling, remorseless, brilliant' John Gray 'One of the greatest writers of the twentieth century . . . Simenon was unequalled at making us look inside, though the ability was masked by his brilliance at absorbing us obsessively in his stories' Guardian 'A supreme writer . . . unforgettable vividness' Independent… (mais)
Membro:proteaprince
Título:Maigret Stonewalled
Autores:George Simenon (Autor)
Outros autores:Margaret Marshall (Tradutor)
Informação:Penguin Books (1963), 136 pages
Colecções:A sua biblioteca
Avaliação:****
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

The Late Monsieur Gallet por Georges Simenon (1931)

Adicionado recentemente porbiblioteca privada, thewrittenword, mlavallee, Toro28, llibreprovenza, carolynm, ButtonSoup, DeArmondDawg, cstebbins
Bibliotecas LegadasWilliam Somerset Maugham
Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 49 menções

Inglês (12)  Francês (2)  Espanhol (1)  Italiano (1)  Todas as línguas (16)
Mostrando 1-5 de 16 (seguinte | mostrar todos)
I believe that this book is actually #2 in the series (not #3 as GR states) but "The Crime at Lock 14" was published the same year as this (1931) so perhaps I am wrong about that.

In any case, it was intriguing to see Maigret work the case completely by himself. The plot has a good twist to it as well. ( )
  leslie.98 | Dec 31, 2019 |
It’s summer, and Maigret’s acting as chief inspector because the station is short-staffed. He gets sent to a town on the Loire to investigate the death of Émile Gallet, a commercial traveller who was both shot and stabbed. It’s a pathetic case in the sense of sad; it’s a seedy little case that Maigret is not sure he really wants to solve.

This was a good solid read at a time when that was exactly what I needed. It felt a bit lighter than the last Maigret I read, for some reason. It was a serviceable book, at least metaphorically; my copy literally fell apart, so it became *un*serviceable. If you’re reading the series, this is an OK installment. ( )
  rabbitprincess | May 31, 2019 |
How did I never hear of these books and this author? A little noir-y, a little dark, but far more psychological than most other stuff written at the time. 150 pages a pop, so quick reads as well, despite having the literary rep and not being pulpy. Very good, looking forward to others. ( )
  BooksForDinner | Mar 23, 2017 |
Not to re-read. ( )
  TanteLeonie | Apr 5, 2016 |
Un commesso viaggiatore viene raggiunto allo stesso tempo da un colpo di rivoltella sparato da sei metri e da una coltellata sferrata a distanza ravvicinata. Il delitto da stanza (semi)chiusa costringe Maigret a trasferirsi in un albergo sulla Loira in quel di Sancerre, ma, più di tutto, consente a Simenon uno di quegli esercizi di pessimismo sulla natura umana che gli riescono così bene. Nella terza investigazione del commissario parigino non ce n’è per nessuno, visto che il defunto si rivela essere un piccolo truffatore, ma alla lunga tutti gli altri finiscono per dimostrarsi pure peggiori, tra piccola nobiltà decaduta, i consueti borghesi contraddistinti da ipocrisia e avidità, la gente del popolo interessata comunque al puro guadagno a partire dall’untuoso albergatore: i numerosi personaggi sono caratterizzati con pochi tratti che, sottolineati con perizia, li rendono subito riconoscibili anche quando secondari, come i due poliziotti locali. L’antipatia che prova Maigret è in maniera evidente quella del suo autore e l’ombra grigia non risparmia neppure le ambientazioni, tanto che è difficile dire se è peggio il triste e quasi disabitato inizio di lottizzazione in cui vivono i Gallet o la villeggiatura a poco prezzo sulle rive del grande fiume. All’interno della plumbea atmosfera del romanzo, il commissario si muove secondo il suo non-metodo, radunando in un processo all’apparenza casuale gli indizi e le impressioni da cui riesce solo a fatica a ricavare il quadro generale in una conclusione dalla costruzione complessa (nonché inattesa), ma alla quale si giunge con una notevole fluidità guidati dai dialoghi serrati che, specie nella seconda parte, prendono il sopravvento sulla narrazione. Il profilo del protagonista comincia ormai a delinearsi con decisione, seppure lontano dal Quay de Orfévres e dalla sua casa a cui sono riservati appena una scena ciascuno, grazie a qualche asperità che si arrotonda e, in particolar modo, alla scelta che deve compiere nell’ultimo capitolo. ( )
  catcarlo | Mar 11, 2016 |
Mostrando 1-5 de 16 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (4 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Simenon, Georgesautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bell, AntheaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cañameras, F.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Klersy Imberciadori, ElinaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marshall, MargaretTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Romijn, K.H.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tlarig, M.Artista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It was on 27 June 1930 that Chief Inspector Maigret had his first encounter with the dead man, who was destined to be a most intimate and disturbing feature of his life for weeks on end.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In the French original, M. Gallet décédé (1931).

Variously published in English as:
(i) The Death of Monsieur Gallet (1932), and in Introducing Inspector Maigret (1933) (trans. Anthony Abbot); and
(ii) Maigret Stonewalled (1963), and in Maigret at the Crossroads (1983) (trans. Margaret Marshall); and
(iii) The Late Monsieur Gallet (2013) (trans. Anthea Bell).
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em italiano. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The second book in the new Penguin Maigret series- Georges Simenon's devastating tale of misfortune, betrayal and the weakness of family ties, in a new translation by Anthea Bell. Instead of the detail filling itself in and becoming clearer, it seemed to escape him. The face of the man in the ill-fitting coat just misted up so that it hardly looked human. In theory this mental portrait was good enough, but now it was replaced by fleeting images which should have added up to one and the same man but which refused to get themselves into focus. The circumstances of Monsieur Gallet's death all seem fake- the name the deceased was travelling under and his presumed profession, and more worryingly, his family's grief. Their haughtiness seems to hide ambiguous feelings about the hapless man. In this haunting story, Maigret discovers the appalling truth and the real crime hidden behind the surface of lies. Penguin is publishing the entire series of Maigret novels in new translations. This novel has been published in previous translations as Maigret Stonewalled and The Death of Monsieur Gallet. 'Compelling, remorseless, brilliant' John Gray 'One of the greatest writers of the twentieth century . . . Simenon was unequalled at making us look inside, though the ability was masked by his brilliance at absorbing us obsessively in his stories' Guardian 'A supreme writer . . . unforgettable vividness' Independent

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.48)
0.5
1 2
1.5
2 2
2.5 5
3 34
3.5 12
4 35
4.5 3
5 5

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,791,633 livros! | Barra de topo: Sempre visível