Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Notes from Underground (1864)

por Fyodor Dostoevsky

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
10,436133495 (4.07)1 / 335
A predecessor to such monumental works such as Crime and Punishment and The Brothers Karamazov, Notes From Underground represents a turning point in Dostoyevsky's writing towards the more political side. In this work we follow the unnamed narrator of the story, who disillusioned by the oppression and corruption of the society in which he lives withdraws from that society into the underground. A dark and politically charged novel, 'Notes From Underground' shows Dostoyevsky at his best.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

» Ver também 335 menções

Inglês (119)  Holandês (3)  Sueco (3)  Italiano (3)  Espanhol (3)  Francês (1)  Português (Brasil) (1)  Todas as línguas (133)
Mostrando 1-5 de 133 (seguinte | mostrar todos)
This isn't an enjoyable book, but it's obvious why it's a classic. However, if you read it in the voice of Milton from Office Space, it becomes vastly more entertaining (which is probably insulting to fans of Russian literature). ( )
  octal | Jan 1, 2021 |
This is an amazing monologue by a protagonist we all have so much in common with. Only, in this novel, all the things we share with the narrator are precisely the things we are not proud of, don't want to acknowledge or don't even understand.

Dostoyevsky wonderfully describes the all too human desire to sometimes wreak havoc upon ourselves, fully understanding that our choices are the wrong ones and even more revelling in the knowledge that we will feel debauched and guilty afterwards. If not pure free will, then what is it that leads us to these desires? A rather beautiful way of putting it, isn't it? :-)

In the paradoxalist main character, self-awareness and intelligence lead to passiveness and self-loathing. This is a man that cannot love himself and therefore not love anyone or anything else. I think Dostoyevsky might have meant this as a warning to all his readers. ( )
  bbbart | Dec 27, 2020 |
This is not a bright book - About a man who believes he's better than everyone around, and has alienated everyone around. It is told in diary form, with the unnamed man going off on whatever has offended on that day. Its not an easy book to read, between the diarist almost understanding why he keeps getting ostracized or full on rants about why the world should be treating him better. I'm glad I read it, but its not one that I will be rereading. ( )
  TheDivineOomba | Nov 11, 2020 |
One of my largest concerns when I decided to tackle the 1,001 Books to Read Before You Die List was the Russian authors. I wasn’t sure that I was up to the task of reading these literary giants so I was pleasantly surprised to find that I actually liked everything by Gogol that I have read, and that I really enjoyed Anna Karenina. I decided it was time to try Dostoyevsky and chose Notes From Underground to read by installment. Bad choice as all my fears about Russian authors came true with this book.

For the first half of the book, the author appears to be on one long rant using the irritable, abrasive, and antisocial main character who rambles on about his philosophy and thoughts on life. Although this unnamed character is an educated and supposedly intelligent man, he comes across as a paranoid loner who despises Russian society.

The second half of the book is composed of the narrator sharing various stories from his life that illustrate how alienated he is from the world. The narrator is quite dislikeable, and I found his bitter and vengeful stories exhausting. I was very happy to reach the end of this book.

Luckily this was a short book of less than 200 pages, although its’ density and unpleasant subject matter made it seem much longer. I made the mistake of choosing a short book in the hopes that this would mean an easier read and I have since read that Notes From Underground is considered one of his most difficult reads. I’m not sure I would have been able to complete the read if it had been in a different format rather than the short installments that I read much as one would take a twice weekly dose of medicine. I’m not here to judge whether this is a great literary achievement, I rather suspect it is, but it is also a difficult read that I had trouble understanding, and I am glad to be done with it and happy to be able to check this one off my list. ( )
  DeltaQueen50 | Nov 2, 2020 |
3.75/5 ( )
  Akankshadsh | Oct 1, 2020 |
Mostrando 1-5 de 133 (seguinte | mostrar todos)

» Adicionar outros autores (157 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Dostoevsky, Fyodorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Adrian, EsaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Aplin, HughTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Appelbaum, StanleyEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cansinos Assens, RafaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coulson, JessieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dekker, PietTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
FitzLyon, KyrilTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Garnett, ConstanceTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Geier, SwetlanaÜbersetzerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ginsburg, MirraTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ginzburg, LeoneContribuidorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guidall, GeorgeNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hughes, JennyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ingold, Felix PhilippTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kallama, ValtoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kennedy, Paul E.Designer da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lönnqvist, BarbaraTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pacini, GianlorenzoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pacini, GianlorenzoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pevear, RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Polledro, AlfredoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Praag, S. vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Randall, NatashaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roseen, UllaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Self, WillPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Smith, PhilipEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Steiner, GeorgePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Volokhonsky, LarissaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em italiano. Edite para a localizar na sua língua.
Prémios e menções honrosas
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I am a sick man. ... I am a spiteful man.
I am a sick man... I am a wicked man.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"I wished to stifle with external sensations all that was ceaselessly boiling up inside me."
"...because for a woman it is in love that all resurrection, all salvation from ruin of whatever sort, and all regenerations consists, nor can it reveal itself in anything but this."
"Leave us to ourselves without a book and we'll immediately get confused, lost -- we won't know what to join, what to hold to, what to love and what to hate, what to respect and what to despise."
At home, I merely used to read. Reading stirred, delighted, and tormented me.
It is impossible for an intelligent man seriously to become anything, and only fools become something.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

A predecessor to such monumental works such as Crime and Punishment and The Brothers Karamazov, Notes From Underground represents a turning point in Dostoyevsky's writing towards the more political side. In this work we follow the unnamed narrator of the story, who disillusioned by the oppression and corruption of the society in which he lives withdraws from that society into the underground. A dark and politically charged novel, 'Notes From Underground' shows Dostoyevsky at his best.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Biblioteca Legada: Fyodor Dostoyevsky

Fyodor Dostoyevsky tem uma Biblioteca Legada. As bibliotecas legadas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Legacy Libraries.

Ver o perfil legado de Fyodor Dostoyevsky.

Ver a página de autor de Fyodor Dostoyevsky.

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (4.07)
0.5 5
1 17
1.5 11
2 95
2.5 27
3 311
3.5 101
4 719
4.5 116
5 777

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0451529553, 0141024917, 0141194863

Wm. B. Eerdmans Publishing Co.

Uma edição deste livro foi publicada pela Wm. B. Eerdmans Publishing Co..

» Página Web de informação sobre a editora

Urban Romantics

3 edições deste livro foram publicadas por Urban Romantics.

Edições: 1907832475, 1907832483, 1907832491

Voland Edizioni

Uma edição deste livro foi publicada pela Voland Edizioni.

» Página Web de informação sobre a editora

Tantor Media

Uma edição deste livro foi publicada pela Tantor Media.

» Página Web de informação sobre a editora

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 157,738,466 livros! | Barra de topo: Sempre visível