Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

Patagonia Revisited por Bruce Chatwin
A carregar...

Patagonia Revisited (original 1986; edição 1986)

por Bruce Chatwin

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões
1835115,585 (3.07)Nenhum(a)
Since its discovery by Magellan in 1520, Patagonia was known as a country of black fogs and whirlwinds at the end of the inhabited world. It immediately lodged itself in the imagination as a metaphor for the ultimate, the point beyond which one could not go.
Membro:untraveller
Título:Patagonia Revisited
Autores:Bruce Chatwin
Informação:Houghton Mifflin (T) (1986), Edition: 1st American ed, Hardcover, 62 pages
Colecções:2014
Avaliação:****1/2
Etiquetas:Nenhum(a)

Pormenores da obra

Patagonia Revisited por Bruce Chatwin (1986)

Nenhum(a)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Mostrando 5 de 5
> Babelio : https://www.babelio.com/livres/Chatwin-Retour-en-Patagonie/109157

> RETOUR EN PATAGONIE, de Bruce Chatwin et Paul Théroux. — En 76 nages, l’écrivain britannique Bruce Chatwin, un des tenants du « travel wrîtîng », et le romancier américain Paul Théroux dialoguent sur la Patagonie. Leurs entretiens tiennent plutôt du soliloque. Unir double récit de voyage laisse davantage entrevoir une Patagonie imaginaire que réelle. Pour cela, ils en tissent une géographie littéraire aussi inspirée que saugrenue. Bref, leur voyage fait rêver. Ils s’amusent et le lecteur partage leur plaisir à converser. A travers eux, Coleridge, Darwin, Poe, Borges et de nombreux autres hommes de lettres sont également du voyage. La préface est de Nicolas Shakespeare. le critique littéraire du Telegraph. lequel présente Chatwin. Il faut la lire absolument. Editions de l'Olivier --Le devoir, 22 janvier 1994, C-21 … ; (Source),
URL : https://collections.banq.qc.ca/ark:/52327/2769619
  Joop-le-philosophe | May 8, 2021 |
An absolutely charming little book, easily read at a short sitting. Literature and history are brought together in a fun and unique way by two of the 20th C. best travel writers. ( )
  untraveller | Apr 22, 2014 |
Complemento o introduzione al capolavoro di Chatwin, questo libello è veloce da leggere e focalizza varie informazioni storiche già contenute nel libro In Patagonia, ma lì disperse nella narrazione stupenda di Chatwin. Probabilmente un libro solo per appassionati di Chatwin o Theroux. ( )
  Zeruhur | May 26, 2012 |
Complemento o introduzione al capolavoro di Chatwin, questo libello è veloce da leggere e focalizza varie informazioni storiche già contenute nel libro In Patagonia, ma lì disperse nella narrazione stupenda di Chatwin. Probabilmente un libro solo per appassionati di Chatwin o Theroux. ( )
  Zeruhur | May 26, 2012 |
This slim volume should be read in conjuncture with Chatwin's 'In Patagonia'. Chatwin and Paul Theroux give extracts from various authors,poets and travelers literary works about this odd and unique country.
I liked the description of penguins,by Sir John Narborough,as 'standing upright like little children in white aprons in company together'.
Mention is made of the shooting of an Albatross,which became 'The Rime of the Ancient Mariner" in the famous poem by Samuel Taylor Coleridge. Conan Doyle also receives a mention for his story 'The Lost World',in which a party of intrepid explorers discover a land full of animals thought long-extinct.
One of the strangest things about this incredible country,is that some of the earliest settlers were Welsh and the Eisteddfod is still sung in places that they still inhabit.
Of course this is where Butch Cassidy and the Sundance Kid ended up after their bank-robbing exploits.
So,plenty of anecdotes here about a country shrouded in mystery, told by two great travel writers. A little gem of a book. ( )
  devenish | May 22, 2011 |
Mostrando 5 de 5
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (6 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Bruce Chatwinautor principaltodas as ediçõescalculated
Theroux, Paulautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Locais importantes
Informação do Conhecimento Comum em holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Prémios e menções honrosas
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Nota de desambiguação
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
DDC/MDS canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Since its discovery by Magellan in 1520, Patagonia was known as a country of black fogs and whirlwinds at the end of the inhabited world. It immediately lodged itself in the imagination as a metaphor for the ultimate, the point beyond which one could not go.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Ligações Rápidas

Capas populares

Avaliação

Média: (3.07)
0.5
1
1.5
2 6
2.5 4
3 9
3.5
4 7
4.5 2
5

GenreThing

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 160,508,242 livros! | Barra de topo: Sempre visível