Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Lolita (1955)

por Vladimir Nabokov

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaDiscussões / Menções
31,51955483 (4.07)1 / 1162
(Book Jacket Status: Jacketed)When it was published in 1955, "Lolita" immediately became a cause célèbre because of the freedom and sophistication with which it handled the unusual erotic predilections of its protagonist. But Vladimir Nabokov's wise, ironic, elegant masterpiece owes its stature as one of the twentieth century's novels of record not to the controversy its material aroused but to its author's use of that material to tell a love story almost shocking in its beauty and tenderness. Awe and exhilaration-along with heartbreak and mordant wit-abound in this account of the aging Humbert Humbert's obsessive, devouring, and doomed passion for the nymphet Dolores Haze. Lolita is also the story of a hypercivilized European colliding with the cheerful barbarism of postwar America, but most of all, it is a meditation on love-love as outrage and hallucination, madness and transformation.With an Introduction by Martin Amis "From the Hardcover edition."… (mais)
  1. 40
    The Lover por Marguerite Duras (roby72)
  2. 51
    Memória de minhas putas tristes por Gabriel Garcia Marquez (heidialice, browner56)
    heidialice: Possibly too obvious of a recommendation? Very different takes on this central theme....
    browner56: Two different views of obsession masquerading as love; both books are so well written that you almost forget the sordid nature of the theme they share.
  3. 41
    The Talented Mr. Ripley por Patricia Highsmith (Cecrow)
    Cecrow: Another villain made sympathetic by a talented author.
  4. 20
    The Captive por Marcel Proust (caflores)
  5. 10
    The Black Prince por Iris Murdoch (Queenofcups)
    Queenofcups: I heard many echoes of Lolita in reading The Black Prince. Anyone else find this to be the case?
  6. 10
    The Pornographer of Vienna por Lewis Crofts (heidijane)
  7. 21
    Taming the Beast por Emily Maguire (infiniteletters)
  8. 00
    The People in the Trees por Hanya Yanagihara (pterodactling)
  9. 00
    A Cruel God Reigns, Volume 1 por Moto Hagio (Utilizador anónimo)
  10. 00
    His Monkey Wife por John Collier (SnootyBaronet)
    SnootyBaronet: Euphuistic narratives of forbidden love
  11. 11
    A Portrait of the Artist as a Young Man por James Joyce (kara.shamy)
  12. 00
    The Death of David Debrizzi por Paul Micou (KayCliff)
  13. 00
    The North China Lover por Marguerite Duras (edwinbcn)
    edwinbcn: Another story of a man with a passion for a young girl.
  14. 00
    The White Tiger por Aravind Adiga (mcenroeucsb)
  15. 00
    My Heavenly Favourite por Lucas Rijneveld (tmrps)
    tmrps: Both stories about older men who fall in love with young girls.
  16. 01
    A verdade sobre o caso Harry Quebert por Joël Dicker (suniru)
  17. 01
    Eve por James Hadley Chase (caflores)
  18. 01
    The Devil in the Flesh por Raymond Radiguet (SnootyBaronet)
  19. 02
    The Sense of an Ending por Julian Barnes (kara.shamy)
  20. 14
    Hamlet por William Shakespeare (kara.shamy)

(ver todas as 22 recomendações)

1950s (16)
Read (81)
AP Lit (114)
Read (15)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Grupo TópicoMessagensÚltima Mensagem 
 2013 Category Challenge: **Lolita Group Read81 não lido / 81SqueakyChu, Fevereiro 2022

» Ver também 1162 menções

Inglês (510)  Espanhol (14)  Holandês (7)  Italiano (6)  Português (Brasil) (4)  Francês (4)  Português (Portugal) (2)  Sueco (1)  Húngaro (1)  Finlandês (1)  Alemão (1)  Dinamarquês (1)  Hebraico (1)  Português (1)  Todas as línguas (554)
Mostrando 2 de 2
A obra 'Lolita' narra o amor obsessivo de Humbert Humbert, um cínico intelectual de meia-idade, por Dolores Haze, Lolita, 12 anos, uma ninfeta que inflama suas loucuras e seus desejos mais agudos.
  BolideBooks | May 14, 2021 |
The only good thing about this book is the brilliant way Nabokov writes. The plot is so boring and repetitive that I couldn't find the strength to finish this book. ( )
  Tropic_of_Cancer | Dec 16, 2010 |
Mostrando 2 de 2
35 livres cultes à lire au moins une fois dans sa vie
Quels sont les romans qu'il faut avoir lu absolument ? Un livre culte qui transcende, fait réfléchir, frissonner, rire ou pleurer… La littérature est indéniablement créatrice d’émotions. Si vous êtes adeptes des classiques, ces titres devraient vous plaire.
De temps en temps, il n'y a vraiment rien de mieux que de se poser devant un bon bouquin, et d'oublier un instant le monde réel. Mais si vous êtes une grosse lectrice ou un gros lecteur, et que vous avez épuisé le stock de votre bibliothèque personnelle, laissez-vous tenter par ces quelques classiques de la littérature.
adicionada por vibesandall | editarCosmopolitan, V. Lasserre ; C. Fischer ; M. Bonvard (Jul 8, 2022)
 
Nabokov’s tragicomic tour de force crosses the boundaries of good taste with glee.
adicionada por vibesandall | editarThe Guardian (UK), Robert McCrum (Feb 23, 2015)
 
Their story is as vile and obscene as one can imagine, but Humbert’s voice, an endlessly inventive stream of angry, cosmopolitan invective, elevates it to the level of a tragic, twisted epic.
adicionada por vibesandall | editarTime, Lev Grossman (Jan 8, 2010)
 
Lolita is more the shocking because it is both intensely lyrical and wildly funny ... a Medusa's head with trick paper snakes

adicionada por vibesandall | editarTIME
 
Nabokov's command of words, his joy in them, his comic and ecstatic use of them, makes reading his work such an intense joy

adicionada por vibesandall | editarDAILY TELEGRAPH
 

» Adicionar outros autores (34 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Nabokov, Vladimirautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Amis, MartinIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Arborio Mella, GiuliaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
康雄, 大久保Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bang-Hansen, OddTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carlsson, MariaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coutinho, M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Daurella, JosepTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dirda, MichaelIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hessel, HelenTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Irons, JeremyNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kahane, ÉricTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kłobukowski, MichałTł.autor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mella, Giulia ArborioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Raine, CraigPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ray, John J., Jr.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Verhoef, RienTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zimmer, Dieter E.Revisorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
正, 若島翻訳autor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Prémios

Distinctions

Notable Lists

Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To Véra
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lolita, light of my life, fire of my loins. My sin, my soul. Lo-lee-ta: the tip of the tongue taking a trip of three steps down the palette to tap, at three, on the teeth.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
He did not use a fountain pen which fact, as any psycho-analyst will tell you, meant that the patient was a repressed undinist.
Then I pulled out my automatic - I mean, this is the kind of fool thing a reader might suppose I did. It never even occurred to me to do it.
My father was a gentle, easy-going person, a salad of racial genes: a Swiss citizen, of mixed French and Austrian descent, with a dash of the Danube in his veins.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Por favor, não combine Lolita com The Annotated Lolita.
Editores da Editora
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (4)

(Book Jacket Status: Jacketed)When it was published in 1955, "Lolita" immediately became a cause célèbre because of the freedom and sophistication with which it handled the unusual erotic predilections of its protagonist. But Vladimir Nabokov's wise, ironic, elegant masterpiece owes its stature as one of the twentieth century's novels of record not to the controversy its material aroused but to its author's use of that material to tell a love story almost shocking in its beauty and tenderness. Awe and exhilaration-along with heartbreak and mordant wit-abound in this account of the aging Humbert Humbert's obsessive, devouring, and doomed passion for the nymphet Dolores Haze. Lolita is also the story of a hypercivilized European colliding with the cheerful barbarism of postwar America, but most of all, it is a meditation on love-love as outrage and hallucination, madness and transformation.With an Introduction by Martin Amis "From the Hardcover edition."

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.07)
0.5 14
1 187
1.5 20
2 381
2.5 65
3 1176
3.5 247
4 2368
4.5 349
5 3248

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

Penguin Australia

6 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 014102349X, 0141037431, 0141193670, 024195164X, 0241953243, 0141197013

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 202,010,435 livros! | Barra de topo: Sempre visível